quinta-feira, 11 de março de 2010

ATOS SECRETOS = PILANTRAGENS ACEITAS

Deparo com essa notícia desestimuladora. Os procedimentos relacionados à apuração dos faladíssimos "atos secretos" do Senado foram concluídos. Restou tão somente uma representação do deputado Heráclito Fortes, para que o MP apure a respeito.

Como eu já dissera em outra matéria, todos são iguais perante a lei, "alguns mais, outros menos".

Então, criminosos de colarinho branco recebem uma advertênciazinha, ou uma breve suspensão, e pronto. Resolveu-se o problema!

Não, senhores. Isso é desonestidade, levada a expressão destacada. Porque muitos dos atos secretos (porque seriam secretos?) resultaram em prejuízo ao Erário, ou indiretamente, de alguma forma, prejuízo a nossa sofrida gente brasileira. Ademais, os atos ditos secretos com toda a certeza eram conhecidos de seus signatários, logo ELES é que são os responsáveis.

Não é responsável a/o secretária/o que envia o documento para a editora, nem o responsável pela editora o é. Não. Quem TEM QUE RESPONDER POR ISSO é quem assinou ditos documentos, ou melhor, os que assinaram, que continuam se pavoneando, em seus ternos pagos por nós, na tribuna congressional.

Brasil, continuo lamentando tuas dores.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

A VERGONHA DE PESSOAS SEM VERGONHA - QUEM TEM?

Dizer o que? O STF é incansável, em seu afã desesperado para proteger os "colarinhos brancos" que por lá aparecem. Enquanto...