BBB - BURRICE, BESTEIROL, BANALIDADES

Finda-se mais uma edição do programa do título, veiculado por conhecida rede televisiva, em repeteco internacional de programa inventado na Holanda, até onde sei.

Desnecessário dizer do prejuízo cultural tremendo em observarmos - qual num ambiente de laboratório (e é mesmo!) - as idiossincrasias, preferências sexuais, pirraças, maus modos de um grupo que nem de longe representa a sociedade brasileira.

Penso não ser necessário igualmente mencionar o lucro fabuloso dos envolvidos no negócio - ora, ora, ora, irmãos! Cada uma daquelas ligaçõezinhas telefônicas e/ou SMS gera fluxo de caixa para a rede televisiva, seus patrocinadores... então, acaba que R$ 1.500.000,00 é uma pequena fortuna que sai de nossos próprios bolsos (não do meu!) ao suportar a curiosidade popular.

Mas... sabem? O que realmente me entristece é o prejuízo ENORME que estão tendo as novas gerações, com programações desse teor, dia após dia, ano após ano. Meninas recém saídas das bonecas, que veem exemplo na atitudes bizarras de moçoilas que tudo o que querem é aparecer, não importa se a sensualidade é barata e/ou ridícula.

Rapazolas que ao se mirarem no BBB da hora, ou se deparam com sujeitos turrões e grosseiros (não me obriguem a dizer nomes!) ou com sujeitos homossexuais cuja conduta, longe de nivelá-los com os outros mortais, parece que clama por uma distinção que acaba discriminando eles mesmos...

Brasil, eu me entristeço pelos exemplos modernos que tens, de políticos corruptos, de empresários sonegadores e oportunistas, de artistas baratos (muitos deles) e que não tem nenhum talento, a não ser caras, manias e traseiros...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ERROU DE NOVO, SR. MICHEL SAAD NETO!

ESCOLAS DE DELINQUENTES

DE MARCHINHAS DE CARNAVAL...