BELO MONTE E OUTRAS SACANAGENS

Já há algum tempo soa uma grita contra a edificação da represa de Belo Monte, lá no Xingú.

Defensores da obra soam a cantilena megalomaníaca de que será a terceira maior usina do mundo (quem se importa?), e que vai eliminar déficit de energia nacional, etc e tal.

Bem, bem, bem... alguém aí já teve o desplante de conferir as alternativas para suprimento dessa energia que nos falta? Vocês se admirariam ao saber do leque de soluções que manteriam intactos 500 Km2 de terra brasileira, indígena (é, os índios serão desalojados, não sabiam? Quem se importa com aqueles pobres brasileiros nativos?) ou não.

E, no meio do imbróglio, se encontram as mesmas moscas varejeiras que costumam circular os montes de bosta nacional - Camargo Correa, Andrade Gutierrez, Odebrecht... Imaginem se não há pressão prá usina sair! Pressão inclusive que faz gente trabalhadora se demitir (Leozildo Tabajara, Sebastião Custódio...).

Naturalmente (não estou afirmando, estou imaginando) há um propinoduto em franca atividade, agora mesmo. Porque? Porque políticos precisam conceder o "pedágio" prá tamanho crime ambiental, tamanho saque humanista, tamanha falta de respeito com as coisas nacionais!

De passagem... há reclamações contra essa barragem por TODO O MUNDO, não é só de um grupinho simplório de indígenas, como os leitores poderiam pensar. Pessoal, a última coisa que precisamos hoje em dia é terra fértil e arborizada coberta por água! Como se não bastasse a fúria desmatadora das madeireiras ilegais - de cujos atos nossos políticos tão deslavadamente desviam os olhos (porque decisões sobre aqueles crimes PRECISAM ser tomadas, caciques precisam ir prá cadeia...).

Precisamos parar com essas loucuras que desperdiçam nosso território (Itaipú, com toda a sua majestade e/ou operacionalidade foi uma delas). Precisamos de decisões inteligentes MESMO.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ERROU DE NOVO, SR. MICHEL SAAD NETO!

ESCOLAS DE DELINQUENTES

DE MARCHINHAS DE CARNAVAL...