segunda-feira, 12 de março de 2012

VIDA DE CORINTIANO É SOFRIDA!

Algo importante a colocar desde logo - NÃO SOU CORINTIANO.

Mas me doeu no fundo da alma o desenlace final entre o tradicional clube paulista e o jogador Adriano.

Nem tenho nada pessoal contra ele, mas acho que os "mano" investiram muito no homem, que já sinalizava que topava tudo, menos jogar futebol. E explico o porquê.

Desde relacionamentos bombásticos, passando por namoradas temperamentais, o moço já sinalizava que era "l' enfant terrible", dos dias modernos. solenemente ignorava as admoestações, regando tudo com um velho e bom aliado - dinheiro.

Nesse momento desponta alguém que pode ser o que for, mas que pode lecionar a todas as nossas novas gerações - Pelé. Que respeitou como ninguém as torcidas, que soube o momento certo de parar...

Ora, um astro de futebol como ele (ainda tem idade para ser astro) que ao menos sonha com mais tempo na carreira PRECISA respeitar a torcida - é ela quem o sustenta, em última análise!  (até os contratos de publicidade dependem da popularidade do sujeito...)

Olha... os corintianos têm que acertar o passo!

Brasil... Brasil, de desmemoriados, que incensam Adriano e Neymar, e já esqueceram Pelé, Sócrates...

Um comentário:

  1. Ah eu já sabia! Adriano é muito indisciplinado...pensaram que ia dar certo como o Ronaldo, só que existe uma diferença absurda entre os dois, Ronaldo teve uma carreira brilhante (fora o lance com o travesti rs affe.)
    Pelé para muitos é PASSADO. (é assim que são tratados nossos ídolos brasileiros, infelizmente)

    ResponderExcluir

QUANDO A INTELIGÊNCIA ENCONTRA A ALIENAÇÃO

Com muito prazer republico um texto profundíssimo, que pode divertir, e vai trazer muita luz, sobre o momento político que vivemos. É ...