30.04.2012 e SEUS DECRETOS

No último dia do mes passado, abril de 2012, foi promulgado decreto publicando a data para a Primeira Conferência Nacional de Emprego e Trabalho Decente.

Por frações de segundo me agitou o coração, supondo que lera "Emprego e Trabalho DOCENTE".

Claro, pouco antes vira a Lei 12.619, de mesma data, dispondo sobre a profissão de motorista - algo sumamente desejável, para fazer face à cupidez de empregadores do setor, e assegurar um mínimo de regramentos e proteção àqueles profissionais, que têm sido uma preocupação constante em nossos sistemas viários. Logo, porque não alguma legislação que acudisse nossos professores?

Mas a palavra lá inscrita é "decente" - conceito que passa longe da atividade dos professores, que desde o primeiríssimo dia da Revolução de 1964 vêm sendo sistematicamente esvaziados em sua respeitabilidade, sua função educadora, em sua dignidade como profissionais.

Porque é INDECENTE, para se dizer o mínimo, que professores sejam mal remunerados de maneira 99% geral, sejam submetidos a jornadas extenuantes, para aculturar nossas gerações! É INDECENTE que essas gerações não sejam condicionadas para receberem o ensino, de maneira que temos em muitas salas de aula verdadeiros animais sem educação básica (que é dada em casa!!!!!). É INDECENTE que muitas escolas - especialmente as da rede pública, estejam em estado de abandono, entregues ao léu da sorte. É INDECENTE que licitações para compra de merenda e material sejam desvirtuadas como o são - e o resultado é a ausência do serviço ou insumo, ou merendas estragadas, livros abaixo da crítica... por aí vai.

É INDECENTE. É INDECENTE a maneira com que o Brasil, como Estado contemporâneo, lida com seus professores. E aqueles senhores engravatados de Brasília têm muita culpa nesse cartório. MAS eles próprios não são os únicos culpados, muitos deles vítimas de sua própria cupidez são ignorantes de formação (não incultos, exatamente) do que é de valor e o que não é...

... preciso dizer, a bem da verdade que eles não estão sozinhos na desconstrução de nosso sistema educacional. EU e VOCÊ, leitor/leitora, temos responsabilidade em ensinar, ANTES de enviar à escola, valores de respeito ao ser humano, de comportamento social, de cuidado com a coisa pública. Eu e você somos responsáveis quando permitimos que nossos filhos e filhas sejam ensinados por programação de conteúdo duvidoso, normalmente imoral e chulo. Eu e você somos responsáveis por darmos exemplo de falta de educação (em público E EM CASA), exemplos que serão multiplicados exaustivamente depois, com o passar do tempo... SOMOS TODOS RESPONSÁVEIS. Inclusive quando não nos levantamos contra isso, e simplesmente maldizemos as coisas erradas.

(RESSALVA - me incluí aí acima por uma questão de envolvimento social, MAS EU FIZ A MINHA PARTE. Podem conferir a vida de meus filhos!)

É - talvez a iniciativa de uma Conferência Nacional de "Emprego e Trabalho Decente" venha a calhar. Tomara que os engravatados não usem as cátedras do encontro para vomitar sua verborragia retórica e sem resultados, com fins eleitoreiros - eles são mestres nisso.

Brasil, tua gente ainda vai te destruir, se eles não crescerem e/ou não amadurecerem!!!! Mas eu te amo!

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESCOLAS DE DELINQUENTES

ERROU DE NOVO, SR. MICHEL SAAD NETO!

DE MARCHINHAS DE CARNAVAL...