O BRASIL DESCOBRIU DÉCIO SÁ!

Emissora de TV importante vem a público hoje para informar que o governo federal decidiu federalizar crimes contra jornalistas!!!!!!! Fantástico!

Mas foi preciso que grupos organizados do exterior se pronunciassem. Como se ninguém soubesse que nossos jornalistas têm sido sistematicamente silenciados a bala.

E não me refiro a quem cobre escaramuças como o que está acontecendo agora mesmo no meio de cachoeiras e bueiros enlamaçados, lá pelos lados de Brasília.

Estou fazendo referência a homens e mulheres corajosos que mostram ao mundo a cupidez criminosa de fazendeiros, em busca de mais riqueza, de destruidores de nossa mata nativa, de coronéis perversos que fazem sua própria lei, e solenemente ignoram a Justiça...

Foi necessária a grita de grupos organizados de fora do país para que nosso governo federal atentasse para o problema. A coisa até certo ponto pitoresca é que eu sempre digo que muita coisa no Brasil muda e vai continuar mudando por impulso externo...

... me dá um certo desconforto pensar que TUDO mude motivado pela vontade dos outros.

Mas enfim, há pelo menos alguma providência a respeito. Só espero que essa manifestação do governo federal não se traduza em mera bravata. Meios nós temos, até porque se sabe onde estão os focos provedores desses assassinatos.

Resta saber se, para além da retórica, exista vontade política para espanar feudos horrorosos, Brasil afora (com precedência o Nordeste, claro!), livrar gente humilde da sina da morte precoce, livrar nosso país do apetite econônico desmedido, dar condição a nossa classe jornalista de cumprir sua missão de ser porta-voz de liberdade, em todos os sentidos benéficos de tal palavra.

O Brasil agradece a grita estrangeira, agradecemos as disposições do governo federal a respeito. O Décio Sá não pode agradecer mais, mas sua memória sem dúvida é valorizada com esses gestos.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ERROU DE NOVO, SR. MICHEL SAAD NETO!

DE MARCHINHAS DE CARNAVAL...

CURA GAY E OUTRAS IMBECILIDADES EMPURRADAS PELA MÍDIA