D. DILMA, A SRA. ESTÁ CERTA!

Em manifestação pública em conferência (a nona) de direitos da criança, etc e tal, a Sra. Dilma Roussef externou que um país deve ser medido pelo que faz a suas crianças, não pelo que produz.

Nossa presidente está 100% correta! Na verdade a extensão de tal declaração é ampla, quando alcança homens e mulheres que já foram crianças...

Em algum lugar de seu pronunciamento, nossa presidente enfatizou que o Brasil será um país desenvolvido quando suas crianças e jovens tiverem educação de qualidade. Mais uma vez, corretíssima, o fator humano é que vai resultar nos desdobramentos materiais, políticos e econômicos.

Mas essas mesmas crianças estão morrendo por falta de atendimento nos hospitais da rede pública, de maneira geral sucateados, e mal administrados. Essas mesmas crianças e jovens estão tendo simulacro de ensino fundamental, a ponto de não ser possível alguém egresso do primeiro grau conseguir fazer mera subtração de tres dígitos.

São essas crianças, Sra. presidente, que são acalentadas por traficantes, e embaladas no sonho da marginalidade, estão em pouco tempo se voltando contra o resto da sociedade, que assiste a tudo "em berço esplêndido (?)".

Essas crianças padecem de falta de segurança, de condições mínimas de sobrevivência, de dignidade.

Enquanto isso, na "Ilha da Fantasia", também chamada de Capital Federal, e em suas sucursais pelo Brasil afora, políticos imorais em sua maioria desviam recursos, manobram licitações em benefícios de seus sequazes civis, vilipendiam nossa gente de toda maneira, e aparecem posando de bons moços periodicamente, a cada quatro ou oito anos.

Excelência, preciso, a bem da verdade, fazer uma outra colocação, tão incômoda para V. Excia. quanto o será para mim, ao exprimí-lo - os programas "isso família, aquilo família, bolsa isso, bolsa aquilo" não resolvem os problemas gravíssimos de nossa gente. O efeito mais expressivo é a drenagem de recursos do Erário.

Disse que a opinião é incomoda de eu expressar e V. Excia. tomar conhecimento, porque um contingente de milhões de brasileiros discordaria de mim e de uma eventual redução da oferta desses lenitivos sociais.

O ponto é exatamente esse - esses programas não resolvem a má administração subjacente, nem eliminam o descaso reinante, funcionam como um curativo, bonito a princípio, mas que oculta uma ferida aberta que, mais dia, menos dia, macula o(s) curativo(s), de forma irreparável.

O ideal é uma reforma de base, Excelência, e que com certeza milhares de pessoas já deve ter recomendado. Um acordo com o Judiciário, para se evitar batalhar recursais, e o uso discricionário do Direito Administrativo. Excelência, nossa gente ESTÁ MORRENDO, no meio de um monte de programas!!!!

Brasil... somos ridicularizados mundo afora, recentemente alguém arriscou dizer que a propina (bribery) é algo cultural nosso... COMO É QUE FICA? Os poderes constituídos não vão salvar mesmo nossa gente?


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DE MARCHINHAS DE CARNAVAL...

ERROU DE NOVO, SR. MICHEL SAAD NETO!

CURA GAY E OUTRAS IMBECILIDADES EMPURRADAS PELA MÍDIA