Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2012

DE PILANTRAS E PROTEGIDOS

O excelente site "Congresso em Foco" traz-nos hoje a informação de que quatro funcionários da Camara dos Deputados receberem, ao longo de 18 meses, a bagatela de aproximadamente R$ 4.000.000,00.

Considerados valores médios atribuíveis a cada um dos marajás, nenhum deles esteve sujeito ao preceito constitucional de que nenhum servidor público receberá mais do que os Ministros.

Bem, bem, bem... nessa terra de ninguém, onde as leis são violadas por quem as faz, isso não nos causa muita espécie. Afinal de contas, os beneficiados com a bolada não fizeram as leis que ampararam seus lucros (isso não é salário, pelamordedeus, pessoas!). Alguém acima deles fez o regramento, ou ignorou regramentos, e eles foram beneficiados.

A questão é... até quando? Até quando seremos escarnecidos pela corja planaltina? Até quando aqueles senhores de aparência (só aparência) séria e "posudos" vão tirar proveito dessa massa ignorante e alienada, que é a nossa gente?

Até quando as classes A …

BRASIL CARINHOSO... UMA ANÁLISE

Tomei a liberdade de postar essa carta, que espelha o que muita gente brasileira pensa..., Obrigado, professora Martha Panunzio!! BRASIL CARINHOSO Bom dia, dona Dilma! Eu também assisti ao seu pronunciamento risonho e maternal na véspera do Dia das Mães. Como cidadã da classe média, mãe, avó e bisavó, pagadora de impostos escorchantes descontados na fonte no meu contracheque de professora aposentada da rede pública mineira e em cada Nota Fiscal Avulsa de Produtora Rural, fiquei preocupada com o anúncio do BRASIL CARINHOSO. Brincando de mamãe Noel, dona Dilma? Em ano de eleição municipalista? Faça-me o favor, senhora presidentA! É preciso que o Brasil crie um mecanismo bastante severo de controle dos impulsos eleitoreiros dos seus executivos (presidente da república, governador e prefeito) para que as matracas de fazer voto sejam banidas da História do Brasil. Setenta reais per capita para as famílias miseráveis que têm filhos entre 0 a 06 anos foi um gesto bastante generoso que vai estim…

QUANDO NÃO É ROUBO NEM DESVIO, É DESPERDÍCIO

O site da revista IstoÉ nos trouxe, dia 05.09, uma notícia absurda - 55.000 (CINQUENTA E CINCO MIL) bolsas de plasma humano estragaram num depósito qualquer lá no Distrito Federal (onde mais? Vizinhaná emblemática para coisas estragarem). O que é isso?

Mas a coisa não é recente, notem bem. Vem já de alguma data em torno de 2007, imaginem! E, nada obstante o material já estar impróprio para uso, está conservado a 50 C negativos, numa camara que os funcionários já apelidaram de "Túmulo do Sangue".

Meus irmãos, minhas irmãs, isso é CRIME. Não é somente desperdício, não é apenas dilapidação dos recursos públicos.

Acontece que a Saúde é um dos segmentos de serviço à população que mais sofrem, e a carência de hemo-produtos é algo gritante. Quem aí não foi convocado ainda para doar sangue a toque de caixa, porque alguém está pra bater as botas?

Eu fico me perguntando se algum político SÉRIO lê o que eu escrevo. Mais além, fico pensando se ele não se sensibiliza de pessoas morrendo …

PALADINO DA JUSTIÇA

Igualmente controvertido foi o desempenho do CNJ ao longo da última gestão, sob batuta da Dra. Eliana Calmon. CNJ que agora recebe o Dr. Francisco Falcão, com a saída da digna corregedora, já referenciada.

Instituição que antes de mais nada tem o escopo de preservar as instituições do Judiciário, zelar pela retidão e eficiência dos õrgãos diversos, foi, nada obstante, duramente resistida, inclusive com petitórios ao STF, que ao final de tudo pacificaria a questão, em favor do CNJ.

De onde provém a insurgência? Ora, ora, ora... a AMB, algumas figuras togadas esparsas... Senhoras e senhores juízes, ENTENDAM - o CNJ existe para lhes dar respaldo, manter a seriedade das carreiras funcionais da Justiça, e para atender onde algum órgão não esteja funcionando a contento. Simples assim...

Então, qual a grita? Porque tanto açodamento? Será que aquela "meia dúzia" mencionada pelo Dr. Francisco Falcão, que - disse ele - precisa ser afastada, não estaria por trás disso?

Exmos. juízes, t…

AMPLIANDO O ESPAÇO PARA CABIDES

Em reta final de aprovação projeto de criação de (nova?) carreira de "analista executivo" para funcionar junto ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (é, concordo que o nome é pomposo - orçamento implica OBRIGATORIAMENTE planejamento e gestão... enfim...).

O impacto nas contas públicas será de algo em torno de 170 milhões, com a assunção dos novos servidores.

Como a "viúva" tem bastante recursos (nem precisa de nada mais para a Saúde nem Educação ou Segurança), deixemos de lado a questão orçamentária (ou seria planejamento? Ou seria gestão?)

Meu desconforto tem duas vertentes principais:

- será que não temos servidores suficientes, na máquina estatal, que pudessem ser remanejados para o dito cujo Ministério? Senhoras e senhores, temos, atualmente, trabalhando (faz-me rir, mas alguns trabalham, NEM TODOS) na Administração Federal, perto de 1.000.000 de pessoas, entre civis e militares. Será mesmo que não daria pra espremer uns 2.000 dessa massa, para serv…