JUSTIÇA A DESCOBERTO

Já me estendi demasiado sobre os ganhos de alguns segmentos do Judiciário, penso que há agravantes e atenuantes de todo lado.

Mas a postura solene dos poderes Executivo e Legislativo em ignorar tratativas a respeito da atualização salarial das carreiras do Judiciário é de uma imoralidade gritante...

Agora, nos vem o senador Romero Jucá, dizendo que não incluiu o petitório salarial da Justiça em seu relatório preliminar do Orçamento da União, "porque não vê recursos para isso" (minhas palavras, exata interpretação).

Duvidam? vide http://www.conjur.com.br/2012-nov-21/reajuste-judiciario-nao-incluido-parecer-preliminar-orcamento

Ora, senador, vamos ser sérios?

Para as obras da Copa, já foram abertas as comportas de recursos financeiros, e sabe-se lá até quando jorrarão!

Para o Legislativo as coisas funcionam sem sobressaltos, desde indenizações avultadas para cada figurante do grande cirso da Esplanada, até verbas de representação.

Enquanto isso, juízes e promotores se estressam em tentar resolver coisas que advieram da irresponsabilidade do Legislativo e de alguns procedimentos perdulários do Executivo. Isso é justo, senador?

E as propinas nas licitações públicas? Os sobrepreços, que eventualmente desaguam em bolsos congressistas?

Sabe, senador, se houvesse um nítido esforço dos demais poderes, ESPECIALMENTE de Vv. Ss. do Congresso, em fazer a coisa pública funcional - Saúde, Educação, Segurança Pública, Transporte, eu tenho certeza de que até os integrantes do Judiciário suportariam em boa paz o arrocho.

Observe que se concedido o petitório do Judiciário, o impacto anual inicial seria da ordem de R$ 285 milhoes, aproximadamente. Isso é MUITO MENOS do que os reajustes de emergência autorizados nas obras de Copa do Mundo/Olimpíadas.

Copa do  Mundo e Olímpiadas têm seu valor, mas são CIRCO. A Justiça gerencia a tranquila performance do circo. Pense nisso, senador.

Mas o que se vê em toda parte desse Brasil é desmando na hora de utilizar recursos da "viúva". E safadezas descaradas, sobre as quais se lançam desculpas horrorosas do tipo "nunca soube de nada!"

Sinceramente, senador, tenha a hombridade de dizer que não quiseram MESMO colocar a proposta de reajuste do Judiciário no Orçamento. Fica menos pior.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESCOLAS DE DELINQUENTES

ERROU DE NOVO, SR. MICHEL SAAD NETO!

DE MARCHINHAS DE CARNAVAL...