SENADO - UMA CASA DE ESPERTOS

Notícia da Agência Brasil nos informa que o Senado aprovou projeto de resolução disciplinando o pagamento de Imposto de Renda incidente sobre décimo-quarto e décimo-quinto salários dos senadores.

Você recebe 14°. e 15°. salário? Se não recebe, está fora desse negócio... mas vamos destrinchar o pato...

Quem vai pagar pelos atrasados? Naturalmene... pelo quinquênio 2007-2011, a mesa do Senado pagará a despesa (indiretamente eu e você, que me lê, pagamos, é isso que eu quis dizer).

Agora vem a melhor parte da piada. A advocacia do Senado (fico pensando na utilidade disso, o Senado ter um corpo de advogados para si) vai postular em Juízo a ilegitimidade da cobrança, porque consideram que os ditos "salários" são indenizações!!!!!!

Vejamos... o que eles já têm indenizado?

- Alguns têm indenizado o aluguel que pagam pelas casas que ocupam, até o teto de R$ 3.800,00/mes (é, simples assim - devem ser casas populares ...);
- todos têm a seu dispor indenização de despesas telefônicas (aparelho fixo), entre R$ 500 e 1.000,00/mes;
- as despesas com telefone celular têm cobertura ilimitada (o sonho de 100 em cada 100 brasileiros!);
- R$ 15.000,00/mes de verba indenizatória (despesas com aluguéis, combustíveis, consultoria, assinaturas de revistas, etc e tal - tudo coisinhas indispensáveis ao senador, claro);
- R4 6.045,20/para transporte aéreo (você, que viaja de busão ou de metrô cinco dias por semana ficou com água na boca, eu sei...);
- falando em transporte, os senhores senadores têm cada um à sua disposição 25 litros de gasolina (ou 36 de álcool) para se deslocarem por Brasília, SEMANALMENTE. Mas como eles não têm muito tempo livre, trabalhando com afinco 16 horas por semana, na média, talvez não façam uso dessa mixaria...);
- despesas psico-odontológicas? - cada um dos senadores faz jus a somente R$ 2.166,58/mes (e você que pensou que o SUS cobra caro!!!!);
- eles também têm disponível uma verba de R$ 82.000,00/mensais para molhar a mão de seus asseclas... ops... assistentes de gabinete e serviçais assemelhados... (quantas micro-empresas sequer conseguem um faturamento desses!);
- ah! Despesas médicas têm cobertura ilimitada, e a coisa é vitalícia - vale dizer, ao saírem do cargo, conduzem consigo a benesse...

Essas verbas indenizatórias acima são as principais. Eles sempre arrumam uma coisinha pra gente pagar... Afinal de contas, como ficam as importações de Miami, se eles não tiverem recursos ESSENCIAIS?

Aos que duvidam dos números acima... visitem http://congressoemfoco.uol.com.br/wp-content/uploads/2011/07/CustoParlamentar2011.pdf.     Vai ser um choque de realidade interessante, até porque os números são totalizados, e também teremos alí o que sustenta nossos ilustres deputados federais.

Mas então... o que vai sobrar para ser indenizado com as "ajudas de custo" pagas em fevereiro e dezembro de cada ano?

Meus amigos, sobra safadeza, no Congresso Nacional, e falta vergonha na cara. Sempre tenho dito que há exceções honrosas, como os Srs. Cristovam Buarque (PDT-DF), Eduardo Braga (PMDB-AM), Eunício Oliveira (PMDB-CE), Lobão Filho (PMDB-MA), Pedro Simon (PMDB-RS) e Rodrigo Rollemberg (PSB-DF). E surpreendentemente, até recentemente o Sr. José Sarney (PMDB-AP), também não tinha usado sua berva indenizatória.

Mas... nada é tão ruim que não possa ser piorado... em junho recente, o secretário da mesa, Sr. Cícero Lucena (PSDB-PB), publicou as regras de um troço chamado CEAP (Cota para o Exerício da Atividade Parlamentar), que vai unificar tudo, dificultando assim a vida de quem não quer usar os benefícios excessivos...

Falando sério... aqueles rapazes do Congresso, em rua esmagadora maioria, deviam tomar um corretivo. Nenhum parlamentar ao redor do mundo é mais bem pago.

E ainda dizem em "ajuda de custo" para "indenizar".

Povo brasileiro, vocês são mesmo assim estúpidos? Ou sem capacidade de reação? Ou as duas coisas?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESCOLAS DE DELINQUENTES

ERROU DE NOVO, SR. MICHEL SAAD NETO!

DE MARCHINHAS DE CARNAVAL...