quarta-feira, 30 de janeiro de 2013

PRECISA DESENHAR?

Então, os bravos comandantes da Brigada de Bombeiros, lá de Santa Maria, disseram que estava tudo bem, que a boate Kiss poderia funcionar normalmente...a  vejamos...

Extintor não funciona na hora necessária...

Revestimento acústico inflamável utilizado, não ficamos sabendo de alguma advertência sequer aos proprietários do local...

SEM saída de emergência (claro, diferente da abertura principal daquele matadouro...)... e naturalmente... INDICADA COMO SAÍDA DE EMERGÊNCIA...

Porta (de entrada E de saída) de vão aberto em torno de DOIS METROS. Supondo-se que uma pessoa, DE LADO, meça 30 centímetros, se permitiria, se essa "viagem de cálculo" fosse possível, em torno de SETE pessoas saindo ao mesmo tempo, apertadas...  Mas isso não é nada...

Observaram, pelos croquis veiculados pela TV e pela internet, que a tal "porta" de dois metros de largura dava acesso a uma salinha minúscula, de onde havia outra porta, essa mais ou menos da metade da largura da anterior, DANDO ACESSO AO INTERIOR?

Vale dizer - por minuto, no meio do desespero, não daria para passar nem 10 pessoas, alí!!!!

Sinalização de segurança... a fuligem pode ter coberto tudo, mas não vi nada que pudesse minimamente ser útil aos usuários da casa. Notem que muitos correram para os banheiros - SINAL INDICATIVO DE QUE A SINALIZAÇÃO NÃO FUNCIONOU...

Gauchada, lamento PROFUNDAMENTE as perdas que vocês tiveram, mas podem cobrar das autoridades que os governam e controlam... ELES ERRARAM FEIO, NESSE LANCE!!!!!!!!

GAÚCHOS (E OUTROS BRASILEIROS) SENDO PASSADOS PRA TRÁS...

Bom dia, pessoas do bem!

Quarta-feira ensolarada no Sul do país, expectativa de boas novas, de novos negócios, de sucessos...

Me chegam também as notícias do nosso mundo, e naturalmente nossa terra maravilhosa PORÉM sofrida é o tema.

Autoridades municipais e a Brigada de Bombeiros, lá em Santa Maria, Rio Grande do Sul, vêm a público declarar que não têm nada a ver (ou que não podem ser responsabilidados por ) com os acontecimentos funestos da boate "Kiss".

COMO ASSIM? Vai ver os mortos então são os culpados?

Eu escrevera, há uns dias atrás, a respeito. Mas, para aqueles que chegam agora a meu blog, vou mostrar por que a coisa é diferente:

- integrantes da banda - responsáveis! Teriam que ao menos realizar alguns testes para se assegurar que as fagulhas não iriam atingir o teto - rebaixado - da área do palco;

- prefeitura - responsáveis! A fiscalização teria SIM a obrigação de assegurar que o local era adequado para receber multidões. E o fato de o alvará estar vencido é um singelo sinal de que as coisas não são feitas com a celeridade necessária, no departamento certo, da Prefeitura. Ou será que Santa Maria está com carência de pessoal?;

- proprietários da boate - culpados! Além de usar materiais de baixa qualidade no revestimento (desastre em preparo...), mantinham aquela portinha ridiculamente pequena como único acesso/saída. Também pela falta de preparo da equipe de serviço - seguranças, serviçais, em lidar com situações de risco. Além do mais, um extintor não funcionou!!! O que é isso? Será que o extintor entrou em greve, subitamente? E o excesso de lotação? De quem seria a responsabilidade?;

- brigada de bombeiros - culpados! Uma porta tão pequena - sinal de risco; ausência de porta alternativa para o exterior - sinal de risco; extintores fora de uso - sinal de riscoooooo; materiais utilizados no teto - será que eles sabem o que estão vistoriando?;

Acrescento aqui que o M.P. também tem sua parcela de culpa, porque o tal de T.A.C. firmado com a direção da boate deveria ser conferido por quem sabe o que está fazendo - se os materiais eram adequados para a vedação do som E SEGUROS.

NÓS BRASILEIROS seremos todos responsáveis, se deixarmos barato essa cobrança. E vamos estar autorizando essas mortes acontecerem, novamente, com pessoas que possivelmente amamos, se desconsiderarmos o desdobramento disso tudo.

Pronto... FALEI!

segunda-feira, 28 de janeiro de 2013

A MORTE... SEMPRE ELA...

A notícia desse início de semana é a pavorosa ocorrência de Santa Maria, RGS, onde centenas de jovens perderam suas vidas, porque algum papalvo não avaliou os resultados de seus atos.

Claro, estou me referindo ao jovem que acendeu o "sputnik", provocando o desastre. Nem sempre astros têm inteligência... será que nunca fizeram um ensaio daquilo, antes (notem que o teto tinha sido rebaixado, sobre o palco).

Me refiro igualmente aos proprietários da boate, que aparentemente tinham permitido superlotação, e concederam-se ao risco de tocar seu empreendimento em local inseguro (como se viu), sem entrosamento das equipes em serviço, no local, etc e tal...

Faço referência também às autoridades - não exatamente as de Santa Maria, mas aos responsáveis - em toda parte, do Oiapoque ao Chuí - pela liberação dessas casas de espetáculo. À leniência da autoridade em fiscalizar MESMO, junte-se o instituto da propina ("te dou mil pilas e você vem verificar depois... te dou uns ingressos"), a fragilidade das autoridades em penalizar quem vacile, os envolvimentos políticos em grandes empreendimentos...

Em resumo - a tragédia da boate KISS foi o trabalho bem orquestrado (ou não) de uma equipe grande, e a coisa trágica é que muitos deles ainda vão se beneficiar, de alguma forma, do valor dos ingressos e despesas de consumação que aqueles pobres meninos e meninas deixaram no caixa da boate.

Que NINGUÉM venha com lérias sobre os jovens estarem no lugar errado, como alguns energúmenos andaram asseverando, via redes sociais. UMA COISA NÃO TEM A VER COM OUTRA, façam-me um favor, não insultem minha inteligência!

Não que isso não aconteça em outras partes do mundo (aconteceu na Argentina, na Rússia, nos E.U.A.)... mas a bola da vez TERIA que ser o Brasil.

Brasil... um país de terceiro mundo, com arroubos de primeiro. Um país de políticos safados (maioria), fisiologistas, que metem os pés pelas mãos quando deveriam legislar PARA O BEM DO POVO - e ao cometer imoralidades, ainda se escondem atrás da Constituição Federal, dizem que o que estão fazendo é constitucional! (não sabem do que eu falo? Por exemplo... condenados pela Lei assumindo cadeiras no Congresso... que tal?)

Um país de autoridades frouxas, muitas delas venais... não entendem que, ao afrouxar a liberação de alguma coisa, sem o devido respaldo legal/técnico/licitatório, estão dando "um tiro no pé", porque algum resultado funesto pode atingir sua prole... Imaginem se dentre os mortos/acidentados não existe filho/filha de algum fiscal municipal?????

Mas a morte precisa chegar, sua foice insensível, para colocar as coisas no lugar... será que os "illuminati" têm razão?

sexta-feira, 18 de janeiro de 2013

A INFINITA BOBAGEM

Ontem, trocando canais da TV aberta, me deparei com um programa do PV - Partido Verde, com sua visão institucional.

É certo que essa legenda partidária me atrai, porque tem bandeiras oportunas e que, caso sejam mesmo abraçadas e implementadas, fariam diferença, para nossa gente, para o Brasil, para o mundo...

Só disse que ela me atrai. Não gosto de políticos, embora os tenha de tolerar.

Mas então, creio que lá próximo do meio da programação, me aparece um certo senhor, por sinal razoavelmente corpulento, aparência de letrado, que me trouxe uma pérola verdadeira, à guisa de solução para o trânsito conturbado de nossa terra.

O verdadeiro gênio que elaborou a tese seguramente só pode ombrear com os técnicos do MIT! Vai ser genial assim nos "quintos"!

O dito cujo apresentador profere então que a multiplicação desordenada das frotas de veículos particulares é a responsável pelos gargalos de tráfego, bem como pelo crescente índice de mortes no trânsito. E ensina alto e bom som que a gestão do transporte público resolveria o problema...

Mas vejam, pessoas... as fábricas de automóveis, que aqui aportaram originariamente a pedido do governo brasileiro, se interromperem sua produção, hão de demitir empregados. E agora, como ficaria a coisa, PV?

Acontece que a proliferação desenfreada dos veículos pelo mundo afora é um dos carros-chefe do desenvolvimento capitalista. Aqui no Brasil é que nossa gente sofrida, que não tem dinheiro para trocar de carro vai lutando com seus "pés-de-bode". E em toda a parte proliferam carcaças abandonadas, porque nós ainda não temos mecanismos eficientes de reciclagem dos usados. Porque os países desenvolvidos convivem muito bem com suas "populações mecânicas".

Mas a problemática não se esgotaria com a redução da oferta de veículos. Isso representaria demissões em massa de gente capacitada, e a elevação perniciosa dos preços do que há por aí, o que traduziria um outro fator de pressão inflacionária.

E, em paralelo, a questão do transporte público é nada mais, nada menos do que o exercício da boa vontade e capacidade administrativa, porque nós - a população - estamos torcendo por melhorias, por transporte público CONFIÁVEL, por transporte FERROVIÁRIO de qualidade (como os da Europa, que nos fazem gemer de inveja), como meios de navegação de nossos rios maravilhosos, e tão mal aproveitados do ponto de vista do transporte...

O PV até tem boas intenções, mas sua arquitetura de planejamento é capenga. Melhor seria não dizer nada, do que liberar ao espaço "abobrinhas", como as de ontem...

Não que o restante exposto não fosse de boa qualidade. Mas uma maçã podre no meio da cesta vai corrompendo as outras... esse, alías, é um mal recorrente nos bastidores da política nacional, e me refiro tanto a idéias quando a gestores das tais idéias...

quinta-feira, 17 de janeiro de 2013

CONDENADO? FAÇA UMA VAQUINHA...

Meus irmãos, nossa classe política começa 2013 em grande estilo!

Como se não bastassem os lautos reajustes que alguns prefeitos e/ou vereadores se concederam, canal de notícias atualizado nos dá notícia de que está sendo promovido jantar baseado na culinária gaúcha, até onde sei em Brasília, com a finalidade de levantar recursos para que alguns dos condenados na AP470, vulgarmente conhecida como "Mensalão" possam ter como quitar as penalidades pecuniárias que lhes foram aplicadas pelo STF.

Vejamos... tendo em vista a aplicação de pena pecuniária visar atingir o patrimônio do apenado, e de molde a servir de exemplo para os transgressores potenciais, como vemos essa "ação entre amigos" ou a popularmente conhecida "vaquinha"?

Senhoras e senhores, isso É UMA VERGONHA. É a desconsideração prática (não formal, quero dizer) ao decidido pela suprema corte brasileira. E - naturalmente - uma verdadeira cusparada no rosto de alguns milhões de brasileiros, que NÃO TÊM VAQUINHAS para pagar suas contas, mas em sua ignorância bovina, elegem esses salafrários que agora pontificam nas casas legislativas de todo o Brasil.

Como não fosse totalmente ofensivo, moral e civilmente (conquanto legal), um apenado assumir uma cadeira no Legislativo, como é o caso do Sr. José Genoíno, agora os "coitadinhos" passam o chapéu!

Fica aí a idéia... foi penalizado com alguma sanção pecuniária? Faça uma vaquinha! Reúna os vizinhos, amigos, o pessoal do escritório, TENTE financiar a multa, brasileiro!!!!!!

Claro, leitores. Os culpados somos nós. Com nossos votos ridículos e sem nexo, elegemos aqueles facínoras (relembro - HÁ EXCEÇÕES) para o Congresso Nacional. E é por isso mesmo, pelos nossos votos errados, que nós temos SIM que pagar a pena de ver essas vergonhas acontecendo.

Mas não é só por isso. O brasileiro médio só sabe reclamar. Mas agir, de forma organizada, ordeira e eficiente, para constranger nossa classe política a rever seu comportamento.

Brasileiros e brasileiras (como dizia o icônico senador de vasto bigode)! Precisamos fazer nossa parte, se queremos um Brasil diferente!!!!!!

quinta-feira, 3 de janeiro de 2013

COMEÇANDO 2013...

Abre-se o ano de 2013, com algumas pérolas trágicas... vejamos...

A moça indiana que fora estuprada repetidas vezes, agredida de outras formas, e finalmente descartada, faleceu. Quem se importa?

Um brasileiro sonhador perde uma luta. Até aí nada demais. O que tem é que o rosto do rapaz ficou uma massa informe, depois do castigo inflingido. Claro, seu oponente deve ter sofrido alguma injúria, também... Daqui a uns tempos, quando (é uma questão de tempo) esses moços começarem a sofrer sequelas dessa coisa estúpida chamada MMA (ou UFC, sei lá...) vão se lembrar desse final de 2012...

Mas agora, vejam essa... um turista, no Guarujá, reclama da conta (acima do previsto em R$ 7,00). Agride um dos proprietários. O pai do agredido pega uma "faca de cozinha" (leia-se uma "peixeira" ou algo semelhante, já que estava no balcão de carnes do estabelecimento) e tenta "furar só um pouquinho" o encolerizado - e criador de confusão - turista. Matou o camarada... Fogem todos os participantes do "imbróglio", para escapar ao flagrante... algum tempo após, comparecem, de "bons moços", à delegacia... isso serve, para restaurar o dano acontecido?

Pessoas, a infeliz indiana falecida vai se repetir ainda por algum tempo, podem escrever... os combates desse jogo horrendo chamado MMA (ou UFC, são tantas siglas), continuarão ainda por um pouco, até que inventem algo mais agressivo e mortal.

Mas a nossa índole encrenqueira? Vai continuar? Nós brasileiros de forma quase somos IGNORANTES, ENCRENQUEIROS, GROSSOS, adeptos do JEITINHO... ora, se estava estabelecido que havia gradação de preços, conforme o horário, porque agressões? Ninguém é capaz de levar um prejuízo, e sair dele de alma lavada? Será que precisamos mesmo de tanta violência?

Violência contra crianças, contra mulheres, contra estudantes, contra PROFESSORES... qual é o traço ligando tudo isso?

FALTA DE CULTURA. ESTUPIDEZ SOCIAL. LIBERDADES EXACERBADAS. IMATURIDADE.

Espero colocar nesse blog, ao longo de 2013, coisas mais alegres, mais amenas. Espero que a Lei seja cumprida, que o Legislativo faça o seu papel DE VERDADE, que o Executivo pare de passar a mão sobre cabeças coroadas... (falando nisso, que negócio é esse de o Sr. Genoíno assumir? ELE NÃO FOI CONDENADO? Isso soa à sociedade - já dita imatura, ignorante, estúpida - como um escárnio à Justiça! O homem vai ser RECOMPENSADO por ser criminoso?).

2013... espero que o Brasil acorde desse "coma" (nem é sono mais...)...

 

QUANDO A INTELIGÊNCIA ENCONTRA A ALIENAÇÃO

Com muito prazer republico um texto profundíssimo, que pode divertir, e vai trazer muita luz, sobre o momento político que vivemos. É ...