quinta-feira, 9 de maio de 2013

PAU DE GALINHEIRO

Nessa semana que vivemos tivemos mais algumas irregularidades apontando, aqui e acolá, em termos de politicagem e de desvios, etc e tal.

Mas faz tempo que algo na nossa política não me choca tanto, quanto saber que o Sr. José Geraldo Riva fora afastado da presidência da A.L. do estado do Mato Grosso.

Na verdade, a coisa seria banal - um politico com problemas com a Justiça é novidade?, se uma informação não fosse igualmente publicada - o homem tem mais de CEM ações por improbidade!

Naturalmente, o homem, quando lhe derem a chance de se manifestar publicamente, dirá que "é inocente, que não sabe o que está acontecendo..." (parece discurso de menor delinquente, no Rio ou em São Paulo). Claro, isso é previsível.

Mas, senhoras e senhores, CEM AÇÕES? O que está acontecendo com a vergonha na cara, com a hombridade?

Mais uma coisa... desde quando foram se empilhando esses autos? Acho praticamente impossível isso ter acontecido em menos de dois anos. Assim, não há veredictos sobre o rapaz?

Os noticiários também dizem que, apesar de mais sujo que pau de galinheiro, o homem tem influência na política de seu estado. A crer pelo que foi encontrado hoje com um de seus relacionados, não admira que tenha influência! O dinheiro, afinal de contas, pode tudo, e quase um milhão de reais em moeda nacional e euros dá pra "influenciar" muita gente!

Claro, a essa altura alguém poderá me criticar, de que esteja "pegando pesado" ou crucificando o homem. Mas amigos, mais de 100 ações contra o moço, e ele seria inocente de TUDO? Se pelo menos 5% disso não for coisa séria, então o moço é injustiçado! 

Ainda bem que a influência dele é por lá. Já imaginaram uma figura dessas num estado rico e pujante como o estado de São Paulo?

Mas sabem... ele não está só. Se formos levantar a ficha dos políticos nacionais da - digamos assim - liderança, eu penso que há chance de uma MEIA DUZIA escapar de terem processos contra si. A coisa é liberalmente distribuida, seja entre senadores, deputados federais e estaduais, principalmente.

Nossa gente precisa tomar vergonha na cara, de uma vez por todas, e parar de entregar seu voto (OK, me parece que as urnas eletrônicas são manipuláveis, segundo notícias) a crápulas, pessoas que não têm o menor respeito pelo próprio encargo político - quanto mais por seus eleitores! Alguns inclusive dizem que os eleitores precisam se "f" (como foi veiculado há uns dez dias... mas nossa gente tem memória curta, é uma droga!).

Brasil... de mercadores de influência, de crápulas travestidos de gente séria, de travestis travestidos de revolucionários... te amo mesmo assim, meu Brasil!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUANDO A INTELIGÊNCIA ENCONTRA A ALIENAÇÃO

Com muito prazer republico um texto profundíssimo, que pode divertir, e vai trazer muita luz, sobre o momento político que vivemos. É ...