EDUCAÇÃO NO BRASIL - UM CASO PERDIDO PARA ESSA DÉCADA?

Leio, surpreendido, na manhã dessa quinta, seis de junho, que o Brasil vai estar financiando melhoria do ensino superior na África!

http://www1.folha.uol.com.br/educacao/2013/06/1290566-brasil-financiara-melhoria-de-ensino-superior-na-africa.shtml

Meus caros leitores, não me aborrece absolutamente estender a benesse do aperfeiçoamento a irmãos do continente africano, sejam quais forem os países. Sei que ao longo de séculos aquelas populações só foram exploradas à exaustão, seja de recursos materiais, seja da própria vida, vendidos muitos povos que foram para a escravidão, primeiro sob égide européia, seja em rápida sequência pelos colonizadores do assim chamado "novo mundo".

Não. Não me oponho à medida.

O que me causa espécie é que nós NEM TEMOS tanto desenvolvimento assim em nossa terra, em termos educacionais, para exportar recursos e recipientes de cultura!!!!!

Continua em alta a reclamatória de que muitos postos de trabalho/pesquisa no Brasil são preenchidos, aqui e alí, por eruditos de outros países, notadamente EUA e Europa Ocidental. Nossas universidades públicas - salvo exceções notáveis - continuam depauperadas em seus recursos de pesquisa, instalações e lentes para orientação dos formandos, que continuam em sua maioria saindo às hordas dos cursos superiores, sem nenhum ânimo em prosseguirem em suas carreiras, por falta de estímulo salarial ou por estreitamento do quadro de vagas disponíveis, pela referenciada "importação" de cérebros. Claro, há também a opressora carga tributária sobre as empresas, o que em muito as inibe quanto a abrirem novas frentes profissionais.

Quanto ao nosso sistema de ensino médio, é um arremedo em todos os horizontes (mesmo algumas instituições privadas) em que uns fingem que ensinam, outros fingem que aprendem, para depois se esfalfarem em "cursinhos", e tentarem aprovação mínima, para trabalhos de nível técnico ou de execução.

O que se dizer do ensino fundamental? Professores acuados por alunos cada dia mais selvagens (isso mesmo, selvagens, porque não são domesticados em casa, uma rotulação tão triste quanto verdadeira), estruturas físicas em processo de ruína por todo o território nacional (de modo quase geral)...

A coisa prosaica é que os recursos têm sido destinados! Nem tão atual assim, mas informe fidedigno nos informa isso:

 http://redeglobo.globo.com/globoeducacao/noticia/2012/08/orcamento-para-educacao-cresceu-mas-precisa-de-gerenciamento-eficaz.html

Mas então... o que está sem remédio... vamos deixar pra lá, pra ajudar nossos irmãos africanos?

Me parece uma alienação trágica... Estamos tentando vestir um despido há séculos, mas não costuramos a roupagem de um roto de menos de CEM ANOS!

Brasil... quando teremos mesmo administradores comprometidos contigo, Pátria amada?

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESCOLAS DE DELINQUENTES

ERROU DE NOVO, SR. MICHEL SAAD NETO!

DE MARCHINHAS DE CARNAVAL...