GASTOS TORNADOS SIGILOSOS, E OUTRAS BOBAGENS DILAPIDANTES

Estive durante muito tempo pensando sobre mais essa "pérola" política - a saber, os gastos do Executivo com viagens passam a ser sigilosos, podendo ser tornados públicos ao final do mandato do titular. Já não é coisa recente, mas estive pensando muito mesmo a respeito, por isso o relativo atraso em comentar.

 http://www1.folha.uol.com.br/mundo/2013/06/1291998-dados-sobre-viagens-de-dilma-serao-tratados-como-sigilosos.shtml

Ponderei bastante, porque imaginei que houvesse alguma intenção séria mesmo, por trás da medida, e quis entender o caso. Me pareceu muito pequeno, rasteiro mesmo, que os tais gastos fossem ocultos por ordem superior.

Descobri que HOUVE MESMO, uma intenção séria. Intenção de conceder a todos os brasileiros - curtidores de bundas carnavalescas, beijaços de paradas gay, partidinhas de futebol - mais um certificado de tolos - isto é, que não somos digno de saber minimamente como o governo usa os recursos que tem disponíveis.

Assim, onde a Sra. presidente e sua corte forem, hospedem-se onde for, comam o que escolherem, nós, os ignorantes, estúpidos, papalvos em sua maioria, que é quem paga a conta, estaremos proibidos de conhecer o tamanho da conta, E SE TAL CONTA EXISTIU.

Não é de se admirar isso acontecendo numa nação que está cada vez mais acentuadamente virando à esquerda, rumo a um totalitarismo moderníssimo, tocado a corrupção e manipulação de massa.

O que me causa mesmo muita surpresa é observar que os arquitetos dessas medidas achem que a coisa vai funcionar!!!!!

Vejam, meus amigos... Se há justificativa, não há porque ocultar. Os propalados R$ 324.000,00 aproximadamente, gastos na viagem da presidente e seu séquito na viagem a Roma, para a entronização do Sumo Pontífice, são uma "merreca" comparados aos gastos - por exemplo - com uma viagem qualquer, ao exterior, do presidente Barack Obama, tenho certeza. Não creio que menos de um milhão de dólares seja expendido a cada compromisso no exterior, daquele governante. Acontece que há aparato de segurança, adequação de ambientes, etc e tal... Enfim, HÁ JUSTIFICATIVA, entendem? Não é um americano qualquer, é o presidente da República mais poderosa do mundo, ora. E o homem, normalmente, se hospeda em propriedades americanas (pelo que me lembre), quando possível... quanta diferença...

Ora, se D. Dilma, ao viajar ao exterior, justifica seus gastos, ainda que de forma corriqueira, PROBLEMA RESOLVIDO. Como mandatária do Brasil, uma das mais importantes nações da terra, igualmente, ELA PODE. Só não pode fazer duzentos milhões de pessoas de otários.

Porque, vejam... onde ela for, num hotel, num restaurante, carros que ela locar, etc e tal... acham mesmo que não saberemos? Pessoas, graças à globalização total que se avizinha, tudo é mensurável, senhores planejadores do Planalto.

Com a medida, que dizem é calcada em lei (QUAL?) o Planalto tão somente atiçou nossas suspeitas de malversação do dinheiro público, SIMPLES ASSIM.

E, francamente, Sra. Presidente... trocar o Pallazzo Pamphilj (a custo de manutenção) por um hotel (a custo de lucratividade de alguém), por melhor que seja, é um disparate sem tamanho. Pelas barbas do profeta!!!!!

De lembrar que até quem não merece MESMO, ficou hospedada lá!!!! Mas isso... procurem saber quem ficou no "quarto vermelho" da embaixada brasileira, não faz muito tempo!!!!!

Brasil... meu consolo é que os planejadores de tua desgraça TAMBÉM NÃO FREQUENTARAM BOAS ESCOLAS...


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ERROU DE NOVO, SR. MICHEL SAAD NETO!

ESCOLAS DE DELINQUENTES

DE MARCHINHAS DE CARNAVAL...