quarta-feira, 26 de junho de 2013

PARA QUE SERVEM OS IMPOSTOS?

A chefe do Executivo nacional, Sra. Dilma Rousseff, esteve reunida com dirigentes sindicais hoje, 26 de Junho, e dentre outras análises, declarou que a tarifa zero no transporte público é inviável - "não existe tarifa zero,ou se paga passagem, ou se paga imposto."

Descobrimos assim, num momento de rara felicidade de raciocínio, a finalidade dos impostos - atender à população!

Está correta, Sra. Dilma. E vou além, observemos abaixo:

- ou se paga passagem, ou se paga imposto;

- ou se paga pedágio, ou se paga imposto;

- ou se paga saúde pública, ou pagamos aos planos de saúde;

Verdade, Exma. Sra. Presidente. Ou uma coisa, ou outra. Mas, num segundo exame das interações, temos que nós brasileiros pagamos passagem E pagamos impostos (diversos); pagamos pedágio E pagamos imposto (IPVA); temos retenção em folha de pagamento de contribuição ao INSS, mas muitas vezes precisamos pagar por um atendimento mais cuidadoso...

A Sra. está certíssima, Excelência. Agora, vejamos... o que tem sido feito com os impostos que se praticam no Brasil, sem dúvida uma das mais altas cargas tributárias do mundo?

Excelência, um cuidado se faz necessário. Em momentos de agitação, confronto, precisamos cuidar do que falamos, sob pena de nossas palavras serem usadas contra nós.

O Brasil, proletário ou não, produz riquezas ao longo de cinco (5) meses, para produzir recursos correspondentes à nossa carga tributária. Note bem, é mais de um terço da renda de nosso povo!

Os movimentos que tanto têm desassossegado nossos parlamentares não são por picuinhas. São aspirações legítimas e asseguradas em lei, e nossa gente TEM SIM direito de reclamar. Afinal, nossos representantes (vale dizer, empregados para nos servirem, no Congresso) não resolvem as coisas realmente sérias desse país!

Brasil... de pessoas públicas que usam verborragia no enfrentamento de coisas sérias e urgentes...





Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUANDO A INTELIGÊNCIA ENCONTRA A ALIENAÇÃO

Com muito prazer republico um texto profundíssimo, que pode divertir, e vai trazer muita luz, sobre o momento político que vivemos. É ...