Postagens

Mostrando postagens de Setembro, 2013

NOSSA POLÍCIA - SHOW NO MEIO DO CAOS, APESAR DOS CRÍTICOS

Ao longo dos últimos dez dias, temos noticiadas ações da Polícia Federal, desbaratando quadrilhas dentro e fora de órgãos governamentais.

Uma das últimas notícias diz respeito a uma cambada de safados que desviava alimentos da CONAB. Pior que o mero roubo é tirar a comida de crianças/adolescentes.

De cambulhada vão sendo também apanhados traficantes, corruptos estão pipocando em toda parte...

A Polícia está fazendo sua parte. Ainda que em muitas localidades esteja mal aparelhada, a polícia em suas várias performances - civil, militar, rodoviária, PF - tem desempenhado papel capital na contenção da criminalidade, no esforço da segurança pública e por aí vai.

Parêntese.

Infelizmente não posso deixar de mencionar aqueles integrantes dos quadros que se corrompem, "deixam passar", recebem propina, protegem criminosos. Talvez eu esteja "chovendo no molhado" ao repetir isso, mas esses cidadãos descuidados com suas obrigações e também com a própria respeitabilidade estão d…

REVENDO AS INSTITUIÇÕES DEMOCRÁTICAS BRASILEIRAS

Muito se tem comentado, ao longo dos últimos dias, a respeito de como os votos no STF, que receberam os "embargos infrigentes", preservaram as instituições democráticas.

Os luzeiros que assim ponderam asseveram que, dado o cumprimento da Lei, tudo foi colocado nos eixos.

(naturalmente, ninguém comenta do porquê dos votos contrários, que tiveram também seu respaldo. Nem se cogita REFAZER o julgamento dos embargos - dura lex, sed lex, já que foi por 5 a 4! Já que se evocou a lei, tendo em vista a votação apertada...).

COMO? O que se preservou, exatamente?

Em primeiro lugar, temos simulacros de instituições democráticas - um Legislativo totalmente fisiologista (mesmo os dissidentes disso não podem virar a mesa, são poucos), um Executivo submisso ao Legislativo e focado numa experiência socialista suicida (anacrônica, obsoleta, porque suas fundamentações ficaram no século XX), cujos contornos se delineiam agora, e um Judiciário de joelhos. A Lei é feita pelo Legislativo, logo, o…

EXCEÇÃO NA POLÍTICA - KIREEF - UM HOMEM DE VALOR

Todos os que me conhecem sabem que sou muito cauteloso, na hora de atribuir honra a alguém. Já se disse que uma pessoa só é conhecida pelo quanto se dá a conhecer - vale dizer, nem tudo é como se fala, ou se vê.

Aqui, entretanto, me permito falar a respeito de alguém que tem alcançado respeito até de seus opositores, quanto mais da população que dele depende.

Após pleito eleitoral apertadíssimo, o qual vencera por diferença de 1,07% em segundo turno, em outubro do ano de 2012, assumiria a prefeitura de Londrina, no norte do Paraná, o Sr. Alexandre Kireef, no início de 2013.

Não voto em Londrina, mas trabalhava lá, à época do pleito, e fiz campanha aberta pelo homem.

O Sr. Kireef encontraria Londrina, a segunda maior cidade do Paraná, necessitando MESMO de cuidados. Na saúde, na segurança pública, na gestão de transportes, serviços públicos de toda sorte. Um outro pião na unha seria a SERCOMTEL, empresa de telefonia municipal, que a par de um serviço excelente, vinha sofrendo sobrema…

TRAFICANTES, PROSTITUTAS E ASSASSINOS NO SOFÁ DA SALA - NOSSA TV!

Sábado passado (14/09), perto das dezenove horas, placidamente degustando um "sanduba", numa loja da franquia "Subway", em Curitiba, me deparei com a TV ligada, indicando que um outro programa ia se iniciar (uma novela, o que mais?), e luziu por alguns segundos, na telinha, o alerta de que aquela programação era inadequada para menores de DEZ anos. Lembremo-nos de que o tal "programa" é veiculado seis dias por semana, em horário similar... então...

DEZ ANOS!!!! Pessoas, me digam como se tira pré-adolescentes da frente da TV, às sete horas da noite!!!!! Me contem como poderemos convencer meninos e meninas mal-educados (de modo quase geral), rebeldes (sinal dos tempos), e cheios de "aspirações de liberdade" a deixarem de assistir a um programa que - sofrivelmente - serviria de entretenimento para ADULTOS!

E nos minutos que se seguiram, se podia identificar claramente dentre os protagonistas, prostitutas e adúlteras (quem trai o marido é o que?), e…

PLURIPARTIDARISMO - SOPA DE LETRINHAS INFERNAL

Conhecido site de variedades divulgou hoje que temos - entre constituídos e em processo de formalização - trinta (30) partidos políticos no Brasil.

Lideranças diversas, bandeiras prosaicas muitas delas (por exemplo, o atrelamento da palavra "cristão" às siglas é mera retórica, já que o Estado é laico). Mamutes da política, alguns já em adiantado processo de "extinção"...

A Constituição de 1988 recepcionara a idéia de pluripartidarismo, conforme seu artigo 17. Copiamos o que de menos funcional pudesse existir. Claro, os países com múltiplos partidos foram parcialmente copiados (a Alemanha, por exemplo, tem DOZE, Portugal tem TREZE, a Índia tem SEIS). Claro, os EUA, entre grandes e pequenos, tem 70 (SETENTA) partidos, alguns totalmente locais, como um pequenino, das Ilhas Virgens. MAS... quem resolve as coisas são os Democratas e os Republicanos.... Percebem?

O que eu pretendi, ressaltando esses números, meus caros, é demonstrar o que está amplamente difundido no cor…

O JULGAMENTO DA JUSTIÇA II

Então, os embargos infringentes foram admitidos - observem que admissão não significa julgamento. Como um mágico tira um coelho da cartola, os advogados de defesa dos réus encontraram essa pífia ferramenta, para protelarem o pagamento da dívida de seus representados. Não esperava por isso, mas não me admiro agora, dado o número exagerado, certamente abominável, de recursos que nossa Justiça brasileira tem disponíveis. Tentem encontrar outros tribunais tão lenientes quanto os nossos, pelo mundo afora!!!!

O Ministro Celso de Mello comentara que uma das bases de seu voto em favor dos famigerados embargos se traduz numa oportunidade para ele "aprofundar suas convicções".

Não foi, entretanto, o Dr. Celso de Mello o culpado pela pantomina. Em verdade, outros votaram antes dele, assim me parece maldoso sobremaneira lançar sobre as costas do Exmo. Ministro toda a culpa.

Culpa que dividem alguns membros do STF com nosso povo, que historicamente tem se vendido a esses parlamentares sem…

O JULGAMENTO DA JUSTIÇA

Ao longo dessa semana teremos mais um (suponho, um dos últimos) capítulo da novela que se convencionou apelidar de "Mensalão", materializado na AP 470, em tramitação no STF.

Espernear é um direito de condenado. Natural. Mas há esperneios e esperneios. E, convenhamos, as choramingas recentes dos senhores condenados na AP 470 é da uma falta de critério absoluta, vez que atenta de modo frontal contra a soberania do tribunal máximo da nação.

Ouvi dizer que alguns deles pretendiam recorrer à Corte Internacional, em Haia. Aquele seria sem dúvida alguma o foro para reexame do processo mencionado. Porque não o fizeram? Simples - seria algo tão vazio e sem expressão, diante dos julgadores de Haia, que nem sequer seria apreciado.


Não queria estar na pele do Dr. Celso de Mello. O último a julgar, com voto decisivo, terá muito assunto sobre o qual discorrer, no futuro, qualquer que seja sua inclinação.

Porque o principal tema não está nos anos que alguns condenados talvez percam, morand…

O PETISMO EVISCERADO

Aquela lenda da história americana, o presidente Abraham Lincoln, dentre outras pérolas, declarara" Você pode enganar algumas pessoas o tempo todo, e todas as pessoas por algum tempo, MAS não poderá enganar a todos o tempo todo." (You can fool some of the people all of the time, and all of the people some of the time, but you can not fool all of the people all of the time).

Nossa Pátria amada, "Salve, Salve!" tem sido sistematicamente sacrificada pela leviandade de seus homens públicos.Excetuando raras exceções, nossa história tem intrigas demais "na corte", tem maracutaias demais por lá, tem feudos políticos...

Não vamos comentar os tempos pré-república. Está muito longe de nós... vamos ao século XX.

Então, o governo democrático que se instalara na década de 40, de extrema fragilidade de sustentação, seria povoado de maus políticos. Junto a essas pessoas sem brios  nem vergonha, se iriam associar novos burgueses, a quem interessava expansão acelerada d…

BRINCADEIRAS JUDICIAIS E ESTRATÉGIAS CRIMINOSAS

O ser humano é notável em sua quase necessidade de arrostar o perigo, seja incidentalmente, seja de moto próprio...

O ordenamento jurídico que temos hoje em dia, no mundo ocidental, particularmente, foi erigido ao longo de séculos, aperfeiçoando-se sempre e de maneira geral se pretendendo a aplicação do imparcial, a seus extremos.

Entretanto, o ordenamento jurídico tupiniquim vai além, mais uma rosca no parafuso - temos uma infinidade de recursos e medidas protelatórias, em nome de proteger-se direito de réus. Em verdade, a maioria dos nossos recursos é olhada com desdém pela comunidade jurídica de outros países, e onde nossos juristas veem ampliação do instituto da Justiça (e muitos causídicos veem lacunas por onde protegerem seus clientes DA lei), o pessoal lá fora vê como pífias tentativas de se complicar o que, normalmente, já não é muito simples.

Tome-se, por exemplo, a grita pelo reexame da AP 470, vulgarmente conhecida como ação do "Mensalão".

Os defensores da medida …

CHAMPIGNON MORREU... PORQUE?

Nos chega a notícia impactante de que mais um jovem músico, que pertencera à banda Charlie Brown Jr, o Champignon, morreu.

Pelo que tudo parece indicar, atentou contra a própria vida, dentro de seu apartamento, que compartilhava com a esposa, grávida.

Não sou do ramo, não conheço muito dos músicos contemporâneos do falecido, nem de sua trajetória. Mas me permito considerar o passamento sob um outro prisma - o da juventude perdida.

Não me chamem de saudosista, mas tentem lembrar de quantos músicos das décadas de 60/80 foram mortos a tiros (houve alguns, esparsos), seja pelo suicídio, seja em atentados de algum criminoso!

Em tudo e por tudo vejo uma juventude perdida. Perdida em seus rumos como gente, como profissionais, como parentes...

O que se vê costumeiramente são jovens em idade (quase) de casar agredindo professores, nas escolas. Inclusive senhoras! Adolescentes e jovens rudes, estúpidos, ignorantes e que nada fazem para deixar de sê-lo...

Ou então filhos que dominam seus pais de…

MUDANÇAS DE VERDADE? UMA NOVA TEORIA SOBRE O CAOS

Acabo de tomar conhecimento do livro de Mark Blyth, da Universidade Columbia, EUA, denominado - "Austeridade, História de Uma Idéia Perigosa".

O autor nos traz exatamente o elemento de compreensão que faltava para o caos que tem se instalado na maioria imensa dos países desenvolvidos ou em desenvolvimento.

A bandeira da austeridade, esgrimida com furor por capitalistas ao redor do mundo, e discretamente adotada por alguns governos socialistas, é um mal tão grande quanto os déficits que se pretende combater - senão o maior.

Observem como as condições sócio-economicas degringolaram, à medida em que a tal austeridade foi sendo aplicada. O cataplasma amargo e doloroso, ao invés de curar o doente o está matando.

Notem que na maioria imensa de países que adotara o arrocho nas suas contas teve como resultado não exatamente a normalização das coisas, mas uma expansão no índice de desemprego, a degeneração dos serviços públicos, e um crescimento contínuo da insatisfação das populaçõe…

A ESTUPIDEZ DA CENSURA AUTOMÁTICA E A OPINIÃO LIVRE

Prezados, tentem encontrar no texto a seguir alguma palavra de abuso, ou baixo calão, ou algo meramente ofensivo: 

"Esse "imbróglio" é mais um fruto da falta de educação básica de nossa gente, e também falta de padrões. O moço APENAS apareceu para o mundo. Ele não pode começar assim "cuspindo" no prato onde comeu, e bem. E vamos e venhamos... um contrato de R$ 30.000,00 mensais para um garoto de 19 anos - pra começar - está ótimo. Sei isso saiu da cabeça de seu empresário, essa pessoa é um mercenário, está queimando sua "galinha dos ovos de ouro" já de saída, ao invés de aconselhar mais pé no chão e humildade..."

Pois bem, agora mesmo (12:28 de 06.09.2013) eu pretendi postar esse comentário a respeito do jogador Neílton, e sua pedida de R$ 100.000,00 mensais de salário, que o Santos considerou absurda... e o mecanismo de censura automático do UOL não permitiu a postagem... notam como as coisas estão sendo mexidas? Nem opinião se pode dar mais, …

POLITICADAS E VOLÚPIA POR PODER

A Assembléia do Povo, da República Árabe da Síria, divulgou uma carta, que endereçara ao Congresso americano, pedindo pela negação do ataque àquela nação.

O petitório acontece após uma história de confrontos sangrentos e populações achadas reféns de seus líderes.

Acontece que, perto de dois anos atrás, segmentos da população síria se insurgiram contra o governo do presidente Bashar Assad, que desde que assumiu, tem frustrado sistematicamente sua gente, em busca de mudanças democráticas que trouxessem modernidade à política do país, e mais desenvolvimento em outros campos da existência daquela nação.

Pouco sei sobre aquela gente brava, a nação síria. Mas até onde sei, são em geral pessoas como nós, que querem somente viver, e viver no nosso século. Não se admite uma democracia de um partido só. E é o que a família Assad tem proporcionado já por mais de quarenta anos, a seus irmãos - uma democracia torta, capenga, principalmente porque quem o elege é de sua confiança!

O processo democrá…

SUS + MAIS MÉDICOS(?) + FALTA DE RECURSOS = POVO ENGANADO E SOFRENDO

O programa Mais Médicos, do governo federal, entra em sua segunda etapa, e o barco começa a fazer água.

Não é pra menos.

Alguns dos profissionais aderentes ao programa já entregaram os pontos, reclamando de condições inaceitáveis de trabalho.

A falta de infraestrutura da Saúde no Brasil é algo comprovável em todos os sentidos. E observem que hoje em dia, o hospitais de eleição para nossos políticos se curarem de suas mazelas físicas (as morais são praticamente incuráveis) se tornaram o Sírio-Libanês, de São Paulo, ou o Copa D'Or, no Rio de Janeiro. Ressalto isso para lembrar que, em priscas eras, o hospital de base de Brasília era referencial (ERA).

Do meu tempo de segunda infância, tinhamos serviços segmentados de atendimento à saúde - IAPI, IAPETEC, IAPC, e por aí vai. Pouca coisa lembro de lá, mas me parece que funcionava.

Em minha infância e adolescência, SEMPRE fui atendido em estabelecimentos públicos (exceto umas duas vezes quando uma tia resolveu me apresentar ao médico pa…