CHAMPIGNON MORREU... PORQUE?

Nos chega a notícia impactante de que mais um jovem músico, que pertencera à banda Charlie Brown Jr, o Champignon, morreu.

Pelo que tudo parece indicar, atentou contra a própria vida, dentro de seu apartamento, que compartilhava com a esposa, grávida.

Não sou do ramo, não conheço muito dos músicos contemporâneos do falecido, nem de sua trajetória. Mas me permito considerar o passamento sob um outro prisma - o da juventude perdida.

Não me chamem de saudosista, mas tentem lembrar de quantos músicos das décadas de 60/80 foram mortos a tiros (houve alguns, esparsos), seja pelo suicídio, seja em atentados de algum criminoso!

Em tudo e por tudo vejo uma juventude perdida. Perdida em seus rumos como gente, como profissionais, como parentes...

O que se vê costumeiramente são jovens em idade (quase) de casar agredindo professores, nas escolas. Inclusive senhoras! Adolescentes e jovens rudes, estúpidos, ignorantes e que nada fazem para deixar de sê-lo...

Ou então filhos que dominam seus pais desde a mais tenra idade! Talvez já tenham visto um clipe no "Youtube" onde há uma meninazinha, aí pelos seus dois aninhos, intimando o pai, porque ele não a queria deixar sair de casa para se juntar às amiguinhas! (não importa a motivação, aqui se destaca quem PRECISA obedecer).

Jovens que solenemente são iniciados no mundo do sexo (maravilhoso, claro, mas com seu preço), das drogas (até pelos próprios pais!), da bebida - já notaram que essa rapaziada só não bebe chumbo derretido porque está quente? E não por acaso proliferem umas beberagens ridiculamente baratas, cheias de químicos, que regam as festinhas... e fazem a festa dos contrabandistas de bebidas "mata-rato".

Adultos jovens que não têm metas de vida outras a não ser enriquecer, aparecer para os holofotes... não pensam em perpetuar o que a sociedade tem (ou teve) de melhor... Hoje em dia é só dissolução, orgias, bizarrices de todo o genero...

Não sou puritano. Mas quis somente dizer que infortúnios como o que aconteceu ontem são mero resultado do que está sendo cultivado ao longo das últimas décadas. Auxiliado por uma omissão doentia dos pais na vida dos filhos, pelo apelo da mídia em direção a liberdade total, pelo desserviço que os líderes das nações prestam às novas gerações com seus exemplo...

"O homem é o lobo do homem." Acho que o lobo não quer mais ser subjugado. Deus nos acuda...

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESCOLAS DE DELINQUENTES

ERROU DE NOVO, SR. MICHEL SAAD NETO!

DE MARCHINHAS DE CARNAVAL...