quinta-feira, 28 de novembro de 2013

O JULGAMENTO DO DEPUTADO

O que mais contribui para as altas taxas de mortalidade criminoso no Brasil?

A Justiça. Nada mais, nada menos.

O crime contra a vida vai desde as corriqueiras (infelizmente) atrocidades dos bandidos, passa pelas violências domésticas de todo o gênero, os excessos de algum "coroné" por esse Brasil de meu Deus, circula nas loucuras de condutores de veículos SEM CONDIÇÃO de guiar... mas há outros agravantes...

O que os liga entre si, de modo quase geral, é a insensibilidade de "Artêmis". Nossa justiça brinda aos pobres que cometam o infortúnio de serem apanhados com prisões prévias e outros bichos... E os ricos e poderosos que acaso se embaraçam nas malhas da lei têm a seu favor um batalhão de rábulas "porta de cadeia", prontos a angariar seus proventos à custa da tramitação de recursos que livrem seus clientes abastados do xilindró.

Exemplos? O Dr. Abdelmassih, por exemplo. Seja um incauto "dotô" recém formado, e sem recursos materiais, o estúpido que tente "xumbregar" uma paciente, e ele vai com certeza se ver em palpos de aranha, na hora de tentar escapar da lei. Mas o homem... deve estar comendo tabule e tamaras, em algum lugar do mundo...

O deputado Carli Filho, outro exemplo. O ilustre tribuno curitibano se envolvera num acidente fatal (morreram dois jovens, esmagados em seu pequenino Fiat) - claro, pouco se dirá que o homem literalmente voava com seu veículo potente, pelas ruas da "night" da capital paranaense. Pois então... já fazem mais de TRES anos do ocorrido, e ainda estão decidindo se o homem vai a júri popular ou não!

É de doer. De se notar que a vida daqueles jovens não vale NADA. Que a vida desse delinquente (é isso mesmo, procurem saber as condições do acidente!) vale TUDO.  Soube que o figurão teria se penitenciado em outdoors, etc e tal...

Ora, Sr. Carli Filho!!!! Faça-nos um favor, e zombe menos de nossa sofrida gente, que não tem recursos para comprar um carro caro e resistente como o de V. Excia., mas mesmo assim tentam viver e ser felizes, até que algum irresponsável lhes venha ceifar a vida!!!! Reserve o arrependimento de V. Excia. para a presença do Eterno! Porque para os mortais aqui na terra, soa uma zombaria sem par!

Dessa maneira, fica explícito que um crimezinho de nada (como matar pessoas ou abusar delas) pode ficar impune, mediante o trabalho de profissional certo, e sob a paga certa (que ninguém é de ferro). ISSO É O AGRAVANTE a que me referia, no início.

E de permeio, a noção de que o julgamento necessário para se cristalizar o poder de polícia da lei vai acontecer algum dia, não se sabe quando, se não cair em domingo nem feriado... e o tempo passa...

A Justiça brasileira, que teve arroubo honroso no trabalho (ainda por findar) do STF, na ação penal 470, deveria ter mais homens corajosos, e também mais defensores com mais vergonha na cara, ao invés de puramente afã de ganhar dinheiro. Há coisas justas, há coisas injustas... há coisas que, conquanto justas, são imorais. há coisas moralmente injustas, e por aí vai.

'Enrolar" a lei para postergar o julgamento do sr. Carli Filho é imoral, safado mesmo, e injusto. Mas a OAB está olhando de cenho franzido para o Dr. Barbosa, não é mesmo? Não têm olhos para as safadezas miúdas, que seus confrades praticam, diuturnamente...

Brasil... tua lei curva-se, sem vergonha alguma, ao poder e ao dinheiro! Como é que fica? Muda Brasil!


Nenhum comentário:

Postar um comentário

QUANDO A INTELIGÊNCIA ENCONTRA A ALIENAÇÃO

Com muito prazer republico um texto profundíssimo, que pode divertir, e vai trazer muita luz, sobre o momento político que vivemos. É ...