UM PROCESSO DE "EMBURRECIMENTO" SOCIAL



Treze anos já passados do século XXI, enquanto a maior parte do mundo busca melhorar (Ok, a Coréia do Norte e alguns países centro-africanos são exceções MESMO), a brava nação tupiniquim também tenta  "engatar o trem" desenvolvimentista.

Me parece que os "maquinistas" do dito cujo trem tupiniquim são meio mal-intencionados, porque das duas uma - ou o "trem" está parado ou andando de lado!

Vejamos:

- num século em que se busca o respeito e proteção da mulher, milhares de nossas patrícias brasileiras mal podem esperar para mostrar suas bundas e peitos, no carnaval - sinal (embora elas neguem veementemente) que desvalorizam a si próprias. Tentem ver desfiles de mulher pelada, no restante da sociedade ocidental!;

- no despertar dos direitos da criança, pedófilos literalmente "soltam a franga" em nossa pátria (não que não existam no exterior), e... coitadinhas de nossas crianças, especialmente se for carente e "comprável"!!!!!;

- a economia capitalista fundou-se no incremento de suas atividades, no regime de "cultivar" o cliente. Mas as montadoras instaladas em território nacional teimam em querer debochar dos clientes, com preços escorchantes por veículos nem tão esplêndidos assim;

- enquanto um adolescente japones comum (por exemplo) estuda feito um louco para crescer sempre e apreender conhecimento, nossas famílias aboletam-se confortavelmente diante da TV, para assistir o "triplo B*", ou programações (novelas ou programas de auditório) em que há apelação para a sensualidade e o sexo**. E depois a turma ainda se surpreende quando adolescentes estupram suas colegas de idade e escola, como fez aquele jovem delinquente lá de Florianópolis ( http://www.tvediversao.com/2010/07/filho-de-diretor-da-rbs-confessa.html - UM exemplo, de centenas);

- nossas meninas sonham em ser adolescentes (e gritam com uns cantorezinhos medíocres se apresentando); nossas adolescentes sonham com bundões e peitões recheados de silicone (como se precisassem disso, nessa fase da vida). Claro, nada mais nada menos, do que apelos consumistas que beneficiam alguns, em prejuízo da massa;

- nossos meninos sonham em ficar adultos (coisa difícil, para o sexo masculino!). Nossos adolescentes sonham em ter um carro, tirar "rachas" e aparecer para as gatinhas (algumas parecendo corrimão de quartel...).

- ainda as montadoras!!!! Começaram agora com um modismo ridiculamente imoral. Anunciam financiamentos para carros novos com ZERO por cento de juros, e nas letrinhas miúdas falam numa entrada em geral em torno de 50% do valor do carro! Ora, na pior das hipóteses o juro será de 0,5% ao mês e capitalizavel, que ninguém é de ferro nem besta, nesses agentes financeiros;

- se simples mortais como esse escriba ponderam que há palavras sendo escritas incorretamente, "zilhões" de vozes apedeutas vão se ouvir, dizendo que o que importa é a mensagem ser entendida - a a língua portuguesa, uma das mais ricas do orbe, vai se encaminhando para o túmulo, apedrejada por anglicismos ou galicismos sem noção, que poderiam muito bem ser substituídas pelas nossas portuguesas palavras (por exemplo, "case" tem alguns significados em inglês, como por exemplo "maleta". Mas alguns ignorantes "modernizantes" teimam em dizer que queriam dizer "caso", ao usar a malfadada palavra...

- enquanto TUDO se faz para otimização de atendimentos, etc e tal., instituição(ões) financeira(s) abrem contas correntes nas quais NÃO SE PODE DEPOSITAR (precisa de ligeiras providências)!!! Isso não é louco? Qual seria mesmo o sentido em se abrir contas bancárias que não podem receber dinheiro? Não vai longe o tempo em que contas eram abertas por telefone, e depósitos esparzidos nelas na sequência...;

- Fotos e vídeos mostram obras públicas em franca deterioração (como a transposição de um certo rio, uma ferrovia no meio do nada...), mas o governo insiste em dizer que as obras estão em ritmo acelerado!!!! É "pra" rir ou chorar? E tem brasileiro que acredita neles!

Mas o melhor mesmo, e mais ilustrativo, exemplo de como uma sociedade inteira está sendo deteriorada em sua essência, seus juízos de valor, é a entrevista de uma certa governadora, ao dizer que a violência grassa em seu estado porque o tal estado ficou mais rico http://veja.abril.com.br/blog/reinaldo - postagem de 10.01.2014). COMO? Se lá está um dos piores IDHs do Brasil? Onde - se procurar - ainda há trabalho escravo?

Verdade é que da lavra da ilustre governadora partiu pedido de licitação - via pregão eletrônico - de alguns acepipes para forrar a mesa da ilustre "primeira família" do estado. Nada demais, até se descobrir que a ilustre governadora planeja se candidatar a senadora (novamente, que perigo!). Então, o discurso de que o lixo virou ouro é o indicado...

A sociedade brasileira está literalmente "fazendo água" por todos os orifícios. Só quem não quer ver isso é ela mesma...

Ah, me poupem... Isso estava atravessado na minha garganta há algum tempo...

Pátria amada... ACORDA LOGO, nesse teu berço esplêndido, e bota pra correr os inimígos de tua gente - gente humilde, em sua maioria, gente ignorante, idem, gente boa, gente sem pudor, gente sem honra (há exceções), gente sem nacionalidade...
*o tal programa "triplo B", cuja produção original é européia, já saiu há muito da grade de programação da maioria dos países chamados ocidentais. Qual a razão de ainda ser sucesso aqui? Nossa gente é idiota mesmo (como nos fazem parecer) ou o resto do mundo é que é idiota, em não cultivar um programa assim tão "saudável"?
** tentem encontrar, na programação, por exemplo, das Tvs abertas dos EUA, programas de auditório com tanto apelo sensual (até programas humorísticos!!!!! Fico pasmo!).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ERROU DE NOVO, SR. MICHEL SAAD NETO!

ESCOLAS DE DELINQUENTES

DE MARCHINHAS DE CARNAVAL...