PONDERAR O QUE?

Ontem aconteceram algumas passeatas, Brasil afora, em torno de nossa política, principalmente.

Multidões, pequenas, penso eu, se expressaram, contra E a favor do poder instalado no Planalto, e sua ingerência nos desafios de nossa gente.

Então tivemos quem exigisse o retorno da "ditadura", quem os repudiasse... e me parece que havia também alguns "nem tanto", querendo a normalização das coisas...

Um infeliz qualquer publicou inclusive, em respeitável site de variedades e notícias, "Dez razões para não ter saudades da ditadura" (http://noticias.uol.com.br/politica/ultimas-noticias/2014/03/22/10-motivos-para-nao-ter-saudades-da-ditadura.htm).

Foi de uma infelicidade lapidar.

Dos dez motivos, com um pouco de condescendência eu diria que apenas UM é válido - A precarização do trabalho. Seja lá o que o homem quis dizer com isso, preciso reconhecer que temos hoje em dia mais (nem tanto assim, mas...) opções para quem quer trabalhar. Observem bem o que eu disse - PARA QUEM QUER TRABALHAR. A ressalva diz respeito indiretamente a uma massa da população que está sendo sustentada a migalhas pelo governo de Utopia*, e que efetivamente não quer ou acha que não precisa procurar opções de trabalho.

Claro, não querem trabalhar também as associações criminosas que, de crime em crime vão consolidando seu "pé de meia", contando naturalmente com a leniência de nossas leis (vide o ECA, especialmente) e a corrupção de nosso aparelho policial. Claro, contam também com a falta de condições materiais (armamento, recursos tecnológicos) para combate ao crime.

O restante - NOVE motivos que o moço dera, não me fazem sentir saudade da ditadura porque EXISTEM EM NOSSOS DIAS. Senão vejamos:

- tortura e ausência de direitos humanos - o pessoal no poder tem se esmerado na coisa, de tal maneira que parecem que estão preocupados com isso, mas ninguém ainda explica a morte de Celso Daniel...
- censura da imprensa - dizem que não existe mais. Mas já ouviram falar que a turma quer calar aquela jornalista do SBT? Ah, não existe... OK...
- Amazônia e índios sob risco - hummmm... NUNCA tivemos tanta presença estrangeira na Amazonia, e nunca tivemos tando descuido com aquela região - é só verificar o estado das rodovias que, pretensamente, deveriam promover a integração. Nunca tanta coisa saiu contrabandeada de lá... Sob risco?
- baixa representação política e sindical - ah, Ok... e o que temos hoje são representantes sindicais e políticos BAIXOS, imorais, fisiologistas até à morte... E falando em representação política... pode-se dizer que o MST é representação política? ah... me poupem...

Observem que só comentei QUATRO, dos tópicos que o infeliz escriba abordara.

A PETROBRÁS NUNCA iria comprar aquela usina lá de Pasadena (http://clubedepilantras.blogspot.com.br/2013/07/extremamente-grave_8.html?q=EXTREMAMENTE+GRAVE) . Principalmente com o ágio criminoso de 2.800% que se registrou. Mas então vemos hoje a Sra. Dilma preocupada em descobrir o que aconteceu!

 Sabe o que aconteceu, Sra. Presidente? UM ROUBO. Um roubo perpetrado por quem estava (ou está, nem sei), no comando da PETROBRAS e, em última análise, de quem está no poder.

Os recursos já se foram. Estou totalmente seguro de que ninguém vai devolver o dinheiro da PETROBRAS.

A pergunta, Sra. Presidente (com "e" sim!) é: QUEM VAI DEVOLVER NOSSA ESTIMA? QUEM VAI DEVOLVER O RESPEITO (que na verdade nunca tivemos) FACE AO RESTO DO MUNDO?

DITADURA? É o que temos agora. Antes, era um grupo de bravos, querendo o melhor para nosso torrão... e foram mal-interpretados.

O imperador Nero, perto do PT, é um menino de jardim de infäncia, inofensivo e pueril...

MUDA, meu Brasil!

*Utopia é um país, lá no Planalto Central da América do Sul, onde tudo está maravilhoso (parodiando Belchior).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DE MARCHINHAS DE CARNAVAL...

ERROU DE NOVO, SR. MICHEL SAAD NETO!

CURA GAY E OUTRAS IMBECILIDADES EMPURRADAS PELA MÍDIA