Postagens

Mostrando postagens de Abril, 2014

POLÍTICOS IMATUROS = DESASTRES SOCIAIS

Depois de uma semana agitada, na qual me foi impossível conferir o mundo ao meu redor, me deparo com a grita entre o governador do Acre, Sr. "Tião" Viana, e a secretária de Justiça e Cidadania de SP, Sra. Eloisa Arruda.

No centro do "imbróglio" temos alguns milhares de imigrantes haitianos, que teriam sido enviados para o estado mais rico do país, muitos deles inclusive com suporte financeiro (passagens) custeado pelo governo do Acre.

O Sr. Tião Viana se dói, porque a seu ver foi comparado a um "coiote", gíria que nomeia pessoas que facilitam migrações não autorizadas de pessoas, ao redor do mundo.

Disse que vai inclusive acionar a Justiça, para se despicar da acusação.

(coitada da nossa Justiça, ainda tem que separar briga de criança...)

Haitianos ã parte, sejamos honestos - se o governo do Acre patrocinou viagem de alguns dos migrantes - que seja UM, sequer, então agiu de alguma forma como os "coiotes" (embora esses é quem recebam o dinheiro, …

REFLEXOS DE UMA SOCIEDADE ABANDONADA - CRIANÇAS SE PERVERTENDO

Vi hoje, inserto em uma rede social famosa, vídeo, gravado numa praia qualquer do nosso Brasil, mostrando duas crianças, pelo porte aparentando ter não mais de sete anos de idade, fazendo coreografia semelhante àquela praticada nos bailes "funk".

Então, o gurizinho, só de "short" esfregava sua pelve na menininha, vestida somente de biquini. Aparentemente para gáudio de alguns adultos, derramados em espreguiçadeiras proximamente.

Após algumas evoluções, a meninazinha virou-se e, agora de costas, sujeitava suas infantis nádegas à "xumbregação" do jovem parceiro. Aí então uma senhora, acredito que mãe de um dos pequenos, interveio e separou a dupla.

NOJENTO.

Alguém vai vociferar, da penumbra virtual, que eram crianças, que eu estou vendo maldade em tudo, etc e tal... A esses, convido-os a exercitarem suas filhinhas na dita cuja dança ou, melhor, levem-nas a um baile "funk", para serem "aculturadas".

Aos imbecis que permitiram aquela coisa…

DISCUSSÃO DO AUTO DE RESISTÊNCIA E OUTRAS BOBAGENS DO LEGISLATIVO

Começou a circular alguma discussão em torno do projeto de Lei 4471/2012, que dentre outras minúcias, postula o fim do "auto de resistência"... confiram...

Projeto de Lei 4471/2012

Não vou me deter nos temas relacionados à criminalidade. Quero falar hoje, aqui, de policiais que todos os dias expõem suas vidas em defesa da sociedade brasileira.

Basicamente, esse malfadado projeto de lei transforma todo policial que atirar em algum meliante num suspeito de crime de morte. Vale dizer, além de mal armados, mal preparados, esparsos, em relação ao tamanho de nossa sociedade, os homens "da lei" agora deverão coagir os delinquentes... vejamos... com estilingues? Porretes? Ah, me poupem.

Num Brasil com hemorragia grave de recursos (desviados pela "estrela" principalmente), com tantos  desafios para nossos legisladores, o homem quer subjugar a polícia?

Será que o "iluminado" deputado vai propor também aos criminosos que saiam para seu mister amaldiçoado po…

COTIDIANO NÚMERO MIL E UM

O Ministro das Relações Exteriores não diz nada sobre a violência contra civis na Venezuela.

Adriano falta de novo ao treino, aparentemente para socorrer um amigo num baile funk (esse roteir de novela envolveu quantos times, até agora? Alguém lembra?).

No BBB, Fulano transa com Beltrana, EM CIMA DO EDREDON. Sem censura (saudade do tempo dos militares).

O Faustão continua com seu programinha sem sabor aos domingos.

D. Dilma faz mais um discurso de improviso e mistura petróleo com política.

A cantora canta o Hino Nacional em ritmo de funk.

A polícia paulista apreende (porque não se usa o verbo "prender" quando se trata de adolescente?) mais um trombadinha, que roubava uma cadeira de rodas de um cadeirante.

Uns anarquistas invadiram outro prédio, querendo moradia - mas trabalhar e ganhar a vida, quem quer? (Ah, tem o "Bolsa-família").

Adriano é dispensado de seu mais recente time, e diz que tem propostas do exterior (mas hein?).

NINGUÉM diz nada sobre o parque eólico…

A RESSACA DO MENSALÃO - OLHA O PERIGO

“O que me preocupa não é o grito dos maus, mas o silêncio dos bons”. (atribuído a Martin Luther King, Jr.)

A Ação Penal 470, que fora alcunhada de "Mensalão", transcorreu já a algum tempo, já temos a maioria dos condenados (notem bem, CONDENADOS), purgando suas culpas, mas algo que me preocupava há algum tempo está começando a acontecer, e visa desconstituir aquele processo, porque o que vier a acontecer em termos de benesse resultará em prescrição, e os culpados não precisarão pagar mais nada. Confiram: 

http://www1.folha.uol.com.br/colunas/monicabergamo/2014/04/1439594-advogados-pedem-anulacao-de-julgamento-de-executivos-no-mensalao.shtml

Ora, direito de espernear todo mundo tem, dirão alguns. Mas a coisa vai mais fundo, é mais abrangente do que apenas a invocação de "duplo grau" de jurisdição.

Cabe aqui ressaltar que o foro privilegiado que se considerou cabível para a maioria dos envolvidos na AP 470, É UMA BENESSE. Ou seja, para que "colarinhos brancos" …

VERGONHA DAS VERGONHAS (ENÉSIMA REPRISE)

Bom dia, amigos.

Indignação, tristeza, por tudo o que está acontecendo no Brasil. Assistam o vídeo de pouco mais de dez minutos. E tirem conclusão.

https://www.youtube.com/watch?v=5iC_pI6f7KQ&feature=youtu.be

Preciso lhes contar um pouco de minha história.

Embora NÃO me alistando como membro do partido da estrela, eu simpatizava com muitas de suas propostas, e estive mesmo defendendo abertamente o PT.

Bem cedo, em minha vida eu me preocuparia com política. A partir de inicialmente apoiar Brizola, as teses e idealismo do PT me contagiariam. E, mesmo mantendo-me fora de agremiações partidárias, passei a defender idéias que julgava válidas. Queria um Brasil melhor!

Com pouco tempo, meu esforço numa base sindical qualquer me colocou contra meu empregador (primeiros tropeços). Mas Pizzolato, Berzoini e Bernardi(dentre outros) foram eleitos principalmente pelo voto daquela massa devotada, que sonhava com um Brasil maior, como eu mesmo. Muitos daqueles, como eu, experimentaram a mesma sen…

ULTIMAS PATUSCADAS PLANALTINAS - E A PETROBRÁS?

Imagem
E no meio do fogaréu que subiu de repente, o senador Romero Jucá, candidamente, oferece parecer favorável à CPI "genérica" como quer o governo, em contraposição escancarada ao pedido da oposição, por CPI específica para investigar a PETROBRAS.

Tendo-se presente que a CCJ (pra que serve mesmo essa encrenca?) vez por outra tem cabeças "brilhantes" em seus quadros, não seria de se admirar o parecer do ilustre senador. Ademais, o rapaz tenta claramente, com esse movimento paredista disfarçado, proteger as dilapidadas "jóias da coroa", em que se constituem os recursos em fluxo daquela caixa preta (em todos os sentidos - cor de petróleo, cor embaçada da corrupção, mera referência técnica) em que se tornou a estatal.

Uma vergonha deslavada. Que os outros temas erigidos pela situação mereçam investigatórios também, isso é inegável. Parodiando Boris Casoy, jornalista combativo e bem informado, "é preciso passar o Brasil a limpo." Mas o que está acontece…

RESERVA PARA AFRODESCENDENTES OU... COMO SE CRIA UM SISTEMA DE CASTAS

Imagem
Objeto de muita polêmica, me parece agora instituída uma das maiores burradas, senão a maior (corrupção é "hors concours"), já imaginável - até então - na nação tupiniquim. Me refiro ao sistema de "quotas" contemplando pessoas da etnia negra, ou assemelhados (pardos, indígenas, amarelos, etc).

Onde se vá, em termos burocráticos, é deparável a ressalva, que soa muito mais preconceituosa do que sua própria razão de ser - AFRODESCENDENTES.

Como tenho em minhas veias um autêntico coquetel - ancestrais paternos negros e portugueses, maternos portugueses e índios, me vejo a cavaleiro para criticar a estupidez transcendental, ora referenciada.

Vejam, meus amigos - ao reconhecer-se beneficiário ao sistema de quotas que vem sendo imposto aqui e acolá, alguém está na verdade, numa forma passiva, passando as seguintes mensagens:
- sou visto com alguém à margem da sociedade como um todo (embora não pareça);
- ainda que eu não tenha o preparo adequado, mas essa turma "vai…