QUEM NÃO PODE SER ELEITO - SEMANA DOIS



Amigos, me perdoem a demora em retomar "os trabalhos", mas tive um drama familiar por esses dias... Mas vamos à luta...

Adicionamos mais alguém à lista hoje, e registramos que alguém se retira da liça. 

Algo muito importante - se o candidato aparece aqui é porque algo depõe contra ele. Pode até ser discutível o motivo, mas a meu ver, e salvo melhor juízo, um representante de eleitores precisa ter histórico limpo - ora, quem estiver envolvido em desvios de recursos OU malversação de verbas OU em processos penais/civeis NÃO ME PARECE confiável - o que ele (ou ela) poderá fazer com a representatividade de que for investido?

Assim, candidatos, se algum dos Srs. eventualmente se sentir melindrado pelas linhas singelas desse blog, QUE PROVE ser digno de seus eleitores, LIMPANDO O NOME. Me ameaçar pode até ter algum efeito, mas não isentará Vv.Ss. do julgamento das futuras gerações.

Como dissera Emanuel Kant - "Se você não puder dizer como fez algo, NÃO O FAÇA." 

Isso faz sentido para riqueza inexplicável, poder amealhado sob tráfego de influência, favorecimento de amigos... por aí vai.



1 - Paulo Salim Maluf (do PP - Partido Progressists). Atualmente candidato a deputado federal, o veterano político foi condenado por improbidade administrativa verificada quando ainda prefeito da maior cidade do Brasil - São Paulo.
Como se isso não bastasse, já tem contra si pedido deferido de devolução de recursos que teriam sido desviados para a ilha de Jersey (não é no Brasil!).
Ah, o rapaz tem ficha na INTERPOL.
Resumindo, muito "buona" gente...
Mas os eleitores do estado de São Paulo têm mais 824 preocupações... http://terramagazine.terra.com.br/blogterramagazine/blog/2014/07/25/tre-recebe-impugnacao-de-maluf-e-mais-824-candidatos-em-sp/

2 - Dia nove passado, o ex-governador do D.F., José Roberto Arruda (do PR - Partido Republicano), foi condenado em segunda instância, por improbidade administrativa. Há vasto material disponível na internet, demonstrando as atividades do Sr. Arruda.
Assim, os eleitores "candangos" devem botar as barbas de molho, em relação a esse cidadão.
Querem livrar o homem da Lei da Ficha Limpa, alegando que a condenação é posterior ao alcance da lei, etc e tal... mas a sujeira remanesce SOBRE o tapete.


3 - Esse moço, Rodrigo Bethlem (PMDB, sigla que dispensa apresentações, é de gerações mais recentes do que os antecedentes. Mas já tem uma história muito estranha para contar, que sua ex-esposa nos fez o tornar pública.
Dentre outros detalhes, o homem fala sobre uma contribuição que receberia de uma certa ONG, e uma "pequena" comiss"ao sobre uns lanches... algo assim...
Como onde há fumaça, no mínimo há gelo seco, eu acho melhor meus irmãos cariocas deixarem seus preciosos votinhos LONGE desse bem-apessoado (e não é?) rapaz...
ATENÇÃO - o Sr. Rodrigo Bethlem retirou seu nome da candidatura, e espero que isso coopere para o amadurecimento de um bom político que, almejamos, ele venha a demonstrar ser, em futuros pleitos.

4 - Esse risonho cavalheiro, na pia batismal nomeado José Geraldo Riva, pretende sustentar candidatura ao governo do estado do Mato Grosso... Mas...
"Considerado um político influente, Riva acumula mais de 180 ações em tramitação na Justiça e 21 ações penais já em curso pela suposta prática de peculato e lavagem de dinheiro."(extraído de matéria do jornal 'O Globo', edição de hoje).
Vejam, meus irmáos matogrossenses - o Sr. Riva tem andado extremamente descuidado das máculas em seu "manto". Se for alguém inocente, é sem dúvida alvo de injustiças inauditas. Pelo sim, pelo não (180 ações, 21 ações penais, etc e tal...) ponderem se vale a pena conceder voto para o referenciado cidadão.


5 - O elegante senador Lindbergh Farias, candidato ao governo do estado do Rio de Janeiro, constitui-se num enigma para mim. Desde décadas atrás um rigoroso defensor dos anseios da população, nos parece que nos dias que correm tem andado em más companhias. Matéria do site "Congresso Em Foco", de 26.09.2013 nos esclarece que o jovem parlamentar detém - juntamente com outros dois deputados - o recorde de feitos no STF, entre ações penais e inquéritos - TREZE, ao todo. Meus irmãos cariocas, como será que ele vai lhes pedir o voto? Dizendo que é um bom rapaz?

VOLTO A FRISAR - se alguém provar que o que estou postando aqui não é verdadeiro, EU ME RETRATO, e apago o conteúdo. Mas postar o que está divulgado em outros lugares e é de domínio público não me parece ilicitude.

EM TEMPO - NÃO FAÇO CAMPANHA PARA NINGUÉM (ainda).

Até semana que vem, com a sequência... aguardo contribuições (confiram as condições de participação, em postagens anteriores).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ERROU DE NOVO, SR. MICHEL SAAD NETO!

ESCOLAS DE DELINQUENTES

DE MARCHINHAS DE CARNAVAL...