PARA GRANDES MALES, REMÉDIOS AMARGOS - E A CHORADEIRA DOS "AMIGOS"



Então, já avançou-se algumas etapas, na operação "Lava Jato", conduzida de forma enérgica pelo Dr. Sérgio Moro, apoiada em trabalho cuidadoso da Polícia Federal.

Muita sujeira já foi revelada, muito mais está por vir estou seguro disso.

Os cidadãos dessa Pátria - rica e bela, que tem sido sistematicamente vilipendiada (desconsiderada, desprezada, como pontifica o dicionário) por seus homens públicos e/ou poderosos - começam a suspeitar que, afinal, a Justiça brasileira reassumirá seu papel isento de pretor - coisa que não conseguiam fazer, já a alguns anos, eis que um dos poderes da República se tem achado no direito de superar os outros, e vinha desde então subjugando Artêmis(figura da Justiça, para os não familiares com o Direito) de maneira despótica, imoral e nitidamente desleal com nossa gente.

Suspeitamos que nossos magistrados hão de trilhar o caminho certo, para atribuir a essas sanguessugas do Erário, esses megalômanos, o seu quinhão de responsabilidade. Já passou da hora dessa tribo miserável devolver um pouco (tudo será impossível) do que esbulharam do Estado brasileiro, especialmente de nossa gente.

Mas vejo com extraordinária surpresa um dos luminares do Direito brasileiro, o Dr. Celso Antônio Bandeira de Mello, expondo livremente seu juízo a respeito de tudo, donde destaco pérolas como "o Dr. Sérgio Moro é um juiz que quer aparecer", "é evidente que há abuso e excesso"... acolá se rebela com a condição dos detidos, sujeitos a instalações sem conforto algum, etc e tal.

Respeito o digno mestre, Dr. Mello. Seu saber vai além de mera reputação, o homem é lente dos mais capacitados. Entretanto, como diz o antigo brocardo "quem fala o que quer ouve o que não quer".

Dr. Mello, o que o Sr. conseguiu fazer para melhorar as condições das instalações de detenção, no Brasil? Melhor, o que fez por onde passou, que se possa destacar, a respeito?

Ilustre mestre do Direito, vamos adiante - como exatamente o Sr. trataria uma caterva que SE UTILIZA DO DIREITO, para locupletar-se, diante de todos? Como exatamente o Sr. atuaria, para proteger nossa sociedade, e acima de tudo o Brasil, da sanha corruptora que nos assola, desde sempre? Produza-nos ao menos UMA MEDIDA EFETIVA que tenha postulado e defendido, contra as "organizações" que temos por aí, sugando o Erário vorazmente, e eu me retrato aqui.

Ilustríssimo doutor, o remédio que o Dr. Moro tem ministrado ao doente que é o Brasil (e que está tratando nossa Justiça brasileira) é amargo, reconheço. TODOS RECONHECEM. Mas não se curará esse mal com paliativos, ou com medidas suaves. Essa gente (eles sim!) é capaz de atrocidades, para se proteger.

"Data venia", Ilmo. Dr. Celso Antônio Bandeira de Mello, o discurso do Sr. é vazio, porque somente atira pedras. Não tem remédio em si. No máximo refere paliativos que têm sido amplamente utilizados em benefício próprio por esses mesmos que V. Sa. considera injustiçados.

Ademais, caríssimo Dr., perde seriedade o palavrório quando se sabe que o Sr. é AMIGO de alguns envolvidos... cai no vazio, se é que me entende, ilustre doutor. FALA SÉRIO, DOUTOR!

Outro brocardo diz "Diz-me com quem andas, e te direi quem és". Pois entáo... o Sr. é AMIGO de alguns "esperneantes"... Isso vicia o discurso de V. Sa.

Brasil - coisa doida... até teus homens letrados e importantes estão com pena de criminosos!!!! Mas te amo mesmo assim...


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DE MARCHINHAS DE CARNAVAL...

ERROU DE NOVO, SR. MICHEL SAAD NETO!

CURA GAY E OUTRAS IMBECILIDADES EMPURRADAS PELA MÍDIA