terça-feira, 16 de junho de 2015

VERDADES SECRETAS, DEPRAVAÇÕES EXPOSTAS... O QUE SE ESPERAR DA TELINHA?


Recentemente estreou novo folhetim, intitulado "Verdades Secretas", em conhecida rede de TV.

Naturalmente, se derrama uma outra pá de depravação para nossa sociedade aprender (mal) - ou se instruir, no processo de dissolução social em que estamos inseridos.

Por favor, amigos, não me tenham por puritano, ou algo assim. Não. Meu enfoque é outro.

Penso e me aborreço constantemente de como os meios de entretenimento dessa "Pátria Amada, Idolatrada, Salve, Salve!", tendem continuamente para a dissolução da sociedade, da família como núcleo social, e do próprio indivíduo, como pessoa.

Tentem imaginar por exemplo Disneyworld tomado por pedófilos, adúlteros, drogados, assassinos, enfim, pela escória da sociedade!!!!! Que tal? Continuaria sendo parque de diversões? Claro que não.

Quem tem entendimento verá que haveria um contrassenso impossível de se remediar, e a ideia de diversão pura e simples, voltada especialmente para crianças e adolescentes (de todas as idades), estaria condenada.

Pois então. É o que temos acontecendo, na maioria das grades de programação de nossa TV, notadamente a TV aberta.

Insistentemente, desde o final dos tempos da censura, temos sido bombardeados, em nossa sala de estar mesmo, com conteúdos violentos, depravados, depreciativos da pessoa humana. Estão literalmente transformando a sociedade em lixo, com todos os contornos que apresentam, seja no econômico, social ou moral. A TV aberta sistematicamente presta desserviço à sociedade, enquanto promove ou enaltece a prostituição, a criminalidade, a baixeza de caráter de uns e outros... algumas pitadas de "Aqui tem Educação" ou coisas semelhantes não contrabalançam absolutamente a abundância de perversão e maldade explicitadas.

Aos "do contra", que me lembrarão da noção irrelevante de que o que se retrata é a vida, lhes relembro a máxima, atribuída ao gênio de Oscar Wilde que "a vida imita a arte, MUITO MAIS do que a arte imita a vida". Notem o tirocínio do irlandês!!!!! A vida imita e imitará a arte, até porque muitas pessoas desconhecem as rudezas e baixezas do ser humano ATÉ SABEREM DISSO. Será que não valeria a pena a sociedade ser preservada, até que possam escolher o que aprender?

Ao invés disso, a coisa nos é empurrada (a mim não, eu mudo de canal, ou vou fazer algo mais útil do que assistir uma TV poluída, banalizada e venal) ditatorialmente pelas emissoras, em sua maioria, e por trás desse suprimento há cabeças pensantes, que certamente entendem a profundidade dessa cronica!!!!!!!! O que será que eles pensam a respeito, no que tocar aos seus filhos? Será que eles não entendem que suas próprias proles estão sendo envenenadas pelos conteúdos chinfrins* e pervertidos que revestem de cenários inebriantes (e para os quais contratam atores famosos), para minimizar o impacto negativo?

Alguém dirá que as tramas carregadas de adultério, assassinatos, desonras generalizadas entre pais e filhos, servem como alerta para educar as novas gerações, ouvi essa bobagem um dia desses.

Penso diferente. TUDO, ABSOLUTAMENTE TUDO o que se veicula na TV brasileira serve de ensinamento. Desde os processos criminosos, até às condutas libidinosas de nossas "estrelas", que depois vão a programas de entrevista e candidamente dizem que foi tudo muito "profissional", referendando como válida e natural assim a exposição da intimidade humana, e práticas relacionadas.

E depois, corre-se atrás do prejuízo. Crianças pervertidas, adolescentes assassinos sob pressão emocional, ou pelo sonho de se tornarem grandes criminosos... casais aprendendo que trair é natural, filhos desrespeitosos, deslumbradas "dando", filmando isso, e achando engraçado... OK...

ME POUPEM.

A quem pensar que a coisa é generalizada, no mundo em que vivemos, convido-os a baixar alguns capítulos de "soup opera" (como denominam novelas nos Estados Unidos), e confiram como os conteúdos de lá são leves, ao estilo de "O Feijão e o Sonho", "Éramos Seis", e outros clássicos da dramaturgia brasileira. Lá as baixarias ficam restritas a lojas de locação de conteúdos adultos, e imagens de violência são restritas ao mínimo necessário, para INFORMAÇÃO, principalmente - não visam o aperfeiçoamento das atividades criminais, se é que me entendem...

Brasil, meu Brasil, Pátria amada, como tua gente sofre! E acham que estão se divertindo! Tenho pena de ti, povo ignorante!

*relés, ordinário... já notaram como triângulos amorosos se repetem nessas novelas?

Um comentário:

  1. Muito bom texto.Há pessoas que conseguem ainda enxergar a "mensagem" que a "obra maravilhosa" e "espetacular" passa.É uma pena.É uma pena ver toda a inversão de valores.Brasileiro .... tão ingênuo ou talvez tão maldoso....

    ResponderExcluir

QUANDO A INTELIGÊNCIA ENCONTRA A ALIENAÇÃO

Com muito prazer republico um texto profundíssimo, que pode divertir, e vai trazer muita luz, sobre o momento político que vivemos. É ...