UM BODE EXPIATÓRIO CARO!



Corroborando todos os vaticínios (faz tempo eu queria usar essa palavra!!!!) o Sr. José Dirceu de Oliveira e Silva foi, novamente, conduzido sob ordem de prisão, e a essas alturas deve estar com os costados devidamente acomodados em algum lugar da capital paranaense.

Não me parece algo desconexo da realidade. Só cegos políticos ou pessoas chegadas hoje do espaço sideral, para acharem que o Sr. José Dirceu não tinha nada com o "Petrolão" como o vulgo convencionou denominar a operação investigatória que tem levantado os desmandos e tráfico de influência e recursos ocorridos em torno da nossa mais importante estatal. E parece que a coisa se vai espraiar para além das margens do petróleo, o tempo o dirá.

Desde há muito se sabia do gênio do Sr. Oliveira e Silva por trás da engrenagem azeitadíssima e eficiente (precisamos convir) que desviaria recursos para o outrora* poderoso partido dos trabalhadores, e de passagem, respingaria generosas doses sobre políticos safados e sem vergonha, mais ansiosos por enriquecer do que com a saúde da nação, ou a pujança de nossa gente.

Mas então, nos vem à baila declaração do Dr. Roberto Podval, um dos patronos do ilustre detido, de que sua prisão, a essa altura dos acontecimentos, é para se apresentar um "bode expiatório" à sanha do público, e dos exatores do sistema (palavras minhas).

Vejamos, Dr. Podval... quem contou sobre os "deslizes" recursais do imbróglio dissera que, além de R$ 2,6 milhões em dinheiro transferidos, imóveis teriam sido negociados em benefício de familiares do homem, reformas em outro prédio também teriam acontecido, sob auspícios financeiros de empresas envolvidas na coisa toda.

O ilustre causídico acha mesmo que o Dr. Sérgio Moro está blefando, ao praticamente confrontar um ícone do PT?

Caro doutor, vamos e venhamos... "ETA" bodezinho caro, esse tal de bode expiatório, a que o Sr. se refere!!!!!

Brasil... meu Brasil... um advogado cre em seu cliente, isso está no "script". Mas dizer coisas de que certamente está errado... beira os limites da indecência.

*era poderoso, mas se deixou erodir pela megalomania, servilismo interesseiro de seus pares, desrespeito total com nossa gente. Agora não é nem sombra de algo sério.


Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DE MARCHINHAS DE CARNAVAL...

ERROU DE NOVO, SR. MICHEL SAAD NETO!

CURA GAY E OUTRAS IMBECILIDADES EMPURRADAS PELA MÍDIA