segunda-feira, 19 de dezembro de 2016

O MINISTRO GILMAR E SEUS MAUS HÁBITOS

 Mas... hein?

Ok, sabemos que o Dr. Gilmar Mendes é pródigo em emitir suas opiniões em relação ao mundo que o rodeia, notadamente o político.

Ok, sabemos igualmente que ele até tem esse direito, como pessoa,como ser pensante, como uma sumidade que é, no conhecimento aos meandros intrincados e sujos da politica nacional.

Mas... o Dr. Gilmar Mendes tem o oportunismo de uma tia idosa e solteirona, no seu afã de tentar cuidar de toda "a família", e deixar todo mundo de bem com todo mundo... Acaba extrapolando a dose.

Já soubemos de surtos episódicos, como por exemplo aquele acontecido quando o Dr. Joaquim Barbosa era um de seus pares, no STF.

Mas agora, definitivamente, o Exmo. Sr. Dr. Ministro Gilmar Mendes foi além de suas vetustas (conquanto famosas) "chinelas".

Ora, senhores, se um projeto de autoria popular, ou de algum segmento expressivo da população, é encaminhado a apreciação do Congresso e é desfigurado em perto de 90% (noventa por cento), o que se pode fazer com o mosaico de recortes que sobra? O projeto foi "desnaturado", como dizem no jargão oficial. confiram o "imbróglio"...

Onde está o projeto de lei que estava AQUI?

Nada mais correto do que duas saídas - OU NÃO SE VOTA NADA NO PROJETO, ou ele deve RETORNAR a seus criadores, para que se entenda o que há. O que passar disso - se aprovação houver de um ordenamento retalhado e esticado/encolhido a bel-prazer dos congressistas - será algo como um "Frankenstein" escrito, que guarda pouca identidade com seu original, e cujo moto de existir com certeza não seja reconhecível, por insano que vá parecer.

Volto a ponderar que o Exmo. Ministro, do alto de sua extraordinária cultura e saber jurídico notório, tem sim o direito de criticar o que for, em termos de projeto de lei. Mas atalhar de forma tão contundente e atabalhoada seu colega de STF - Dr. Fux, que ao interpretar a Constituição (outro texto legal retalhado, esticado e encolhido ao alvedrio dos senhores do Legislativo), interrompe o "oba-oba" generalizado, de dispositivos que - ao invés de identificar e penalizar sanguessugas e outros apaniguados do poder político no Brasil - vão com certeza oferecer a nossos políticos mais tranquilidade ainda, para desfilarem suas desonestidades materiais ou morais.

Não, Dr. Gilmar, eu que já apoiei V. Excia. em alguns momentos, desta vez não posso compactuar com a verborragia que o Sr. esposou, a respeito.

Perdeu um ótimo momento para quedar-se - no mínimo - em silêncio.

quarta-feira, 14 de dezembro de 2016

A CORRERIA DAS RATAZANAS (OU O RUGIDO DE ANIMAIS ACUADOS...)


 Recursos? Tem sim... só andam pelos canais errados...

A reportagem dos meios de comunicação disponíveis está jorrando desde a semana passada notícias sobre como o pessoal do Planalto (mais precisamente Executivo e Legislativo) anda alarmado com os rumos dessa "jóia" de construção, que tem sido a operação "Lava-Jato". Hoje, por exemplo, a turma está se mostrando preocupada em "peitar" a estrutura judiciária. Querem sobreviver... Observem uma amostra:

A correria dos ratos e seus "associados"

Nada mais natural. A isso chamamos "instinto de preservação". Afinal de contas, desde que "descobriram" o Brasil (ah, safados! Deixaram minha Pátria amada de nádegas à mostra!) nossa classe política prima por tudo*, menos por lisura, honestidade, moralidade. Pessoas, foram mais de QUINHENTOS ANOS. Deu tempo para essa raça amaldiçoada (dos políticos corruptos) se multiplicarem, vicejarem. Assim, à vista de perigo inaudito de suas safadezas serem extirpadas, buscam remédios - muitos no armário constitucional onde amparam suas artimanhas - para terem sobrevida.

Ignoram que nossa gente, que permanece sofrida, ignorante em sua maioria, inculta socialmente... despertou. Descobriram que ou nós lutamos por nossa Pátria, ou não a teremos mais, brevemente, negociados que estamos sendo por senhores e senhoras sem vergonha, que fingem dirigir os destinos do Brasil (notem bem, não estão só em Brasília - essa praga viva e transmissora de doenças** está em toda a parte - lotando o Planalto, sim, mas infestando estados e municípios, na cobiça pelo lucro fácil e pelo sacrifício de milhões de brasileiros que nem vivem*** - só sobrevivem.

Essa praga tem transmitido corrupção por onde vá, maldades de todo tipo (inclusive assassinatos - dive Celso Daniel), mentira - pessoas, é inimaginável em qualquer outro país de primeiro mundo (NÃO ESTAMOS ainda no primeiro mundo, notem bem...) o tanto de mentiras que nossos políticos proferem! É desesperador!

"ELES PASSARÃO", como dissera o Sr. Mário Quintana. O Brasil ficará.

Ficará com essa gente sem cultura, sem modos, expontânea... que aprendeu corrupção com nossos líderes máximos. Mas até isso será curado.

O Brasil depende de cada um de nós. Não podemos baixar a cabeça agora. A operação "Lava-Jato" é bisturi afiado que está afastando do corpo doente de nossa nação esse cancer maldito, que é a classe política nacional* APOIO TOTAL À LAVA-JATO e ao Dr. Sérgio Moro! Ele está fazendo um trabalho que ninguém mais se arriscaria a fazer. Imagino mesmo que juras de morte, despachos pedindo sua morte e outros "bichos" estejam pululando por aí - MAS O DR. MORO RESISTIRÁ, porque está fazendo o que é certo, justo, honesto.

Vamos apoiar?

*nunca me cansarei de dizer que há exceções - só lamento concluir que são tão poucos honestos!!!
** corrupção, mentira, desonestidade, falta de vergonha... enfermidades terríveis!
*** digam aos palacianos de Brasilia para viverem com R$ 880,00... DIGAM!

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

A GRANDE PRESEPADA (OU A FALÁCIA DE "IGUAIS PERANTE A LEI").



E nosso Brasil varonil (corrompido, de riquezas leiloadas ou roubadas) desperta hoje com um susto atrás do outro.

Primeiro, que o STF vai julgar a liminar que afastara da presidência do Senado o Sr. Renan Calheiros, réu que foi constituído em ação penal.

Depois que nossa gasolina vai subir - SURPRESA!!!!! - algo em torno de R$ 0,12. Tendo-se em conta que nos países civilizados normalmente os combustíveis têm preços meio estagnados, com variações pequeníssimas, elevação desse calibre vem a ser surpreendente. Principalmente sabendo-se que os nossos irmãos árabes estão com o pé no freio dos preços, e a boa e velha "teta" chamada PETROBRAS continua produzindo combustível... Confiram os preços pelo mundo afora - vão se surpreender:

E a gasolina...

"Pari passu" com essas duas notícias estranhas e palpitantes, temos  a inadimplência dos estados federados, que gastaram mais do arrecadam - no Rio de Janeiro em particular isso me soa algo totalmente absurdo, tendo em vista os "royalties" do petróleo, mas enfim... o Sr. governador disse que não tem dinheiro, então não tem... Talvez seja boa idéia perguntar para o Sr. Sérgio Cabral (e seus antecessores, claro! Porque ele não fez esse estrago sozinho!) o que ele fez com os recursos desaparecidos.

Mas preciso me fixar, por agora, na presepada medonha que está acontecendo no Planalto Central, mais exatamente, em Brasília.

Pessoas, ESTÃO ESCARNECENDO DE NÓS!!!!! Alguém se torna réu (sabidamente não é santo, já de muitas legislaturas), o STF - que se espera seja o bastião de integridade que ainda permanece - determina o afastamento do homem, e NADA ACONTECE!!!! O que está acontecendo? Desobediência de alto nível? JURA?

O STF TEM O DEVER de referendar a decisão do Ministro Marco Aurélio (podem verificar que tenho minhas diferenças com o desempenho desse senhor, mas o apoio inteiramente dessa vez). Qualquer outro decisório que se alcance será pura e simplesmente o desastre final da democracia brasileira, o desrespeito em ciranda dos poderes, o descuido com os anseios do povo, que espera que criminosos sejam penalizados.

Porque, como seria a coisa? Conforme a Lei 8112/90 estabelece passos para a condução de processos que o servidor seja afastado de suas atividades, por MUITO MENOS que uma ação criminal. Ora, já que é assim, como vai ser com alguém investido de tanto poder, quanto o presidente do Senado?

Por essas e por outras é que vamos entendendo que "todos são iguais perante a lei", como reza a Constituição, mas alguns são "mais iguais"...

Brasil, meu Brasil, onde desonestos e corruptos regem uma nação... Tua gente está cansada de ser humilhada e desmerecida!!!! Mas eu te amo, Pátria amada!

sábado, 5 de novembro de 2016

UM TRIBUTO À INTEGRIDADE



Aconteceu o 6º Encontro de Juízes Estaduais, num badalado resort, da costa baiana. Para alí acorreriam magistrados das entrâncias estaduais, e marcaram presença igualmente, algumas celebridades do mundo judiciário, como o Dr. Ricardo Lewandowski, que inclusive teve oportunidade de usar a tribuna.

A Dra. Carmem Lúcia, presidente recém-empossada do STF, também foi convidada. Mas não compareceu.

Atribui-se a ausência da ilustre magistrada à notícia de que parte das despesas do evento teria sido bancada por uma empresa - Veracell Celulose, que anda às turras com processos a respeito de ilícitos os mais diversos, passando por crimes ambientais, trabalhistas e fiscais (acredito que dentre outros menos "cotados").

Nada obstante a AMB (Associação dos Magistrados do Brasil, já mencionada em alguma crônica minha) ter pontuado que 80% dos custos do encontro teriam sido patrocinados pela entidade, sobraria um pequeno percentual, pelo qual a Veracell, alegremente (possível), se responsabilizou.

Integridade?

Eu tenho, sempre tive, muito respeito pelos Exmos. Ministros do STF, salvo naturalmente quando cometem algo ao arrepio do óbvio (também já mencionados em algumas crônicas minhas, anteriores).

Mas ressalto com agradável surpresa a atitude da Exma. Dra. Presidente, ao cancelar sua participação, aparentemente em razão de a empresa patrocinadora parcial (ressalte-se, em homenagem à AMB...) do evento, ter pendências judiciais.

A Dra. Carmem já mostrou ao que veio. Em interpretação escorreita do brocardo "quem anda com porcos, come farelo", preservou sua imagem, de comparecer em algum lugar onde logotipos engraçadinhos e/ou discretos indicariam - "estamos aqui, mesmo com algumas PEQUENAS DEMANDAS em juízo contra nós. Somos amigos dos juízes, estamos aqui até para servi-los."

Mas isso é "voo de andorinha solitária". O exemplo precisa ser copiado, incrementado, e inclusive passar para as esferas do Executivo e do Legislativo. Já estamos cansados de gente sem vergonha na cara, em nossos estratos governativos.

Porque, vamos lá, meus irmãos... Imaginem uma dessas facções criminosas bancando eventos de policiais (o que certamente existe)! Ou então empresas de laboratórios farmacêuticos bancando viagens e benesses para médicos (isso EXISTE)!!!! Se isso não for desconfortável, o que seria mesmo? SEXO EXPLÍCITO (isso também existe, nas novelas!)? Propinas negociadas em cartório???

Espero que, quem me ler, entenda. Acontece que estamos notando, no Brasil, uma estranhíssima simbiose entre ladrões, criminosos, e os donos do poder, onde uns usufruem das vantagens de ter outros em suas relações. E, claro, porcos juntos... já se sabe...

PARABÉNS, Dra. Carmem Lúcia. Demonstrou de forma totalmente cristalina de que estofo é feita. O Brasil (esse doente respirando por aparelhos...) soltou mais um suspiro de alívio. A Sra., o Dr. Sérgio Moro, e mais um grupo de abnegados têm dado SOBREVIDA a esta nação.

EM TEMPO: estou pronto a me retratar do que porventura ferir a susceptibilidade de alguém. Não sou palmatória do mundo, só acho que o mundo seria muito melhor sem desonestos, imorais, dissimulados e politiqueiros (notem bem,precisamos de políticos BONS).

terça-feira, 18 de outubro de 2016

EDUCAÇÃO - PORQUE MUDAR

 O comparativo chega a ser imoral...

Abro hoje o site do "Estadão", e me deparo com uma crônica excelente, de lavra da jornalista Eliane Cantanhêde, a respeito do verdadeiro inferno em que se tornou nosso ensino público. Confiram...

Educação... antes e AGORA...

Já escrevi a respeito, algumas vezes. Mas necessário é pontuar mais uma vez que a cartilha do infausto Gramsci tem sido seguida à risca, por quem queria (felizmente passou o tempo deles!) o Brasil aos pés de uma oligarquia socialista.

Só não vê quem não quer a doutrinação maciça, orientada, para produzir a cada geração mais apedeutas e alienados. Só não vê quem não quer como nossa juventude estava sendo conduzida, balizada, para o culto a um modelo de sistema social falido em seu nascedouro, corrupto em seu núcleo, desastroso, em seu assistencialismo frouxo e tendencioso, que tem sido pregado desde muito antes da saída dos militares do poder pelos partidos e tendências de esquerda.

Tenho contato continuado com profissionais de educação, e me causa surpresa o quão desvinculados (os mais recentemente formados, claro) são de modelos funcionais, priorizando o "mais fácil", o "menos avaliável", em benefício do "laissez faire" estudantil, se podemos dizer assim.

O resultado? Estudantes, desde estratos fundamentais até os acadêmicos, indisciplinados, desrespeitosos, amantes antes de tudo da baderna - qualquer coisa é motivo de rebeldias, individuais ou em grupo -, e que desprezam o conhecimento, o que trabalhosamente alguns abnegados ainda tentam lhes repassar. Já soube de fonte limpa da frase infame "sou eu quem paga teu salário!", para se eximirem de prestar atenção, tomar notas ou simplesmente estudar.

Outro resultado? Profissionais "meia boca", sem noção, descuidados do tecido sócio-econômico  que os envolve, onde a valoração do que SE TEM (e do ostentado) é superior ao que SE É... Aqui, infelizmente, temos inclusos novos profissionais do ensino e, então, temos uma espiral descendente, em termos de qualidade, que tem aprofundado ainda mais o abismo já existente entre nossas cabeças pensantes, e estudantes de outras plagas, mundo afora. Advogados, engenheiros, administradores, projetistas... 

A reforma do ensino PRECISA ACONTECER. Talvez não exatamente nos moldes que o governo federal preconiza, atualmente. Mas, com toda a certeza, DISPENSAMOS O DEBATE IDEOLÓGICO. Vamos atrás de exemplos que têm dado certo, pelo mundo, e pronto. Por exemplo, o Japão tem muito a nos ensinar, nesse particular. Ou a Noruega... "En passant", precisamos parar com essa estupidez de que o que serve para outras nações não serve pra nós, que é preciso adaptar, etc e tal. Bons exemplos servem SEMPRE. O "onde" e "como" aplicar as soluções é que pode variar.

Mas certamente não serve como subsídio - à reforma necessária - a verborragia irreverente, alienada, contaminada com ideais sociais que precisam vir APÓS A EDUCAÇÃO. Antes, será mera letra morta, ou discurso de ignorantes. Alguns "pensadores" da UNICAMP, USP, e outros "lentes" menos cotados (e suas "crias" abundantes) têm mais cuidado com seus salários, do que com a cultura - e através de sua grita acreditam que podem preservar a "boquinha". Não consigo vislumbrar outra justificativa para suas manifestações ignorantes, carregadas de violência verbal - exemplo que NÃO DEVERIAM esposar diante de seus alunos, ou de quem quer que seja. Ensinam rebeldia, e muito pouco conteúdo do que deveriam repassar. Vida em sociedade, por exemplo...

E é ÓBVIO que nossos políticos precisam cooperar. A estupidez e falta de visão dos escalões superiores de nossa política só superada pela cupidez dos escalões inferiores da mesma política, onde uns fingem que apoiam a melhoria do ensino (e mandam seus filhos estudarem no exterior) e outros FINGEM que querem melhoria, mas fraudam licitações de merenda, de livros, desviam recursos para seus projetos "sem noção" (sei de um exemplo MUITO PRÓXIMO DE MIM) usam politicagem barata e rasteira para prejudicar bons profissionais do ensino (e TAMBÉM mandam seus filhos para estudarem no exterior, ou em escolas particulares)...

FALEI.

P.S. - quem porventura se sentir afrontado por essas singelas linhas, que se manifeste. Terei o maior prazer em debater o tema, ou mesmo me retratar de alguma palavra/expressão mais dura, ou indevida. Eu fui educado inclusive para isso - me dobrar à verdade, à coerência, à justiça. Viver em sociedade exige essas firulas.

quinta-feira, 13 de outubro de 2016

PREMIANDO UMA CRIMINOSA


 Confiram a expressão de "tristeza" da apenada... (a "mina" estuprada não interessa, não é mesmo, pessoal dos "direitos dos manos"?)

Noticieiro recente nos dá notícia de que a Dra. Clarice Maria de Andrade, juíza naquele distante "país" sem lei, chamado Pará, foi PUNIDA (!!!!!) por ter encaminhado uma menor delinquente, em seus quinze aninhos, para uma cela ocupada por 30 (TRINTA) marmanjos, igualmente criminosos, onde permaneceu por alguns dias, para gáudio dos "companheiros" de cela, tempo em que, naturalmente, foi muito respeitada e protegida (se não virem ironia no texto, por favor chamem o hospício, para si). Aconteceu em Abaetetuba, Pará, há alguns anos atrás, esse "incidente".

Uma mocinha que certamente cometera algum ilícito tremendo, para ser assim penalizada pela ilustre magistrada. Ora, ora, ora, criminosos precisam ser punidos, não é mesmo DONA CLARICE?

Mas a infeliz magistrada teve sua conduta verificada, o Dr. Arnaldo Hossepian, do CNJ, classificou a medida adotada pela magistrada como "ignominiosa", e aquele Conselho penalizou a ilustre representante da Justiça, com afastamento de suas atividades, por DOIS ANOS. Como se tal penalidade não fosse suficiente, manteve a singela remuneração de juiz da magistrada.

Punição Exemplar!!!!! (faz-me rir...)

Uma pena dessas, só se fosse proferida mesmo pelo diabo!!!! Imaginem, uma pessoa ficar desobrigada de trabalhar, e ainda por cima receber por isso!!!! Não é o cúmulo da perversidade???? Obrigar a vetusta senhora a realizar viagens de lazer cansativas, a passear por shoppings caros, para consumir seu salário (lembramos, muito singelo, algo em torno de R$ 25.000,00, fora outros afagos oficiais).

Sua Excelência, convenhamos, NÃO FOI PENALIZADA. Recebeu um premio estupendo, com o qual sonham todos os mortais deste mundo - FÉRIAS DE DOIS ANOS, regadas a alentados vencimentos, e emprego assegurado!!!!!!

Uma vergonha insuperável, para a Justiça nacional. Um pepino que nossas ONG's de Direitos "dos manos" nem sequer ousam manifestar-se a respeito (onde estão vocês, meninos e meninas alienados que gritam quando um delinquente criminoso toma uma bala da polícia? Ah, me poupem, cambada de safados interesseiros - essa matéria da menina multi-estuprada não lhes dará muito holofote, não é mesmo? Pilantras, o que importa é fazerem barulho, nada mais...)

Penalizadíssima foi aquela menina, não importa se ela seja uma piranha, um "vapor" dos traficantes, ou ex-nora da juíza. Ninguém merece a sina que ela teve - de ser abusada por perto (imagino que algum dos criminosos não participou da hediondez... como sonho com gente de caráter!!!!) de trinta marmanjos, que estavam na mesma cela exatamente pela mesma razão - desrespeito à sociedade. Acham mesmo que iriam respeitar uma menininha de quinze anos, literalmente "carne fresca"?

Dra. Carmem Lúcia, a bola está na quadra de V. Excelência. Ou o Brasil (e o mundo) fica sabendo que aquela menina é mesmo o capeta encarnado, ou nos digam que a punição da Exma. juíza, Dra. Clarice, foi outra. E que ela será exonerada do serviço público.

Os magistrados de todo o país agradecem as providências de V. Excia.

EM TEMPOSe a Dra. Clarice tem defesa para o que aconteceu, ou se há outras pessoas da autoridade judiciária/policial envolvidas no incidente dantesco, é só me informar, e eu revejo a posição dessa crônica, e/ou dou nome a quem de direito. Não tenho o menor problema em rever as coisas, em favor de quem seja inocente.

segunda-feira, 12 de setembro de 2016

A INJUSTIÇA DE "JUSTIÇA", E OUTROS NOMES CHAMATIVOS DE NOVELA...

Algo instituído para uns fingirem que orientam, e outros fingirem que obedecem à orientação
 
Dentre a plêiade de folhetins atualmente acontecendo, muitos há que merecem reprimenda de quem PENSA (os outros estão dispensados de reclamar...).

Pudera. Cenas de sexo explícito, hetero ou homossexual, histórias de traição para todos os gostos e tendências, rebeldia infantil/adolescente amplamente disseminada, aqui e acolá, com toques de pura maldade, como visões regionais de caudilhos e suas façanhas (por incrível que pareça, algo ainda existente, nos rincões brasileiros)... violência pela violência... enfim... maldade para todos os gostos, de envolta em "dramas sociais"...

Oscar Wilde dissera, com a propriedade de sua própria vida sofrida e dialética, que "a vida imita a arte, muito mais do que a arte imita a vida".

Pois bem, se bem dito, melhor feito, então. E nossa sociedade ignorante, em seu maior contingente, cujos alvos muitas vezes se resumem em ter TV em casa, e um carro na garagem, premidos pelo imediatismo do cotidiano, órfãos do Estado, em alternativas de melhora socio-econômica, se acomodam com a diversão que a telinha (nem tão pequena assim, eventualmente) lhes oferece, de modo geral gratuitamente (TVs abertas).

Repetindo Wilde à exaustão, lhes afirmo sem sombra de dúvida que nossa sociedade brasileira ESTÁ APRENDENDO a ser MAIS rebelde, MAIS ignorante, MAIS anti-social, MAIS violenta. E SIM, com a TV.

As novas gerações não sabem se comportar em público, de modo geral. Costumam falar muito alto, responder com gracejos ou verborragia humilhante e chula, desmerecem o conhecimento dos mais velhos...

E, claro!!!! Todos dessa terra brasileira incrível se admiram de como a Europa é linda, de como seus conteúdos históricos (prédios, cultura, hábitos) são preservados... NINGUÉM se incomoda em considerar que foi graças à CULTURA, À EDUCAÇÃO, que eles lograram chegar onde estão.

Não que não existam na Europa ou na América do Norte jovens rebeldes. Que os há sim. MASSSSS... na hora "h" até os rebeldes dessas plagas de primeiro mundo sabem se comportar socialmente. Já os brasileiros, NÃO.

Por essas e outras é que me insurjo continuamente com o lixo que sistemáticamente é despejado dentro dos lares brasileiros, não importando se essas porcarias vão atingir maiores de idade, ou adolescentes de quaisquer outras faixar etárias...

Eles simplesmente não se importam. Enquanto, pelo menos, os patrocinadores pagam (e BEM) pelos horários de comercial, quem quer saber se essa ou aquela menina foi estuprada? Quem quer saber se os menininhos se espelham e moleques rebeldes, pra tocar "horror" em festas e finais de semana?

Que eu fique com minha rabujice. Meus filhos eu criei, e bem. E sei que sua descendência será bem criada. O que me faz sofrer é que todos nós convivemos com pessoas que, sofrivelmente, se pode rotular de "gente".  Porque a maioria é simplesmente "animal social" (como dissera Aristóteles) em sua expressão mais baixa, mais rampeira.

Ah, Brasil, que sonho se teus governantes tivessem vergonha na cara, para começar a dar exemplo!!!! Homens de coragem para rotear uma moral e ética sociais à altura de nações desenvolvidas!!!! Certamente teríamos outro país, em umas duas décadas!!!!!

quinta-feira, 1 de setembro de 2016

PARABÉNS, DR. LEWANDOWSKI! (OU... A VERGONHA DA LEI...)

Tão cara-de-pau (me perdoe, Excelência) que causa espécie...
 "Impeachment" ocorrido, a Exma. "Presidenta" Dilma defenestrada... torcemos por dias melhores, para o Brasil.

Mas a cupidez, a imoralidade, a falta de caráter marcaram presença!!!!! Ah, PRECISAVAM COMPARECER!!!

Não é que o Dr. Lewandowski "deu mole", e criou um precedente inconstitucional? Sim, porque o Congresso, ao aplicar as disposições do Art. 52, da Constituição Federal, traz implícito, no bojo da medida, a vedação da defenestrada em exercer qualquer cargo público por OITO anos, ficando assim inelegível. Mas a apelação do "partido dos tumultuadores" encontrou eco no entendimento do Exmo. Sr. presidente do STF (então dirigindo os trabalhos no Senado), e o homem separa sentença de consequências!!!!!! Como diz "meme" amplamente comum na internet... "pode isso, Arnaldo?"

Dr. Lewandowski, o Sr. demonstrou mais uma vez, de maneira inequívoca e indiscutível, de que estofo é V. Excelência. Demonstrou o cuidado que tem com quem escolheu o Sr. para assento na mais alta corte do Brasil.

Mas a leviandade com a coisa pública (pobre Constituição, cuspida constantemente!), a desfaçatez, a desonestidade com princípios não para aí... facções partidárias que pretendiam recorrer da medida JÁ RECUARAM. Safados são, NÃO MERECEM NOSSO RESPEITO.

Como condenam uma transgressora e a protegem das penas? COMO É ISSO?????

E isso faz escola. Não há como vamos reclamar da Justiça, pelo Brasil afora. Querem ver?

Observem como o instituto da impunidade funciona...

No Maranhão...

Uma moçoila ostentadora, que fora eleita prefeita de uma cidadezinha no interior do Maranhão, Belo Jardim, e foi afastada de seus misteres por suspeita de fraudes na merenda escolar (estudante sofre!!), teve seu posto restaurado, através de liminar concedida pelo Exmo. Sr. Dr. Juiz José Magno Linhares Moraes. Verifiquem...

A "prefeita-ostentação" e sua volta por cima (???)

Ao ler o brevíssimo despacho do ilustre magistrado, me fica a dúvida - a moça foi inocentada da acusação, retiraram a acusação, ou foi mesmo APENAS a boa-vontade de Sua Excelência? Ele escrevera assim: "tendo sito alterada a situação fatídica vivenciada pela requerente, a qual se encontra prestes a exercer suas funções públicas ao cargo de prefeito, subscrito pelo presidente da Câmara Municipal de Bom Jardim e prestando homenagem ao princípio da razoabilidade, considero desnecessária a manutenção da medida restritiva, ora impugnada".

Mas... HEIN? Me digam... o que mudou do trabalho do MPE do Maranhão? Ou a moça é inocente MESMO? Afinal de contas R$ 15.000.000,00 são QUINZE MILHÕES...

No Paraná...

O Exmo. Sr. prefeito da cidade de Perobal, Sr. Jefferson Pradella, que tivera seus bens indisponibilizados pela ação enérgica do Dr. Fábio Hideki Nakanishi, em Junho passado, agora retorna, de forma surpreendente, e vem para concorrer à reeleição!

Há improbidade ou não, Sr. Promotor?


O que aconteceu com o libelo acusatório? O MPE retrocedeu em seu mister de fiscal da Lei? "Num to inteindeindo", como diriam alguns paulistanos...

Senhores exatores da lei, são coisas como essas que confundem o ignorante e desleixado vulgo que temos no Brasil. Quando o culpado ou indiciado é liberado sem mais delongas, quando a iniquidade fica impune ou sua cobrança vai sendo sobrestada, cresce e sedimenta no seio da sociedade a noção de que "a lei é para todos, mas há exceções", ou então "se ele pode, eu posso também".

É, Excelências. Estou querendo dizer, trocando em miúdos, que Têmis, ou quem represente a Justiça, tem uma imensa parcela de culpa na desordem moral e legal que grassa em nosso país... simples assim...

Não precisam me dar qualquer satisfação. Talvez seja boa idéia, nada obstante, terem um pouco mais de seriedade naquilo que empreitam. Empreitadas começadas para não terminar são incomodas demais, até para construtores.

quarta-feira, 3 de agosto de 2016

TUDO O QUE A TELINHA MOSTRA... A VIDA IMITA A ARTE... ATÉ NOS CONCUBINATOS!

Os palhaços nem sabem a influência que têm em quem os assiste...
 
Oscar Wilde, dramaturgo e escritor britânico, escrevera "A vida imita a arte, muito mais do que a arte imita a vida."(peça Pen, Pencil and Poison).

Então, um desses sites especializado em fofocas nos trouxe a novidade de que uma certa atriz estava "namorando" um fulano desses por aí. Como se imagina, nada importante. Mas o ponto não está na importância ou não da notícia.

A indicação clara é de que houve uma mera mudança de endereço de um dos "namorados", com compartilhamento das bugigangas agregadas. Nada mais..

Acontece que menininhas sem juízo e rapazinhos sem noção conferem essas baboseiras com rigor quase ritual, e assim notam encantados que HÁ UMA SOLUÇÃO para não terem que cumprir rotinas de cartório, nem avisar amigos e familiares, nem fazer festa - "FICAREM NAMORADOS"!!!!

Os idiotas (maioria) que criam os enredos novelísticos é que deturparam a frase de Oscar Wilde, tornando-a "a arte imita a vida". Não é assim, é diametralmente o contrário! Já dissera Aristóteles, séculos atrás que "o homem é um animal de imitação".

Não entendem que a futilidade da vida dessas pessoas é o que as leva a encetar e romper relacionamentos assim, como quem muda de roupa. Gerações mal educadas em casa, mal aculturadas na escola vão assim aprender - PELA ARTE e seus artistas - que há atalhos para conseguirem seus intentos...

O resultado? Muitos relacionamentos terminados em meses, outros em contextos de ciúmes absurdos (e estou me referindo a MORTES, inclusive), porque na arte não havia maturidade alguma, e seres imaturos não vão muito longe, nessa vida, sejam seres humanos ou não.

Mais resultados? Famílias totalmente dilaceradas por quem se arrebenta desse jeito e parte para as drogas... muitos netinhos sendo cuidados pelas avós...ônus sociais de toda sorte, dos quais uma das novidades é a perpetuação de "Bolsa-Família" em comunidades que só convivem com o universo noveleiro e seus ídolos. Nunca leram um jornal, nunca deram atenção à necessidade de educação PARA A VIDA. Entram nela sem saber viver.

É. Estou revoltadíssimo com esse "status quo".

Já passou da hora desse banho de futilidades parar. Se essa ou aquela atriz resolve "dar" pra alguém, que o faça. Mas não diga que "assumiram namoro". O nome jurídico da relação mais comum que vemos nos contextos artísticos é "concubinato" (se for entre solteiros - se não houver essa condição teremos nomenclaturas menos aceitas...).

terça-feira, 26 de julho de 2016

"SÓ PORQUE SOMOS POBRES"... SÓ QUE NÃO...

Imagem pública do site globo.com


Um festejado cronista debruçou-se sobre o problema sério de uma invasão numa propriedade municipal, na cidade de São Paulo, e escreveu a respeito. Confiram, na data de ontem (25.07).

O choro de um lado da verdade

Sinceramente, sofro pelos milhares, quiçá milhões de desvalidos que deambulam pelas grandes cidades do mundo. Muitos são vítimas do sistema, outras o são da maldade de seus governantes, creio que a maioria é vítima de si mesma, mas são seres humanos, e merecem de mim seu quinhão de compaixão, e respeito..

Mas minha inconformidade não se prende à situação, propriamente, nem aos infelizes atingidos pela medida LEGAL que os retirara do LUGAR INVADIDO.

O destacado escriba fez a leitura - inclusive com expressões reportando às emoções dos desalojados - de um lado somente da coisa, como de modo praticamente geral o fazem os humanistas, ou defensores dos direitos humanos.

Não se pode deixar fora de apreciação o fato de que HÁ SIM UM OUTRO LADO. O lado de quem detém a propriedade do imóvel invadido. E se fosse algo pontual eu não me daria ao trabalho de falar a respeito, mas a coisa virou moda, já a algum tempo, com algum incremento perverso - não se invade, hoje em dia, áreas vazias, mas propriedades produtivas e prosperando. Os esbulhados não podem ser olvidados, na hora de se considerar o fato, ontem ocorrido...

Como seres inteligentes que se supõe sermos, precisamos de um pouco mais de pragmatismo derramado sobre a matéria.

Invasão em área de risco... notem as palavras - INVASÃO e RISCO. Temos de imediato situação conflitante instalada, DESDE O INÍCIO de tudo. Ora, se o local a se ocupar não pode ser comprado, mas invadido, alguma coisa está errada. Ademais, se é área de risco, duplamente errada a iniciativa de se invadir o lugar.

Alguém vai ponderar que aqueles pais de família optaram pela invasão para ficarem mais próximos de seus labores, etc e tal... Mas, pessoas, precisamos escolher o que queremos para nossa sociedade! E isso passa pelos poderes constituídos, claro, mas também pelos formadores de opinião (padres, sociólogos, líderes comunitários)... E as pessoas carentes precisam entender que não é porque são carentes que podem afrontar a lei. Isso é uma outra forma de rebeldia social, pensem bem. Pessoas, se o lugar é de risco e/ou não se pode comprar, A INVASÃO NÃO É ALGO INTELIGENTE.

Então, uma senhora, ao longo da crônica do moço, pondera que expulsão dos invasores se deu no dia do seu aniversário. Triste coincidência, mas é mera coincidência. Precisamos parar de ser piegas. Pessoas aniversariam todos os dias, seja em tempos de paz ou não...

Ela prossegue, dizendo que um ex-senador se deitou diante das máquinas que removeriam as habitações, e mesmo sendo quem fora, a polícia o deteve, e removeu outras pessoas igualmente deitadas no pavimento. Não vamos falar do senador - em si mesmo uma pessoa incrível,  em seus atos sobremaneira midiático, mas falemos das atitudes.

Sejamos francos - qual o respaldo do "chororô"? Que havia idosos e crianças? Ah, sem dúvida não foram esses os primeiros invasores. Em geral idosos são levados por seus parentes mais jovens, e as crianças... (pobrezinhas, sinceramente), não têm escolha a não ser submeter-se à insanidade eventual de seus pais...

Vejam... sabemos de assentamentos em que famílias "carentes" repassam na sequência suas "posses", a troco de dinheiro, e vão novamente morar na rua, ou invadir propriedades de outrem! E essa é uma das pequenas indignidades que nossa gente inculta e oportunista utiliza, para incremento ainda mais grave da baderna social em que estamos imersos.

É necessário, "pari passu" com a consideração da ilegalidade da posse injusta, que as autoridades promovam campanha VISÍVEL e EFICIENTE demonstrando que Sampa não é mais o oásis de empregos, mas um fervedouro onde famílias e/ou vidas estão sendo arrebentadas. Vale o sacrifício?

Pessoalmente, na verdade, eu vejo uma orquestração dessas ações ilegais - que terminam com enfrentamentos entre a Lei e os infratores - por mentes perversamente brilhantes... O pessoal dos direitos humanos defende os "sofredores", a sociedade "paga o pato", e os pais da idéia vão em frente, rumo a outra escaramuça para espezinhar nosso mundo... Afinal de contas... PRA QUE SERVEM AS ORGANIZAÇÕES DE DIREITOS HUMANOS, senão para drenar mais recursos para "alguns bolsos"?

Mas os defensores dos direitos humanos vão querer cair na minha pele... Que venham...

ESCOLA SEM PARTIDO, PORQUE PRECISAMOS DE CULTURA, NÃO DE ALIENAÇÃO!



Preciso me posicionar sobre o PLS (Projeto de Lei do Senado) 193/2016, de autoria do ilustre senador, Sr. Magno Malta.

E o faço com a maior tranquilidade possível, ciente de estar fazendo a coisa certa, quando me posiciono ao lado daqueles que querem que nossas crianças e adolescentes recebam CULTURA, e não ideologias, no ambiente escolar fundamental/médio.

A razão? Simples.

Crianças e adolescentes estão em processo de APRENDIZADO. Desviar essas cabecinhas brilhantes do mister de aprender para focá-las em CONTESTAR é nada mais, nada menos, do que ESTELIONATO dos mais abomináveis, imagináveis somente em mentes doentias e partilhantes do ideal de "quanto pior, melhor".

Não se baseiem em mim, nem em minha retórica. CONSIDEREM o que temos hoje em dia. Valores totalmente invertidos, costumes e moral totalmente pervertidos, e isso porque mentes perversamente brilhantes escolheram as gerações de 70 para cá para serem germe de uma nova sociedade, onde pululasse o crime, a perversão em todos os sentidos, a dissolução da família, da sociedade como um bloco (já notaram como estamos segmentando nossa sociedade? Negros, GLBT, indígenas, mulheres...) Não somos mais uma sociedade com unicidade, hoje em dia cada um segura seu pendão, e o faz egoisticamente!!!!

Acontece que os idealizadores da utopia socialista foram ensinados de que, quanto mais confusa e fragmentada for uma sociedade, melhor para ser dominada!!!!! Pessoas, será que tão poucos de nós vê essa coisa horrorosa acontecendo bem ao nosso redor?????

A título de subsídio para se pensar, os países livres não têm abordagens políticas em seus níveis educacionais elementares - PORQUE INVENTARÍAMOS ISSO? Estamos muito pior do que EUA, Japão, França, Inglaterra, Alemanha, Coréia do Sul, Finlândia... em matéria de educação básica!!!! PORQUE INSTALAR OU MANTER ALGO QUE ESTÁ DANDO ERRADO?

Por isso eu apoio um retorno às origens, aos fundamentos, da educação básica. É preciso aprender SIM Português, Matemática, Geografia, História (ainda que maquiada)... Desenho, Álgebra, Línguas estrangeiras, Literatura... ISSO fundamenta um indivíduo!!!!!!!

Até uma matéria que eu odiava em meus tempos Educação Moral e Cívica... porque não? Nossa gente não é patriota, não é cidadã, não tem respeito pelos nossos símbolos... CONFIRAM, não acreditam em mim.

E então, Sociologia, Filosofia e outras matérias que exercitam MESMO juízos de valor seriam deixados para o nível superior, onde - até onde se imagina - os estudantes teriam arcabouço cultural E maturidade mínima para debater as mazelas da humanidade... será que me faço entender? MATURIDADE MÍNIMA... é isso...


Congratulo-me com o senador Sr. Magno Malta pela coragem em trazer a baila tema tão urgente, tão pertinente... espero que não seja demasiado tarde, minha única preocupação!

E que os "lorpas e pascácios" sejam mantidos a prudente distância da ORDEM e do PROGRESSO, tão necessários, tão vilipendiados, nesse país, exatamente pela falta de cultura de nossa gente que, ignorante, prefere invadir propriedades de outrem a estudar, prefere vandalizar prédios públicos a trabalhar, preferem "ficar" do que formalizar relacionamentos duradouros e sérios.

NOTARAM AS INVERSÕES DE VALOR?????? Precisa defender mais o movimento "ESCOLA SEM PARTIDO"?

Ah, me poupem...

segunda-feira, 27 de junho de 2016

IMORALIDADES A OLHO NÚ... (OS IMORAIS, VERSÃO 2016)

 (...será que cabe mais um? Tem um correligionário...)


Nossa classe política não se cansa de me dar material para debate, preciso agradecer cada uma das "casas legislativas" (não dá pra chamar de bordéis, dá?), pelo fluxo ininterrupto de novidades...

Mas o que comento agora nem é novidade... Dentre outros "acima da lei", temos alguns senadores que extrapolam limites claros, sob alegações as mais pífias e/ou cômicas... Observem um exemplo:

CABIDES OFICIAIS

No acolhimento de "acessores", aqueles bravos conseguem se superar em pilantragem. Ora vejam, se o máximo é 55 (cinquenta e cinco) acessores (muitos deles "aspones", como diria um amigo meu), ao custo mensal máximo de R$ 70.000,00, como então admitir que alguém como o Exmo. Sr. Hélio José tenha 86? Ou... pior... como  se entender que o presidente do Senado tenha nada menos que 71 (setenta e um) acessores?

Meus amigos e amigas, o orçamento por senador totaliza R$ 5.964.000,00 por mes. Se cogitarmos algum paralelo com coisas REALMENTE PRODUTIVAS, teríamos perto de 240 (duzentas e quarenta) casas populares, do modelo mais caro, construídas. Se optássemos por subsidiar a Educação, com o total MENSAL apontado (notem bem!!!!), poderíamos dar melhor vida a 28.627.200 alunos - e isso pelo ano inteiro.

Se optássemos por melhorar a segurança, certamente esses quase SEIS MILHÕES mensais seriam muito bem recebidos por quem se arrisca para "represar" o mar de violência que nos rodeia e perturba.

Mas... nossos senadores... tranquilos... serenos, morando em residências pagas por nós, enviando seus filhos para estudar nas melhores escolas pagas (ou até no exterior), cercados de seguranças pagos pelo Erário... porque eles vão se importar em reduzir suas despesas, NÃO É MESMO?

Verdade que exemplos de austeridade não lhes faltam. O Sr. José Reguffe, com gabinete enxuto de somente NOVE acessores, me parece muito bom na tarefa de distribuir atribuições... Não é mesmo? PARABÉNS, Sr. Reguffe. O Brasil precisa de homens públicos como o Sr., com ciência do peso que o poder público representa sobre a nação!!!!

Perto do Sr. Reguffe, o senador Cristóvam Buarque chega a ser até perdulário, com um gabinete de 23 (vinte e tres) servidores. Mas está quase 300% distante do Sr. Hélio José...E a "distância" fica ainda maior, quando sabemos que o Sr. Hélio José loca instalação FORA do Senado, para abrigar parte de seu exército (claro, locação paga pelo erário)... Aliás, antes que me esqueça, PARABÉNS também ao Sr., senador Buarque!!! O Sr. está fazendo (boa) história, com comportamento decente e consciente de onde está.

Fico pensando de que os filhos e filhas desses senhores poderiam se orgulhar, quanto a seus pais... SEREM CORRUPTOS? (nada digno, mas, à falta de modelo próprio...)

Sabem, amigos? Nossos políticos certamente acham que são eternos. E que seus telhados de vidro, reforçados por alentadas ilicitudes do poder, resistirão ao apedrejamento que merecem, quando sua hora chegar... ELA VAI CHEGAR, creiam. O mundo moderno não admite mais safados (como se supõe, há exceções, mas tão poucas!!!!) no poder. Esse tempo, extensão abominável de sistemas feudais, está em franco processo de declínio.

E não será exceção no Brasil, minha Pátria amada, tão sofrida, tão roubada, tão espezinhada por todos, MAS, PRINCIPALMENTE, por nossa classe política.

O tempo o dirá.

quinta-feira, 9 de junho de 2016

POLÍTICOS INVESTIGADOS? PORQUE NÃO PODEM IR PARA A CADEIA?


 Chamada geral, galera!!!!! (Nani, se você não concordar com o uso da charge, me avise - eu a removo)

O Brasil está assombrado.

Assombrado por dois cidadãos (assim mesmo, terminado em "ão"), que resolveram fazer valer a lei. O sr. Procurador Geral da República, Dr. Rodrigo Janot, e o Exmo. Sr. juiz Dr. Sérgio Moro, do Tribunal Regional Federal da Quarta Região, decidiram que, embora todos os brasileiros sejam iguais, perante a lei, alguns (notadamente uma galera lá do Planalto Central) eram "mais iguais", e resolveram cutucar nossa enfermidade mais agressiva e nociva - a corrupção.

Bem, bem, bem... assombrados indiciados decidiram abrir a boca, e agora está um "Deus nos acuda", nas casas do Legislativo, e em algumas instâncias do Executivo.

Não é isso mesmo que estamos acompanhando?

Mas então... a moçada sapeca e safada (a maioria, preciso pontuar, a bem dos sérios) da Câmara dos Deputados está em "panos quentes", para proteger um dos mafiosos mais importantes do atual sindicato de ladrões (ofendi alguém?)... o Sr. Eduardo Cunha, que tem contas no exterior, movimenta-as com sua própria assinatura, mas NÃO TEM. Uma prosaica dialética, se me permitem...

Mas não é só isso!!!!!! Agora, preocupados sobremaneira com seus próprios "rabos de palha" (ou melhor, de dólares, talvez), os Srs. senadores estão se organizando para oferecer resistência, caso algum deles tenha prisão decretada!!!!!

Imaginem... num sindicato de traficantes, eles se organizando para evitar que algum "colega" vá para o xilindró. Não é pitoresco o quadro?

Alguém vai contrapor que as prisões anunciadas não têm fundamento. Pois eu lhes digo, senhores deputados federais e senadores: NEM SEQUER SOMBRA DE IRREGULARIDADE DEVERIA EXISTIR, numa conduta aceitável de Vv.Excias. MAS... já que alguma fumaça surgiu... QUE SE COMBATA O FOGO, COM ENERGIA! Ademais, não creio absolutamente que o Dr. Janot seja um "porra louca". Ele sabe o que está fazendo, e com quem está se metendo (a "Máfia" mais perigosa, atualmente em atividade, do Brasil).

Pois bem, senhores senadores. TENHAM VERGONHA NA CARA. HONREM QUEM OS ELEGEU. MOSTREM QUE SÃO PESSOAS AINDA COM ALGUMA INTEGRIDADE. NÃO PROTEJAM PIRATAS, cujo bem maior a favor do Brasil não se sabe exatamente o que fizeram, mas que já enxovalharam nossa Pátria de modo tal que vai demorar muitas décadas para que mereçamos respeito da comunidade internacional.

TOMEM VERGONHA. A imoralidade que esposam é tanta, o desrespeito com nossa gente é de tal magnitude, que começa agora a ser um jogo sobremaneira perigoso, o que estão propondo fazer. Nossa gente, desesperada com décadas de mentiras, promessas descumpridas, saques repetidos em nossa vitalidade econômica, está acuada e, como fazem animais acuados... o que lhes resta é o ataque!!!!!

PENSEM NISSO. Alguém vai vociferar que estou insuflando as massas à violência. LONGE DISSO. VOCÊS ESTÃO... Depois não vão chorar, nas barras da ONU.

Ladrões, escroques, assassinos, pervertidos... um só lugar me ocorre para vocês... CADEIA.



sábado, 4 de junho de 2016

ÍTALO MORREU... UM PREÇO QUE A SOCIEDADE PAGA

Não importa a cor... são vidas!!!!
 
A semana findante trouxe muito abalo à sociedade brasileira, e em particular à população paulistana, porque um garoto de 10 (dez) anos fora baleado pela autoridade policial, quando empreendia fuga com parceiro de 11 (onze) anos. Aparentemente o guri mais novo teria atirado nos policiais, e no revide da autoridade, foi ferido fatalmente.

TERRÍVEL? É. HORROROSO, UMA CRIANÇA DE DEZ ANOS FALECER PELA ARMA DE UM POLICIAL? SIM...

Mas vamos com calma nessa análise. Sem querer me arvorar a palmatória da humanidade, antes de me deixar levar pela emoção, avaliemos friamente o quadro todo.

PRIMEIRAMENTE, os pequenos delinquentes estavam empreendendo fuga num carro ROUBADO. O que a sociedade cobraria da polícia? Que os perseguisse, na tentativa de reaver o bem subtraído. Concordam? Ah, bom... vamos em frente...

Ademais, policiais numa viatura, ao confrontarem pessoas no interior de um carro, não têm o poder de avaliar quem estão confrontando. Dizer que eram crianças é fácil, mas recebendo chumbo quente, quem vai mediar altura de delinquente, ou seu grau de amadurecimento?

SE FOSSE UMA ABORDAGEM a pé, ok. Os policiais poderiam até ser responsabilizados pelo tiro fatal. Mas os meninos estavam num carro roubado, e no calor da abordagem não há chance de algumas avaliações, que o pessoal dos "direitos dos manos" vai querer levantar.

Em SEGUNDO LUGAR, o pequeno delinquente já tinha histórico de problemas com a lei. Aqui cabem tres ponderações:
a) - lares esfacelados produzem personalidades problemáticas (já volto a falar sobre isso);
b) - vamos desconsiderar a conduta criminosa, porque o delinquente tem dez anos?; e
c) - a lei, que deve estar sendo afrontada, não tem nada a ver com isso - a lei é para todos (volto a falar disso também, adiante). E quanto à afirmação da mãe do morto, de que ele nunca usara uma arma, isso é irrelevante - quando mesmo eles começam a usar armas? Não é a partir da primeira vez?

Em TERCEIRO LUGAR, queremos ou não uma sociedade segura? Se assim quisermos, é necessário que o aparato policial infunda TEMOR e RESPEITO, no seio da sociedade. Sabem porque tantos menores afrontam tanto nossos policiais? Porque a polícia é DESRESPEITADA, NO INTERIOR DOS LARES.

Quantas vezes há ouvi gente comum chamando policiais de "porcos"? Pessoas, COMO VAMOS QUERER AUTORIDADES EFETIVAS, SE NÓS MESMOS AS DESLUSTRAMOS? Mas vou além... a polícia, e por extensão a lei, é mostrada aos filhos de muitas famílias como algo/alguém venal, que se compra por cédulas de cinquenta reais. Que se pode ralhar com a polícia, ao ser parado numa blitz. Que podemos peitar a autoridade, que os "direitos dos manos" vão nos proteger. Os meninos envolvidos no trágico episódio comentado NÃO RESPEITAVAM A LEI. Senão teriam parado, confessado humildemente suas faltas, e ido embora pra casa (afinal, a lei permite isso, que infratores menores de doze anos sejam encaminhados a seus lares...).

Ítalo morreu porque a sociedade tem montado raciocínio e aparelhamento incorretos do aparato de segurança. É mais que hora de nossa sociedade apreciar com seriedade o trabalho insano que se faz na polícia, e nossas autoridades concederem mais atenção (e orçamento) para a segurança pública, e para o aparato da lei e da ordem, no final de contas. Sob risco de, não o fazendo, gastar-se muito mais com remendos no tecido podre (não por culpa dos policiais, culpa de quem governa e decide) de nossa segurança pública, e indenizações de "vítimas" oportunistas - certamente essa senhora, mãe do pequeno Ítalo, já deve estar se mexendo para receber uma indenização pela vida do filho, a meu ver TOTALMENTE DESCABIDA, por mais motivos até do que os aqui expendidos.

Nos Estados Unidos, por exemplo, policiais que servem determinada região são conhecidos dos moradores locais, e RESPEITADOS. Há problemas lá? Claro, onde existir o ser humano, haverá problemas de enfrentamento da lei. Mas os "homens da lei" são respeitados. ... que tal se RESPEITÁSSEMOS nossos homens da lei? E se a coisa começasse desde pequenos, talvez não tivéssemos tantos traficantes, tantos estupradores, tantos pedófilos. Espero que entendam... QUEM DEVE, DEVE TEMER. QUEM DEVE, DEVE ENTENDER QUE SUA CONDUTA SERÁ PASSÍVEL DE PENALIZAÇÃO. Que crime não é uma coisinha qualquer.

Quanto às personalidades problemáticas, elas estão grassando e aumentando, porque o conceito de família está totalmente contaminado com modernidades e hedonismo. Poucos se preocupam seriamente com filhos - vale dizer, se está alimentado e não está doente, tá valendo! E esquecem que o que constrói uma personalidade é EXEMPLO, ENSINO, RESPEITO. Então, meus prezados, não esperem coisa muito boa de muitas famílias, inclusive as próximas a vocês!!!!! A não ser que tudo mude, em termos de orientação familiar. O que se esperar do filho de delinquentes?

A lei É PARA TODOS. Há uma senhora, Dra. Luislinda Valois, desembargadora aposentada (acho), negra, que reclama numa propaganda política qualquer que "mata-se negro por aí como quem mata frango". Preciso ponderar à prezada juíza que matam-se negros, índios, brancos, indiscriminadamente. A questão racial no Brasil é ridiculamente secundária, se considerarmos o que acontece AINDA, nos Estados Unidos, por exemplo. Dizer que negros são mortos chega até a desmerecer famílias de brancos, ou índios, ou outros descendentes, que são mortos, violentados, agredidos todos os dias. O que vai fazer isso parar é CULTURA - isso é o que falta. Não é legislação (que, repito, é para todos), nem protestos. CULTURA. Cultura moral e social (a se ensinar no interior dos lares), cultura geral de boa qualidade, a ser ensinada nas escolas.

Aliás, só estúpidos de pai e mãe para não verem que nossa gente brasileira é mais negra ou afro-descendente do que branca, ou índia, ou amarela!!!!! Tenho certeza de que a miscigenação já ultrapassou os 50% a favor de nossos irmãos de pele escura... Então, assertivas sobre negros (ou afro-descendentes) no Brasil só farão crescer, por razões totalmente óbvias.

quarta-feira, 1 de junho de 2016

O MITO FALA...


Avaliem essa matéria, de lavra do ilustre deputado, capitão Jair Bolsonaro, publicada na coluna "Opinião", do jornal "Folha de São Paulo", edição de 24.02.2000.

Guerrilheiro de festim


Não venham agora com lengalenga, querer contar lorotas na busca da compaixão e de votos



JAIR BOLSONARO

Retardei minha saída de casa no dia 27 de janeiro, já que o telejornal "Bom Dia Brasil" anunciava o nobre deputado José Genoino para uma entrevista já gravada. Quando esse espaço caro é ocupado por políticos, eles são ou governistas ou opositores que no passado eram conhecidos pelo jargão sindicalista como pelegos.
Não cabe a mim tecer comentários pelo fato de o ilustre petista começar dizendo que não acredita em Deus. É um direito dele falar. Tal afirmativa até se mostra como um ato de coragem, diante de um povo que não acredita em quase nada, a não ser em Deus.
Mas posar de herói durante a entrevista, pelo seu passado de pseudoguerrilheiro, agredindo o Exército brasileiro pela passagem no Araguaia, isso merece muitos reparos.
Genoino afirma que por dois anos pegou em armas, mas não disse o que fez nesse período. Desconheço que qualquer homem, "sem porte", tenha feito alguma ação social com um "trabuco" na mão. Seus colegas, no vale do rio Ribeira, em 1970, aprisionaram um jovem tenente da Força Pública de São Paulo, de apenas 22 anos de idade, de nome Alberto Mendes Júnior, e após mais de três dias de tortura executaram-no a golpes de paus e coronhadas de fuzil. Era o grupo de Lamarca, herói nacional na concepção de Genoino e do seu PT. Antes, alegaram os executores que invocaram o "tribunal de honra" para decidir a pena de morte por pauladas, pois até aquela data as execuções eram feitas por armas de fogo.
Esse fato, pouco explorado pela mídia, bem mostra quem eram os que queriam mudar o regime pela força.
Nosso guerrilheiro em questão foi preso armado com um revólver, no Araguaia, onde 16 militares foram mortos pelo grupo a que Genoino ia se integrar. Logo ninguém estava lá para brincadeiras, e cada prisioneiro feito pelo Exército tinha, como não podia ser diferente, o seu tratamento. Genoino, em especial, foi muito dócil desde o princípio. Nenhuma medida, além do diálogo, foi necessária para que toda a missão fosse por ele revelada, e, graças a Deus, tal episódio marcou o início do fim da guerrilha, pois as informações recebidas foram vitais para o desmantelamento de aparelhos da esquerda.
No artigo "A dor do passado" ("Tendências/Debates", 2/2), Genoino afirma que citou nomes de companheiros que, uma vez detidos, não comprometeriam a guerrilha, posando de "esperto" quando, na verdade, assumiu ser "mais ou menos" delator. Não foi preciso nenhum ato de força para tirar tudo do jovem que achava poder, pelas armas, comunizar o Brasil, a exemplo de Cuba.
Os leigos que desconhecem, mesmo em relatos, os horrores de uma guerra convencional estão longe de ter a noção do que seria uma guerra de guerrilhas, na qual os guerrilheiros, nas horas difíceis, quase sempre fazem de escudo a população inocente que dizem defender. A tortura é diferente do espancamento. A primeira, em todas as formas, tem sido sempre arma de guerra largamente utilizada em todos os conflitos havidos no mundo; ainda é assim e sempre será. Aquele que deflagrou a guerra suja, que torturou e executou, tem que aceitar o mesmo remédio, pois os termos do enfrentamento foram por ele lançados. Não venham agora com lengalenga, querer contar lorotas na busca da compaixão e de votos.
O Brasil não pode continuar sendo o único país no qual os derrotados é que passam a escrever a história, veiculando sua versão mentirosa sobre os fatos.
O verdadeiro guerreiro, como o tenente Alberto Mendes Júnior, mesmo torturado e covardemente executado, morreu com dignidade, lutando contra os seguidores de Cuba e da Albânia. Já os falantes guerrilheiros de festim do passado, hoje, estão muito bem, obrigado, e até choram copiosamente quando recebem um telefonema de um auto-exilado que, em cinco anos de governo, só desnacionalizou o Brasil e empobreceu o seu povo. Triste sorte a de um grande país em ser assim vendido e traído!
Nosso compromisso é com o Brasil, sua soberania e sua grandeza, e com o povo, seu bem-estar e a sua felicidade. Por isso lutamos com todo o rigor.


Jair Bolsonaro, 44, capitão da reserva do Exército, é deputado federal pelo PPB do Rio de Janeiro.

segunda-feira, 30 de maio de 2016

O SR. WADIH DAMOUS E SUA FALÁCIA


Então... o jogo ficou mais difícil... mas o Sr. Wadih quer facilitar as coisas...

Ratos e ratazanas circulam apavorados por aí.

Não é para menos. Depois de uma eternidade torturante em que nossas esperanças de justiça arrebentavam numa praia insensível de manobras judiciais ou políticas, nossos homens públicos, certos de sua impunidade, seguiam em frente... aparentemente se começa a fazer JUSTIÇA.

Roubos muitas vezes testemunhados e gravados em imagens dinâmicas ou estáticas, lideranças criminosas junto a "milícias" ou diretamente ligadas ao crime organizado, tudo isso ficava relegado a plano abominável, insignificante, do "não vai dar em nada".

Até que novos centuriões, indignados com o que os cerca (ainda), decidiram limpar a ferida infecta. O Ministério Público entrou em cena, em procedimentos cautelosos, buscando embasar inteiramente trabalhos que têm sempre surpreendido a sociedade.

Para isso concorreram - e aí sim, demonstraram compromisso com o Brasil, ainda que não nos seja muito clara a motivação - os órgãos superiores do Judiciário, e frustraram os demais poderes, que criam já haver contaminado o suficiente os domínios de Têmis. Quebraram a cara...

Mas então... sempre há algum humor no meio da lama... O Sr. Wadih Damous, ilustre deputado eleito suplente, pelo PT, e empossado como titular em 2015, nos brinda com a brincadeira (só pode ser brincadeira!) do PL 4372/2016, no qual propõe alterações significativas em instrumentos do Judiciário, dentre outros, notadamente o da "delação premiada".

E, instado a esclarecer a brincadeira, o homem diz que está propondo melhorias no ordenamento jurídico!Como assim? Onde o Judiciário se há de firmar para pegar bagres grandes e ensaboados, senão no poder coercitivo que escassamente ainda tem?

Cabe lembrar, senhoras e senhores, que o oceano (já nem é mar) de lama foi descortinado mercê principalmente de delações de senhores corruptos, encanecidos a maioria, receosos de passarem seus dias às expensas dos órgãos correcionais públicos (leia-se cadeia).

O preclaro causídico - que, diga-se a propósito, teve acolhida com surpresa sua nomeação para a casa legislativa onde está - está tentando desmontar a ratoeira onde seus êmulos estão sendo apanhados!!!!

Sr. Wadih, pare de posar como "paladino da justiça", porque o Sr. NÃO O É. É no máximo mais um dos que tem emperrado o Brasil. Mais um dos que em nome de lisura, roubam e conspurcam o Erário. Se o Sr. não tem culpa no cartório, melhor deixar essa briga, que não encontrará eco na sociedade. Pose que pode encerrar rapidamente a ainda brevíssima carreira de deputado de V. Sa.

Esse projeto de lei não vale um "cibazol", no jargão de quem já está na ratoeira. Pode acreditar.

sexta-feira, 27 de maio de 2016

RATOS COM MEDO DE GRAVADOR - ISSO É BRASIL QUE ESTÁ MUDANDO!

 Enquanto isso, nossa gente, ignorante, inculta... está acordando!!!!!!!
 
O noticieiro desses dias está alvoroçado, pela desfaçatez (???) do Sr. Sérgio Machado, que gravara suas conversas, para livrar o preciso couro corrupto. Ora, ora, ora, que maldade, Sr. Machado!!!!! Que traição (é mais que óbvio que estou sendo irônico, espero)!

Pois bem. Nossa gente inculta e de boa índole (a maioria, não todos, já se vê que em Brasília isso está em falta) sempre observou a pilantragem lá no Planalto Central. Aqui e acolá se colhiam piadinhas infames sobre a desonestidade de nossa gente política, de modo quase geral - de Norte a Sul, de Leste a Oeste. Mas o que essa massa ignorante e de paz poderia fazer?

Afinal de contas, eles MANDAVAM em toda a parte. E que não se enquadrasse era morto (vide Celso Daniel, PC Farias, e outros menos cotados). Além do mais, quem pensa estava (ainda está) corrompido pelo discurso marxista do socialismo - uma experiência que nossos "hermanos" venezuelanos estão amargando terrivelmente... E então, teremos cantores, compositores, atores, pensadores, todo mundo trabalhando desesperadamente pelo tal paraíso na terra socialista (claro, não combinaram isso com os gringos, para aproveitar a piada pronta do saudoso Garrincha).

Nosso sistema educacional, que até o final da década de 70 era de boa qualidade, tornou-se um lixo, em espiral decadente. Nossas universidades se transformaram em nichos de criação e aperfeiçoamento de anarquistas, que não viveram ainda o suficiente para entender a vergonha que estão contribuindo para mostrar.

A mídia, até então circunscrita aos jornais, revistas e TV, nos repassava o que a oligarquia por trás do poder lhes autorizava.

PASSADO.

Agora, com o advento de comunicadores instantâneos, não há mais barreiras de comunicação. E até analfabetos, que não leriam jornais nem revistas, sabem "viva voz", o que está acontecendo. E estão se surpreendendo com quem eles mesmo, muitas vezes, elegeram. Surpresas negativas, diga-se de passagem.

Não haverá mais abrigos (nome de um livro do século passado), entendem, Srs. políticos? Lhes digo mais... se o Sr. Delcídio do Amaral e o Sr. Machado, com suas respectivas verborragias comprometedoras, não surgissem, VOCÊS SERIAM APANHADOS, de toda maneira. Mais cedo ou mais tarde. Basta.

Nada obstante as "conspirações" que há pelo mundo afora, não há mais lugar para gente como vocês, corruptos insanos. As pessoas estão a todo momento comparando nossos "barnabés" congressistas com seus correspondentes na Europa e América do Norte, e vocês estão sendo reprovados, a cada dia.

Não há espaço para "politicamente incorreto", mas aceitável. Não temos mais espaço para lideranças que se acham donas de uma Pátria inteira, ou de seu povo. Sequer da região Nordeste, notem bem! Eles também estão acordando. E não os aceitarão mais. E por prosaico que possa parecer, estão sendo amparados pelo terceiro poder - o STF (afinal me mostraram porque estão lá, a coisa ficou mesmo inaceitável) e pelo esforço abnegado de um Ministério Público que não se vende. Parabéns, minha legião!!!!! Parabéns, Dr. Gurgel (fora da atividade pública, já), parabéns, Dr. Janot! Estão fazendo o que esperávamos de vocês, HÁ MUITO TEMPO!

Tudo pode acontecer, a partir de agora. Inclusive minguarem minhas expectativas de um Brasil melhor. Mas vocês já sentiram a pisada forte de um povo que "não foge à luta", cambada de safados, horda de sanguessugas. O tempo de vocês chegou!


terça-feira, 24 de maio de 2016

PALHAÇOS? OLHEM OUTRA VEZ... VEJAM OPORTUNISTAS!!!!!

 Como é mesmo o nome do jogo?
 
Os informativos de ontem e de hoje nos contam que os partidos agora - que o presidente interino assumiu - na oposição, estão usando a culpa indicada do Sr. Romero Jucá como álibi, para tentar desconstituir o processo de impeachment, ora em andamento. E, de quebra, embaraçam a votação de matérias importantes, que podem começar a destravar a economia e processos conexos, da nação. Confiram...

Molecagens de Adultos

Políticos ou não, críticos ou não, não sei se meus leitores percebem... aquela horda de incompetentes e apaniguados não está "nem aí" com a situação nacional. Querem é apenas protegerem seus "backs" da fúria desencadeada da operação "Lava Jato", preservar os propinodutos que os têm aleitado por tanto tempo, os redutos de poder que os fazem senhores feudais modernos (como aquele tal de Dino, lá).

Ninguém está preocupado com as multidões de desempregados, as empresas fechando portas às dúzias... Ninguém quer saber de SUS, Educação, Segurança Pública!!!!

O que importa é protegerem desesperadamente (e agora me parece que tanto direita quanto esquerda estão desesperados) o "status quo"que até então se detinha.

Enquanto isso, alguns ratos discretamente vão tentando se ocultar no meio da barafunda instalada.

O governo interino estabelecido, após um discurso forte e determinado, parece inclinado à pressão da insanidade (exemplificando... porque recriar o Ministério da Cultura, me digam? O que essa estrutura faz e fez pelo Brasil, além de favorecer um "clubinho" de apaniguados, e servir de "cabide de emprego" para mais alguns interessados na "teta" pública?). Como secretaria do MEC (ops, sem C), já seria de bom tamanho.

Cabe lembrar, a essa altura do campeonato, que a maioria imensa das nações chamadas desenvolvidas NÃO TÊM MINISTÉRIO DA CULTURA. Porque? Simples... isso deve estar já no bojo da Educação, aqui em terras tupiniquins já tão aviltada e combalida. Simples assim...

O Brasil nunca será verdadeiramente uma nação do primeiro mundo, enquanto aquela praga terrível, corrosiva, deteriorante, que é nossa classe política atual não for extirpada do Planalto, substituída por quem tem cidadania, nacionalismo, amor à Pátria.

Sem isso, será mesmo uma república de bananas... E em contínuo processo deletério.

sexta-feira, 20 de maio de 2016

QUEM TEM CANCER? QUE SE "EFE"! O QUE IMPORTA É DINHEIRO!


Quem se importa com eles, não é mesmo?


Ontem (19.05.2016), o STF decidira sobre liminar interposta pela AMB - Associação Médica Brasileira, e provisoriamente - vale dizer, até o julgamento final do pleito - está suspenso o fornecimento da fosfoetanolamina, a pacientes com cancer.

A argumentação veiculada na mídia pondera que há riscos em se utilizar uma medicação que "não passou por testes padronizados", etc e tal. Estive conferindo na internet, e não encontrei nos textos mais recentes NENHUMA REFERÊNCIA aos que, recebendo a tal droga, se viram melhorando e curados... Mas encontrei esse blog, que talvez os esclareça.

Conhecendo o tal "risco"...

Meus amigos e minhas amigas, sejamos francos... ACHAM MESMO que a AMB se importa com os pacientes? Salvo raríssimas exceções (me lembro de quatro profissionais sérios, no momento), eles se importam é com os próprios bolsos...

Já é sabido que muitos integrantes da "Máfia de branco" recebem premiações (seriam incentivos?) de laboratórios médicos - isso já foi inclusive veiculado na mídia, não estou inventando nada.

Em paralelo, já conferiram como é caro um tratamento da maioria dos canceres? Fortunas são aplicadas na tentativa de salvar as pessoas...

ENTÃO... vem um obscuro pesquisador lá do Brasil (um paíseco de terceiro mundo AINDA) e descobre que determinada substância "marca" as células cancerosas, e o corpo faz o resto do serviço... ISSO NÃO ESTÁ CERTO! Onde vai parar a possibilidade de lucro dessa rapaziada (leia-se laboratórios farmacêuticos)???  E se a moda pega (de ilustres desconhecidos descobrirem que muita doença tem cura) esses poderosos vão deixar de mandar no mundo!

Meus leitores, não se enganem. Os laboratórios farmacêuticos estão por trás da AMB, da ANVISA, e de quem quer que seja que se oponha a aplicar uma medicação que o máximo que pode fazer é deixar o doente como está.

Nesse momento, de salvar vidas, ou ao menos dar UMA ESPERANÇA, ninguém menciona milhares de pessoas que já foram tratadas com sucesso... o que importa é estar "de olho" na possibilidade de usar o recurso para produzir LUCRO. Aposto todas as minhas fichas como ao redor do mundo, laboratórios farmacêuticos estão buscando desesperadamente uma solução medicamentosa que inclua a tal fosfoetanolamina, possa ter registro assegurado E SEJA COLOCADA NO MERCADO A PESO DE OURO...

Tá, "mandachuvas" do mundo... tentem me enganar... NÃO PASSARÃO!

quinta-feira, 19 de maio de 2016

A CULTURA E SEUS ÓRFÃOS

             Dentro da lei...
Alienação é isso...

Noticieiro destes últimos dias nos informa que artistas brasileiros estão aborrecidos com a extinção do Ministério da Cultura, transformando-o em secretaria vinculada ao Ministério da Educação. Realizaram até ato público, protestando a respeito, no afamado festival de Cannes, França. Confiram...

Mais "Mimimi" alienado!

A necessidade de cortes na estrutura governamental não incomoda nem interessa a esses "artistas", que na verdade estão mais preocupados com seus umbigos do que exatamente com a cultura no Brasil. Se preocupação MESMO houvesse com cultura, tragédias anunciadas como a do Museu Nacional não aconteceriam! Não é verdade?

Museu Nacional - fechado?

"En passant" muito se tem falado sobre a Lei Rouanet,mas salvo melhor juízo eu a vejo como realmente condenável, porque acode artistas em seus projetos, carreando recursos do Tesouro Nacional e de outras fontes (inclusive resultados de renúncia fiscal), mas deixa um acervo e seu continente* - como o Museu Nacional (o próprio prédio uma obra de arte!) - entregue à própria sorte.

De toda a maneira, a Lei não foi revogada. Simplesmente uma estrutura artificialmente inchada, do poder Executivo, está sendo enxugada, e "Cultura" faz totalmente sentido, no contexto do Ministério da Educação. Só "lorpas e pascácios" não veem isso. Então, "artistazinhos" reclamões, que defendem viés socialista, mas vivem se esbaldando nos Estados Unidos e Europa (interessante, isso... socialistas vivem a maior parte de suas vidas no mundo capitalista!!!!! E ainda aparecem em Cannes, em eventos "decadentes" - como diziam os socialistas de quatro décadas atrás... ), parem de reclamar!

Mas não fazem só reclamar. Enxovalham, com suas manifestações públicas, as instituições nacionais, ao vociferar que está em andamento um golpe no Brasil. Pessoas, sejam menos "artistas" e mais GENTE. O Brasil, como nação, estava desmoronando, sob um governo amordaçado por sua própria volúpia. O que se fez com as ações do Legislativo, em Abril e Maio do corrente ano, era necessário para estancar a sangria dessa nação sofredora, inculta e órfã de cabeças REALMENTE pensantes.

Vejam, a propósito, manifestação de uma democracia realmente séria, acontecida ontem, na OEA (pronunciamento do embaixador americano). Eles não viram golpe! Comparado aos juízos de Equador, Bolívia, Venezuela, alguns "artistas"... prefiro o pronunciamento do Sr. Fitzpatrick.

Vamos batalhar para elevar o nome do Brasil bem alto, ao invés de "cartazetes" ridículos e incompreensíveis para o resto do mundo (se houve golpe, porque não há supressão de liberdades? Se ouve golpe, houve encarceramento de algum "injustiçado? Se houve golpe, como a Exma. Sra. defenestrada continua em seu palácio?). Pessoas, o resto do mundo civilizado NÃO ENTENDE esses paradoxos!

Brasil, meu Brasil amado... onde as cabeças auto-rotuladas pensantes não pensam... Choro por ti, Pátria amada!

*continente não é só uma vasta extensão de terra... vale a pena conferir...

terça-feira, 17 de maio de 2016

A ESTUPIDEZ DESLAVADA DOS MOVIMENTOS SOCIAIS

Pela própria natureza da humanidade (vide Anatole France)
Mas... então... a esquerda disse que não há diálogo com o reformado governo brasileiro, e vão intensificar protestos... NOVIDADE... Confiram...

HAY GOBIERNO? SOY CONTRA!

Alienação pura. E aí vem um tal representante dos Trabalhadores sem Teto (MTST), e diz que "nós entramos a partir de agora em um momento de instabilidade social." Nem vou mencionar o nome do fulano. Ele não merece.

Porque "entramos"? Porque a esquerda quer. Esses movimentos reivindicantes estavam em pé de guerra ANTES de D. Dilma ser impedida. Qual a novidade então?

Me relembra aquela antiga piada de um anarquista espanhol que passara anos em coma, e ao retornar à consciência, teve como primeiras palavras:  "Hay gobierno? Soy contra!"

São alienados, encharcados até à medula de ideologia anacrônica, imoral, perversa, cujas armas mais eficazes são a disseminação de bobagens (disseram que o governo reformado acabaria com as conquistas sociais), o envenenamento de estudantes/acadêmicos com matérias recheadas de remissões e, claro, a resistência a tudo o que a situação diga...

Porque? Bem, antes tratava-se de incrementar seu poder, no cenário nacional.

Agora, as manifestações são pelo receio de suas boquinhas (subvenções oficiais, licenciamento de ONGs, etc e tal.) secarem. SIMPLES ASSIM.

Mas cabe uma outra ressalva. Porque "entramos"? ELES (dos movimentos anarquistas) ENTRAM. O restante do Brasil, constituído de gente simples, sem visão política em sua maioria, venais por dentaduras, colchões e cestas-básicas... o resto do Brasil NÃO QUER SABER DE INSTABILIDADE SOCIAL, especialmente se insuflada por malucos ideologicamente, que não hesitam em oferecer o esforço, suor e sangue das massas, pelos seus ideais irresponsáveis e tacanhos...

Vale lembrar que os votos que elegeram "licitamente" a Sra. Dilma Rousseff TAMBÉM ELEGERAM o Sr. Michel Temer, cujo partido sem dúvida alguma carreou alguns milhões de votos. Então, a pecha de ilegitimidade lançada sobre o presidente interino é nada mais, nada menos do que delírio ideológico. 

A problemática de acomodação de todas as demandas sociais (MSTs, MTSTs, etc e tal) é uma quimera, porque - acreditem - há pessoas transferindo seus bens para parentes (ou algo assim), para se juntar a movimentos que saqueiam e destroem bens de terceiros. EU tive um testemunho disso, de fonte limpa. Mas não vou me estender a respeito. O Ministério Público sabe do que estou falando.

Quero dizer que há muito mais pilantragem do que gente carente, no meio da massa. Mas isso esses movimentos não fazem questão em purgar de seu meio, não é mesmo? Nunca soube de uma denúncia voluntária deles, a respeito!

Há mais a dizer, sobre esses anarquistas modernos, que preferem o tumulto da baderna PORQUE LHES É ÚTIL?

Penso que não... De toda maneira um problema nacional (do Brasil), é que as "massas" costumam esperar (e pressionar, protestar) pelo governo, mas não querem ser fator de mudança. Procurem saber quem quer trabalhar MESMO, entre eles... ficarão surpreendidos... Esses movimentos lucram com a confusão e tumulto que causam. Pra que mudar?

Para finalizar, é preciosa a máxima atribuída a Anatole France, escritor francês já extinto: "Não há governo popular. Governar  é criar descontentes."

domingo, 15 de maio de 2016

DAQUI E DALI... MARAVILHAS DA ALIENAÇÃO HUMANA!

A grande nação brasileira tem passado por momentos intramuros bastante complicados (graças a Deus, parece que a partir de agora teremos alguma coerência, algum juízo, alguma estratégia, no topo do poder desse Brasil!), e pouco espaço nos sobra para avaliar algumas "preciosidades" lá de fora. Vejamos...

Nos Estados Unidos, o governo resolve se envolver numa "briga" não qual nem deveria ter comparecido, porque trata de algo intrínseco à personalidade dos indivíduos e, ao tentar remediar o mal, vai estragar profundamente o "status quo":

Piração no Primeiro Mundo

Imaginem quando os rapazinhos pervertidos da imensa nação americana descobrirem que podem entrar no mesmo banheiro que as menininhas!!! Quantas histórias de estupro, abusos de todos os níveis, por meninos mal educados* em busca de prazer gratuito! Será que a turma da "relativização"** (doentes de alma, certamente) não vê isso acontecendo? Nossa sociedade não está melhorando, está adoecendo mais e mais rápido!!!!! Banheiros mistos podem servir para ambientes orgíacos, não para escolas!

Notem bem, pessoas... NÃO TENHO NADA CONTRA as opções sexuais das pessoas. Tenho é contra essa imposição de minorias que, em seu proceder "sui generis" em relação ao restante da sociedade, querem que todo mundo seja igual! Isso é impossível, pela própria natureza da individualidade humana. Não somos lemingues.Alguns de nós costumam pensar.

Vamos em frente...

O Sr. Henry Maksoud demonstra seu "poder"... Numa reviravolta fantástica, ressuscita 512 dias após falecido (ah, o poder do dinheiro!!!!!!... o que interessa nesse mundo são posses, nada mais... será?)


Ressurreição!!!! (a poder de dinheiro e cobiça...)

Me surpreende SEMPRE como as pessoas são interesseiras, a ponto de subverter a honestidade!

Segue o "enterro"...

Alguns outros exemplos há, daqui e lá de fora...

Vamos e venhamos... NINGUÉM consegue superar o Sr. Nicolás Maduro, ditador/presidente/tirano de nossa vizinha Venezuela (putz... aquele país não merecia alguns lixos...).

O homem já decretou redução de jornadas, parece que os venezuelanos estão proibidos de usar mais de dois palmos de papel higiênico por dia (estou ironizando), já ameaçou "inimigos" que só ele vê, e a população daquele belo e sofrido país segue sofrendo, num misto de alienação cega por seu líder, e repulsa pelo que acontece (a oposição).

Ultimamente, o homem decide ameaçar os empresários daquele país. E diz que a indústria que parar de produzir será ocupada pelo governo, e as "milícias" (seria isso?) vão ajudar o ente público a produzir.  confiram...


Maduro e suas "madurices" (não seriam maluquices?)

Antes que alguém pense que estou de "marcação" contra o ilustre governante, preciso esclarecer que governo NUNCA PRODUZ NADA. Os empresários e o parque empresarial produzem, criam empregos, exportam, e ao final de contas geram tributos para o governo "administrar" as áreas de absoluta ingerência pública. MAS o estado não produz nada. Só suga, numa simbiose combinada com a sociedade, em promessas nem sempre cumpridas de que vai cuidar da dita sociedade, serviços públicos, etc e tal. Assim, se as indústrias são 'confiscadas", o que será da produção?

Obras de infraestrutura, ok. Mas produzir, por exemplo, carros, alimentos? O governo da Venezuela? Ah, tá...

Ao ler essa última notícia, me recordei de ocasião em que assisti um vídeo do Sr. Maduro, e me acudiu à mente a semelhança insana de atitudes e palavras com o alemão Paul Joseph Goebbels, o chefe da propaganda nazista. O homem "dos pés tortos" tinha a mesma ênfase, a exata certeza da seriedade das loucuras que proferia, e suspeito muito que Hitler foi até onde foi muito mais pela prédica insistente, "ad nausean", de seu ministro da propaganda, do que por si mesmo. Não creio que duas pessoas possam ser tão insanas, ao mesmo tempo, e trabalharem juntas nessa insanidade! E parece que o "dono" da Venezuela segue pelo mesmo caminho...

Venezuela,nossa pátria "hermana', sofro também por ti. Sofro pela insanidade que emana lá de cima. Falando nisso, pouco falta para o bigodudo Maduro decretar que o sol se ponha mais tarde, para economizar energia... (ops... acho que dei a idéia pra ele...)

*mal educados porque as famílias não os conseguem educar... Corrigir???? Não usem essa palavra perto dos modernos psicólogos, que não sabem o que é "corrigir" uma criança...
** podem vir contra mim os educadores, psicólogos e outros bichos que quiserem, mas vou lhes opor algo básico - a perversão não é inerente à pessoa humana, ela é ENSINADA. Se não queremos pervertidos, porque criar mecanismos para que eles floresçam? Ou é isso mesmo que queremos - GERAÇÕES DE PERVERTIDOS?

terça-feira, 10 de maio de 2016

ONDE O NARCISISMO ATROPELA A RAZÃO

Narcisista, EU?????


O cantor Roberto Carlos (Braga, ao que consta), está processando o Roberto Carlos (Vieira, ao que consta), porque está usando o próprio nome em seu empreendimento pessoal, de onde extrai (extraia?) seu sustento. Confiram...

E agora? Mudar de nome ou não?

Meus amigos, minhas amigas, o que temos aqui? Uma pessoa teu um homônimo famoso, e por causa disso, NÃO PODE USAR SEU PRÓPRIO NOME!

Vivi nos dias de glória do cantor. Sei do quanto o homem foi reverenciado pelo seu sucesso e postura. Imaginem quantos "Roberto Carlos" há pelo Brasil afora,  ricos ou pobres, importantes ou não, homenageando o cantor!

O que teremos agora, partindo dessa equipe brilhante de "adevogados" que defende o ilustre artista? Uma caçada geral?

Vamos lucubrar (exercício cerebral) ... E se o homem se chamasse Sol? Como seria? Será que ele iria propor uma renomeação do astro (esse sim, verdadeiramente astro)?

Conselho ao Roberto Carlos (o cantor)...

Conterrâneo (brasileiro), deixe o restante do mundo viver! O brilho de teu nome, ao invés de ganhar valor com atitudes como essa, vai sendo empanado, demonstrando que APARENTEMENTE o nome famoso tem por trás alguém narcisista, sem respeito pela individualidade alheia, e que não se importa se suas ações vão tirar de alguma mesa o pão de cada dia. Alguém com sentimentos chinfrins... no que o nome da empresa do Roberto Carlos (o Vieira) poderá prejudicar teu sucesso, RC (o Braga)? Ao contrário, poderá ser até uma outra referência de valorização.

Alguém que, ao invés de mostrar que é artista MESMO, prefere ações nos tribunais, para manter seu nome em evidência. Que prefere detonar o trabalho de outrem, ainda que isso não lhe produza lucro algum.

Sr. Roberto Carlos (o Braga), um exemplo desses mostra bem a pequenez da maturidade de nossa sociedade. Espero que o sr. esteja furos acima dessa "maturidade", e aja como tal.

Ah, Brasil! Uma terra em que mortais se consideram deuses! O que fazer contigo, Pátria amada?


sexta-feira, 6 de maio de 2016

OBJETOS DE DECORAÇÃO E ALIENAÇÃO OFICIAL


Ok, então não vamos pegar essas coisas preconceituosas do resto do mundo...

Há uns dias atrás, site de notícias importante trouxe notícia de que o MPF, no Rio de Janeiro entrara com reclamatória por "dano moral e discriminação racial", contra a rede Globo. Confiram...

Alienação Social?

Porque o fizeram? Ora, ora, ora.. o "Plim-plim" deixara à mostra um ítem decorativo, que evocava as cabeleiras abundantes e estilosas do movimento "black power" (talvez James Brown e seus contemporâneos estejam de mexendo na tumba...).

Pessoas, tratava-se apenas de um ítem de DECORAÇÃO. Embora a utilidade eventual da esponja, que compunha a "cabeleira", certamente os participantes daquele programa odiento (esse sim, digno de processo*, e porque vocês não mexem nisso, MPF?) denominado BBB não a utilizariam, justamente por considerar objeto de decoração. Diz-se que internautas reclamaram.

Há o registro também de que um dos participantes da "rodada", que é negro, teria feito uma ligeiro reparo, do tipo "porque tem que ser um negro?"... e proibira os companheiros de sina de utilizar o tal dispositivo...

Bem, bem, bem...  vamos por partes, como diria Jack, o estripador.
E se fosse o "Leo" Di Caprio?     


Se ao invés de o dispositivo representar um "black power", fosse um "polaco"careca skin head? E se fosse uma bonequinha "gótica"? Será que os manés internautas reclamariam? E do que mais gostariam de reclamar?

Pelo "andar da carruagem", os artesãos de todo o Brasil que representam nossas etnias não poderão mais negociar seus produtos, se existirem representações de negros entre eles? Ou índigenas não poderão mais ser representados? Nem anões?

Gente, falemos sério. Se os ilustres representantes do MPF pretendiam alguma luminosidade sobre si, conseguiram, como se pode avaliar. Ao encampar tal feito, produziram também alguns consectários interessantes, vamos a eles:
- utilizaram seu tempo que é MUITO PRECIOSO (vide salários respectivos, disponíveis);
- o efeito prático será mínimo OU
- vão inibir nossos artesãos populares de criar e negociar reproduções de nossas etnias e do cotidiano da vida brasileira;
- não vai mudar NADA na existência do "Plim-Plim";
- o jovem negro Renan não será justiçado, até porque ele mesmo já locupletara a quota;
- os internautas, em geral alienados(assistem o BBB, pra mim é suficiente) em busca de "sangue" (adoram ver uma briguinha...) vão procurar outros pontos de discussão, para empurrar em cima do ilustre MPF;
- o Judiciário, já assoberbado com bobagens de todo o genero, terá despesas adicionais** com mais uma: obrigado, Srs. procuradores! Fizeram um desserviço ao poder, e ao país, como um todo!.
- O assunto estará esquecido dentro de 60 (sessenta) dias.

Atitudes como essas estão propondo algo absolutamente impossível de acontecer - a eliminação de preconceitos (no caso, o racial) a boticão! Observem que NEM EM SOCIEDADES MAIS DESENVOLVIDAS QUE A NOSSA isso já foi erradicado. Reconheço que todos somos iguais, mas isso é PRECEITO CONSTITUCIONAL, que PRECISA SER CIMENTADO nas cabecinhas de nossos estudantes, DESDE A PRIMEIRA SÉRIE. Qualquer outra providência nesse sentido não surtirá efeito, e/ou produzirá efeitos danosos (como o sistema de quotas, que está criando castas de estudantes e profissionais... ESPEREM PRA VER ISSO).

Gente... precisamos de um "choque" de sanidade, nesse Brasil que estigmatiza bonecos, e permite orgias, na TV.

Ah, meu Brasil!!!... Te amo, mas você, Pátria amada, definitivamente está enlouquecendo!

* o que o BBB nos oferece - gente "sem noção", em trajes sumários, quando não desnudos... trepadas, sob o singelo rótulo de "namorar debaixo do edredon"... isso pode entrar nas famílias, não é mesmo, senhoras e senhores?
** trâmites de papéis por causa de um objeto de decoração; despesas com preparos, defesas e recursos; despesas com cálculos...

QUANDO A INTELIGÊNCIA ENCONTRA A ALIENAÇÃO

Com muito prazer republico um texto profundíssimo, que pode divertir, e vai trazer muita luz, sobre o momento político que vivemos. É ...