SHORTINHOS, ESTUPIDEZ E DEGRADAÇÃO SÓCIO-EDUCACIONAL

 
 Que modelito a tua filha ou neta vai usar?

Recentemente umas adolescentes de Porto Alegre se projetaram nacionalmente, ao reivindicar o direito de usarem, no dia-a-dia escolar, shortinhos. E salvo engano, o petitório se prendia à igualdade de sexos, tendo em vista os rapazes já poderem utilizar bermudas, no cotidiano estudantil.

E então lhe fizeram coro hordas de alienados de todas as idades... ora, ora, ora, as moçoilas podem usar shortinhos sim!!! porque não? E inclusive "abaixo-assinados" começaram a ser espalhados, buscando "dobrar" a autoridade escolar, em sua negativa peremptória. Uma verdadeira torrente de estupidez, disfarçada de interesse social...

Trata-se, nada mais, nada menos, do que loucuras próprias das faixas etárias adolescentes, e dos tempos em que vivemos. OU (PIOR), interesses de partidozinhos fascistas (pensam que eu estou "fora da casinha"? Sabem de nada, inocentes...)

Porque, senhoras e senhores, há pelo menos dois suportes em favor da vedação de uso da tal indumentária, assim...

Primeiramente uma questão disciplinar - O EDUCADOR (especialmente o de uma instituição privada!) TEM AUTONOMIA PARA DETERMINAR O QUE É MELHOR PARA SEUS ALUNOS. Todos nós sabemos que as novas gerações estão sempre testando seus limites, e manifestações rebeldes RARAMENTE são fundadas em motivação séria. Em paralelo, a manutenção da disciplina passa pelo estabelecimento de normas que delimitem as liberdades. É, minha gente, a liberdade tem disso!!!!! Para que a liberdade exista, HÁ NORMAS.

Vejamos, enquanto os rapazes utilizam bermudas (para mim, de gosto extremamente discutível, enfim...) que descem normalmente até os joelhos, o que as moçoilas utilizariam? Pensem nos shortinhos de hoje, minúsculos, menos vestimentas e mais recursos para promoção do físico... e isso nos traz o segundo ponto, esse sim, realmente sério...

Em segundo lugar, essa geração, "ansiosa"por usar modelitos, está no estouro de seus hormônios. Senhores e senhoras, imaginem essas mocinhas usando roupinhas que o que menos fazem é cobrir suas formas (e outras "coisinhas")!!!!!

O apelo sensual estaria instituído, com o beneplácito da autoridade educacional. Até aí... fazer o que, não é mesmo? A sociedade se diluindo a passos largos... Mas o que queremos para as próximas gerações?

Fora o assédio de pervertidos (que, embora punível pela lei obedecem a mentes doentias, para as quais a lei não faz efeito), teríamos de imediato uma outra legião de agentes de risco eventual, na convivência de meninas cheias de curvas com rapazes cheios de hormônios!

Não sou puritano. Mas não podemos nos render à libertinagem, SÓ PORQUE ela está instalada. Precisamos colocar as novas gerações no caminho do bem MINIMAMENTE, e deixar a eles a possibilidade de escolhas, DEPOIS que amadurecerem.

APOIO TOTALMENTE a resistência a esses novos "padrões" de roupas escolares. Aliás, a coerência deveria atingir também OS RAPAZES. Porque bermudas podem ser confortáveis, mas rapazinhos mostrando cuequinhas por aí é simplesmente ridículo.

Ah, eu falei sobre um partidozinho fascistas, etc e tal... por trás disso está a "luta de classes", também... PENSEM...

Nossa gente faz tanto estardalhaço, tanta grita, tantos abaixo-assinados... por bobagens!!! Me cansam.

TENHO DITO.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

ESCOLAS DE DELINQUENTES

ERROU DE NOVO, SR. MICHEL SAAD NETO!

DE MARCHINHAS DE CARNAVAL...