UM TRIBUTO À INTEGRIDADE



Aconteceu o 6º Encontro de Juízes Estaduais, num badalado resort, da costa baiana. Para alí acorreriam magistrados das entrâncias estaduais, e marcaram presença igualmente, algumas celebridades do mundo judiciário, como o Dr. Ricardo Lewandowski, que inclusive teve oportunidade de usar a tribuna.

A Dra. Carmem Lúcia, presidente recém-empossada do STF, também foi convidada. Mas não compareceu.

Atribui-se a ausência da ilustre magistrada à notícia de que parte das despesas do evento teria sido bancada por uma empresa - Veracell Celulose, que anda às turras com processos a respeito de ilícitos os mais diversos, passando por crimes ambientais, trabalhistas e fiscais (acredito que dentre outros menos "cotados").

Nada obstante a AMB (Associação dos Magistrados do Brasil, já mencionada em alguma crônica minha) ter pontuado que 80% dos custos do encontro teriam sido patrocinados pela entidade, sobraria um pequeno percentual, pelo qual a Veracell, alegremente (possível), se responsabilizou.

Integridade?

Eu tenho, sempre tive, muito respeito pelos Exmos. Ministros do STF, salvo naturalmente quando cometem algo ao arrepio do óbvio (também já mencionados em algumas crônicas minhas, anteriores).

Mas ressalto com agradável surpresa a atitude da Exma. Dra. Presidente, ao cancelar sua participação, aparentemente em razão de a empresa patrocinadora parcial (ressalte-se, em homenagem à AMB...) do evento, ter pendências judiciais.

A Dra. Carmem já mostrou ao que veio. Em interpretação escorreita do brocardo "quem anda com porcos, come farelo", preservou sua imagem, de comparecer em algum lugar onde logotipos engraçadinhos e/ou discretos indicariam - "estamos aqui, mesmo com algumas PEQUENAS DEMANDAS em juízo contra nós. Somos amigos dos juízes, estamos aqui até para servi-los."

Mas isso é "voo de andorinha solitária". O exemplo precisa ser copiado, incrementado, e inclusive passar para as esferas do Executivo e do Legislativo. Já estamos cansados de gente sem vergonha na cara, em nossos estratos governativos.

Porque, vamos lá, meus irmãos... Imaginem uma dessas facções criminosas bancando eventos de policiais (o que certamente existe)! Ou então empresas de laboratórios farmacêuticos bancando viagens e benesses para médicos (isso EXISTE)!!!! Se isso não for desconfortável, o que seria mesmo? SEXO EXPLÍCITO (isso também existe, nas novelas!)? Propinas negociadas em cartório???

Espero que, quem me ler, entenda. Acontece que estamos notando, no Brasil, uma estranhíssima simbiose entre ladrões, criminosos, e os donos do poder, onde uns usufruem das vantagens de ter outros em suas relações. E, claro, porcos juntos... já se sabe...

PARABÉNS, Dra. Carmem Lúcia. Demonstrou de forma totalmente cristalina de que estofo é feita. O Brasil (esse doente respirando por aparelhos...) soltou mais um suspiro de alívio. A Sra., o Dr. Sérgio Moro, e mais um grupo de abnegados têm dado SOBREVIDA a esta nação.

EM TEMPO: estou pronto a me retratar do que porventura ferir a susceptibilidade de alguém. Não sou palmatória do mundo, só acho que o mundo seria muito melhor sem desonestos, imorais, dissimulados e politiqueiros (notem bem,precisamos de políticos BONS).

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

DE MARCHINHAS DE CARNAVAL...

ERROU DE NOVO, SR. MICHEL SAAD NETO!

CURA GAY E OUTRAS IMBECILIDADES EMPURRADAS PELA MÍDIA